Análises Morning Call

Desaceleração

Desaceleração
  • Publicado em 28 de abril de 2023

Bolsas abrem essa sexta em queda nas principais praças acionárias nos EUA e Europa, com dados econômicos importantes para decisão de juros em vias de serem divulgados. Resultado abaixo do esperado da Amazon também pesa na abertura.

Nos EUA, PIB abaixo do consenso foi uma notícia relativamente positiva, apesar da desaceleração observada, atividade mais fraca pode contribuir para narrativa do fim do ciclo de aumento de juros por lá. Os investidores devem ficar atentos hoje ao número do deflator PCE, considerado indicador mais utilizado pelo FED para balizar as decisões, que inclusive, ocorre na próxima semana.

Nas commodities, petróleo caminha para o sexto mês no negativo, com temores de uma possível recessão. Minério de ferro tem o mês mais negativo desde outubro do ano passado, após demanda na China decepcionar o mercado.

Por aqui, as notícias de geração de empregos mais forte do que o esperado balanceia com notícias favoráveis a arrecadação para o governo, em vista o julgamento no STJ que pode ajudar na arrecadação de até BRL 90 bi.

Parte curta da curva abriu, enquanto na parte longa observamos fechamento, desinclinando levemente a curva. IGP-M mostrou deflação de -0,95% mês contra mês, enquanto o estimado era de – 0,70%, contribuindo para movimento observado nos juros.

abertura-do-mercado-28-abril_its-money

Resultados 1T23 Ibov

Na última noite tivemos alguns resultados de empresas relevantes para a bolsa.

A Cielo (CIEL3) reportou resultados que surpreenderam positivamente na margem de lucro da empresa e no crescimento da receita, que a partir do próximo trimestre já deve vir com aumento em relação ao 2T22.

A Suzano (SUZB3) apresentou números mais fracos, o que já era esperado dado a redução no preço da celulose, por outro lado, o setor de papéis apresentou boa resiliência e segurou os resultados.

A Multiplan (MULT3) apresentou bons resultados que combinaram alto crescimento na receita com melhorias nas margens de lucro, o que foi bastante positivo.
DVinvest DVinvest, 2022. Todos os direitos reservados.

A Hypera (HYPE3) apresentou números um pouco mais fracos, especialmente ligados a receita, por outro lado, a ação caiu bastante e pode ser que esse efeito já tenha sido precificado, dessa forma, o papel não deve reagir tão mal

Análise técnica Ibovespa

analise-tecnica-ibovespa-28-abril_its-money

O Ibovespa fechou o dia de ontem em alta de +0.60%. Após testar o nível dos 102k o IBOV apresentou uma leve recuperação do movimento de queda dos últimos dias. Ainda sem nenhum sinal de alta, o índice se encontra em um ponto importante de decisão. Caso a pressão vendedora continue atuando, a maior probabilidade é que o IBOV busque o suporte dos 98k.

Análise técnica S&P500

analise-tecnica-S&P500-28-abril_its-money

O S&P500 fechou o dia de ontem com boa alta de +1.96%. Com essa sinalização de força compradora, o ativo novamente volta para testar a faixa de resistência dos 4160-4200. Esse ponto ainda representa uma região de pressão vendedora bem relevante, portanto, a expectativa do S&P500 romper o nível de resistência ainda continua baixa.

Análise técnica petróleo

analise-tecnica-petroleo-28-abril_its-money

Após dois dias de forte queda, o petróleo apresentou um dia de alta de +0.68%. A expectativa para o ativo ainda segue sendo negativa, portanto, a maior probabilidade é que o petróleo busque a faixa de preço dos $72 novamente. Apenas se superar a região dos $86, o ativo volta a ter o viés um pouco mais positivo no curto prazo.

Análise técnica dólar

analise-tecnica-dólar-28-abril_its-money

O dólar fechou o dia de ontem em queda de -1.33%. Retornando para testar o nível de suporte na faixa dos 5.000, a maior expectativa é que o dólar encontre defesa compradora nesse patamar de preço.

Portanto, para os próximos dias podemos ter o dólar voltando a ganhar força na ponta compradora. Caso ele consiga trabalhar abaixo do fundo anterior, a próxima zona de suporte se encontra na região dos 4.800.

Analistas responsáveis

Dalton Vieira – Analista CNPI-T

+ 15 anos de experiência no mercado financeiro;
Analista de valores mobiliários (CNPI-TEM 910);
Credenciado pela Apimec desde 2010;
Desenvolvedor do método DV de investimentos.

Leonardo Gibelli – Analista CNPI-T

Analista CNPI-T;
Analista CNPI-T EM-3376 credenciado pela Apimec;
Formado em Engenharia Mecânica pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU).

Erik Sala – Especialista Em FIIs E Renda Fixa

Graduando em Economia pela UFG e especialista em Fundos Imobiliários. Assistente de análise responsável pela carteira DV Renda Imobiliária.

Disclaimer

De acordo com a Resolução CVM nº 20, de 25 de fevereiro de 2021, Art. 21º, declaro que as análises realizadas neste relatório refletem única e exclusivamente a opinião dos autores, e foram elaboradas de forma independente e autônoma.

De acordo com o art. 21 da ICVM 598/18, caso o Analista esteja em situação que possa afetar a imparcialidade do relatório ou que configure ou possa configurar conflito de interesse, este fato deverá estar explicitado no campo “Conflitos de Interesse” deste relatório.

As informações, estimativas e projeções contidas neste relatório referem-se à data de publicação e estão sujeitas a mudanças, não implicando necessariamente na obrigação de qualquer comunicação no sentido de atualização ou revisão com respeito a tal alteração.

Written By
DVinvest

A DVinvest é a casa de análise fundada pelo renomado analista Dalton Vieira, que possui em sua equipe profissionais altamente especializados em análise fundamentalista e técnica de ações.