Análises Morning Call

Contraintuitivo

Contraintuitivo
  • Publicado em 5 de abril de 2023

Faltando dois dias para o payroll, importante indicador de emprego nos EUA, os mercados tem adotado tom de cautela. Ontem dados mais fracos no relatório JOLTS, também relacionado a empregos animou o mercado.

Parece de certa forma contraditório dados mais fracos animando o mercado, mas temos que lembrar o leitor de que neste momento os bancos centrais ao redor do mundo buscam por desacelerar a economia como uma das formas de controlar a inflação. O equilíbrio é realizar esse desaquecimento sem necessariamente jogar a economia em uma recessão.

Apesar do relatório JOLTS não trazer nenhuma surpresa necessariamente negativa, mensagens mais duras por parte de outros BC derrubam as bolsas nos EUA e Europa na abertura dessa quarta feira.

O problema dessa vez veio do BC da Nova Zelândia, que subiu os juros acima do esperado.
Nos EUA, o mercado aguarda o ADP (empregos) e ISM serviços. Dados importantes que junto aos outros dados já divulgados e o payroll na sexta, devem dar um panorama relativamente completo de como está a maior economia e os próximos passos do FED.

Nas commodities, o petróleo interrompe uma contundente sequencia de alta e cai com dados de estoque nos EUA para sair. O minério de ferro segue em baixa, estendendo a queda dessa semana.

No Brasil, o mercado tem ficado de olho de onde o ministro da Fazenda, Fernando Haddad, deve aumentar a receita para mostrar sinais de execução do arcabouço fiscal. Com mais tempo para análise, o mercado tem achado inconsistente alguns dos dados apresentados e de certa forma, números otimistas demais.

O texto deve ser entregue ao congresso na próxima semana, onde começaremos a ver a forma real do plano, visto que no processo podem surgir os chamados penduricalhos no texto.

abertura-do-mercado-05-abril_its-money

Análise técnica Ibovespa

analise-tecnica-ibovespa-05-abril_its-money

Apesar do fechamento em alta de +0.36% no dia de ontem, o IBOV apresenta novamente um sinal negativo. O Ibovespa chegou a subir mais de +1.45% durante o pregão de ontem, porém, devolveu boa parte do movimento de alta no final do dia.

Essa sinalização de pressão vendedora, junto com o sinal de topo apresentado anteriormente, reforça o viés negativo de curto prazo que pode trazer o IBOV para baixo dos 100k novamente.

Análise técnica S&P500

analise-tecnica-S&P500-05-abril_its-money

No dia de ontem, o S&P500 fechou em queda de -0.58%. Pelo gráfico diário, temos um novo sinal de topo após o índice americano ganhar força para cima nos últimos dias. Isso aumenta a probabilidade de correção do movimento de alta.

Análise técnica petróleo

analise-tecnica-petroleo-05-abril_its-money

O petróleo também fechou em queda de -0.42%. Próximo de uma região bem relevante de resistência, o ativo pode encontrar uma certa dificuldade para ultrapassar esses níveis de preço. Portanto, podemos ver uma correção do movimento de expansão apresentado na última semana até a região dos $80 novamente.

Análise técnica dólar

analise-tecnica-dólar-05-abril_its-money

Já o dólar, terminou o dia em alta de +0.17%. Sinalizando um fundo pelo gráfico diário, podemos ter o dólar corrigindo até a região das medias moveis e a faixa de resistência dos 5.150.

com bastante defesa sendo apresentada na região de suporte, o dólar segue trabalhando dentro de uma lateralização e pode novamente ganhar um viés mais positivo no curto prazo caso ultrapasse a região dos 5.200.

Analistas responsáveis

Dalton Vieira – Analista CNPI-T

+ 15 anos de experiência no mercado financeiro;
Analista de valores mobiliários (CNPI-TEM 910);
Credenciado pela Apimec desde 2010;
Desenvolvedor do método DV de investimentos.

Leonardo Gibelli – Analista CNPI-T

Analista CNPI-T;
Analista CNPI-T EM-3376 credenciado pela Apimec;
Formado em Engenharia Mecânica pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU).

Erik Sala – Especialista Em FIIs E Renda Fixa

Graduando em Economia pela UFG e especialista em Fundos Imobiliários. Assistente de análise responsável pela carteira DV Renda Imobiliária.

Disclaimer

De acordo com a Resolução CVM nº 20, de 25 de fevereiro de 2021, Art. 21º, declaro que as análises realizadas neste relatório refletem única e exclusivamente a opinião dos autores, e foram elaboradas de forma independente e autônoma.

De acordo com o art. 21 da ICVM 598/18, caso o Analista esteja em situação que possa afetar a imparcialidade do relatório ou que configure ou possa configurar conflito de interesse, este fato deverá estar explicitado no campo “Conflitos de Interesse” deste relatório.

As informações, estimativas e projeções contidas neste relatório referem-se à data de publicação e estão sujeitas a mudanças, não implicando necessariamente na obrigação de qualquer comunicação no sentido de atualização ou revisão com respeito a tal alteração.

 

Written By
DVinvest

A DVinvest é a casa de análise fundada pelo renomado analista Dalton Vieira, que possui em sua equipe profissionais altamente especializados em análise fundamentalista e técnica de ações.