Análises Morning Call

Com emoção

Com emoção
  • Publicado em 20 de dezembro de 2022

Its_Money_Morning_Call

Macro

Em um movimento que reflete um caráter altista para os juros o Banco do Japão (BOJ) passou a permitir que rendimentos dos títulos de 10 anos subam para 0,50% contra um limite de 0,25% anteriormente.

O movimento tende a incentivar os investidores japoneses a trazer mais recursos para o mercado doméstico.

Sendo os japoneses grandes investidores no mercado de títulos nos EUA e Europa o movimento tem repercutido no exterior contribuindo para uma leve baixa nos índices acionários e no fortalecimento do Iene em relação ao dólar.

Na China, os investidores seguem atentos ao crescimento do número de contaminados pelo Covid-19 que segue crescendo em ritmo alarmante, embora dados oficiais do governo sugerem um baixo número de mortos em decorrência da contaminação.

Outros países como os EUA, se preocupam com novas mutações do vírus surgindo a partir dessa nova onda na China.

Aqui no Brasil, as discussões do orçamento ganham novos contornos após a decisão do ministro do STF Gilmar Mendes, que deixou de fora do teto de gastos os programas de transferência de renda, em uma decisão até então inédita.

A PEC de transição deve ser votada ainda hoje.

A leitura inicial do mercado é de que a decisão de retirar programas de transferência de renda do teto de gastos para 2023 deve levar a um montante menor na PEC de transição além do prazo que deve sair dos dois anos para apenas um ano.

Essa desidratação da proposta em relação a PEC que passou incialmente no Senado tem sido bem-vista pelo mercado, que busca sinalizações mais positivas para o fiscal desde que as discussões na Câmara se iniciaram.

Com a proximidade da eleição para presidente da Câmara, deveremos ver fervorosas negociações quanto orçamento e demais articulações políticas para o ano.

Lira ainda desponta como favorito, mas já começam articulações para que o PT emplaque alguma candidatura.

Mercado Interno

Its_Money_mercado interno

Análise Técnica

O Ibovespa nesta segunda-feira finalizou o pregão com uma alta de 1,83% aos 104.739 pontos.

Desde novembro que o índice não apresentava uma alta como essa.

Apesar da alta o índice não superou nenhum nível importante, e segue em tendência de baixa.

Entretanto, para os próximos dias, aumenta-se a probabilidade de o Ibovespa continuar esse movimento mais lateral em forma de correção, ou até mesmo, buscar a média móvel de curto período nos 106.450 pontos.

A perda dos 101.631 pontos aumenta a probabilidade de o índice retomar esse movimento de baixa.

Para a retomada de um viés mais positivo, o primeiro sinal seria a superação dos 106.500 pontos, voltando a ser negociado acima da média móvel de curto período.

Mercado Externo

Its_Money_mercado externo

Análise Técnica

O S&P500 fechou essa segunda-feira dando continuidade ao movimento de baixa pelo quarto dia consecutivo, com queda de 0,70% aos 3.816 pontos. Esses quatros dias já acumularam uma baixa de 5,06%.

Dessa forma, o cenário continua mais negativo para o índice nos próximos dias.

Em que a perda dos 3.801 pontos indica que o S&P pode dar continuidade a esse movimento de baixa.

Pensando em níveis importantes mais abaixo, os 3.791 pontos seria o próximo.

Para a retomada de uma expectativa mais positiva, o índice primeiramente deveria voltar a ser negociado acima dos 3.919 pontos.

Commodities

Its_Money_commodities

Petróleo segue em alta, a despeito de preocupações com crescimento econômico, que sempre tem rondado os investidores nos últimos meses.

Minério de ferro reage a dados de atividade siderúrgica vindos da China e avança no pregão de hoje, após queda de 3,3% na abertura da semana.

Análise Técnica

O petróleo nessa segunda-feira fechou no campo positivo com uma alta de 1,29% aos USD 80,39/barril, após dois dias consecutivos em baixa.

A perda dos USD 79,37/barril aumenta a probabilidade de o ativo retomar a tendência de baixa nos próximos dias, voltando a ser negociado nos USD 76,60/barril.

Para anular essa tendência de baixa, o ativo deve superar primeiramente os USD 83,14/barril, retomando um viés mais positivo.

Análise Técnica  

O petróleo nessa sexta-feira fechou no campo negativo com uma queda de 2,65% aos USD 79,37/barril, sendo o segundo dia consecutivo terminando em baixa. 

A perda dos USD 79,37/barril aumenta a probabilidade de o ativo retomar a tendência de baixa nos próximos dias, voltando a ser negociado nos USD 76,60/barril.  

Para anular essa tendência de baixa, o ativo deve superar primeiramente os USD 83,14/barril, retomando um viés mais positivo. 

Analistas responsáveis

Dalton Vieira – Analista CNPI-T

  • + 15 anos de experiência no mercado financeiro;
  • Analista de valores mobiliários (CNPI-TEM 910);
  • Credenciado pela Apimec desde 2010;
    Desenvolvedor do método DV de investimentos.

Leonardo Gibelli – Analista CNPI-T

  • Analista CNPI-T;
  • Analista CNPI-T EM-3376 credenciado pela Apimec;
  • Formado em Engenharia Mecânica pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU).

Erik Sala – Especialista Em FIIs E Renda Fixa

Graduando em Economia pela UFG e especialista em Fundos Imobiliários. Assistente de análise responsável pela carteira DV Renda Imobiliária.

Disclaimer

De acordo com a Resolução CVM nº 20, de 25 de fevereiro de 2021, Art. 21º, declaro que as análises realizadas neste relatório refletem única e exclusivamente a opinião dos autores, e foram elaboradas de forma independente e autônoma.

De acordo com o art. 21 da ICVM 598/18, caso o Analista esteja em situação que possa afetar a imparcialidade do relatório ou que configure ou possa configurar conflito de interesse, este fato deverá estar explicitado no campo “Conflitos de Interesse” deste relatório.

As informações, estimativas e projeções contidas neste relatório referem-se à data de publicação e estão sujeitas a mudanças, não implicando necessariamente na obrigação de qualquer comunicação no sentido de atualização ou revisão com respeito a tal alteração.

Written By
DVinvest

A DVinvest é a casa de análise fundada pelo renomado analista Dalton Vieira, que possui em sua equipe profissionais altamente especializados em análise fundamentalista e técnica de ações.