Análises Minuto Oby

Bolsa brasileira recua 1,77%; dólar sobe 1,58%

Bolsa brasileira recua 1,77%; dólar sobe 1,58%
  • Publicado em 9 de fevereiro de 2023

O Ibovespa fechou em queda (-1,77% aos 108.00 pontos), em dia de aversão a risco nos mercados ao redor do mundo.

Lá fora, a leitura nessa quinta-feira foi de que o FED deverá manter o juros mais altos por mais tempo, que é justamente o que a autoridade monetária tem indicado há algum tempo.

Isso pressionou a rentabilidade dos índices de ações e das commodities. Por aqui, além da pressão do exterior, discussões em torno da meta de inflação pioraram o quadro.

No final do dia, as empresas ligadas a consumo doméstico foram as que mais sofreram, por conta da correlação com o juro longo, que teve grande abertura na sessão.

Dólar

O dólar fechou em alta (+1,58% a R$ 5,28), com piora na percepção de risco do país, dado o rumor sobre alteração da meta de inflação.

Além disso, a piora no exterior também contribuiu para a forte performance da moeda americana, que mostrou desempenho misto contra pares do real.

Com a alta de hoje, o dólar praticamente zerou as perdas contra nossa moeda no ano.

Curva de juros

A curva de juros fechou majoritariamente em alta, com exceção dos vértices mais curtos, que foram beneficiados por um IPCA abaixo da expectativa.

Com a abertura dos intermediários e longos, a curva segue em seu movimento de inclinação à medida em que a discussão sobre mudança na meta de inflação ganha força.

Isoladamente o movimento pode até fazer algum sentido, mas o timing é ruim, já que passa a impressão de que as pressões do governo sobre a autoridade monetária estão surtindo efeito prático, o que é ruim sob a ótica institucional.

Written By
Oby Capital

Gestora de investimentos responsável pelos fundos Oby Ágil, Oby Bandeira, Oby Ações, entre outros. Empresa que soma a experiência profissional com a qualificação internacional.