Análises Morning Call

Dia de opções

Dia de opções
  • Publicado em 20 de janeiro de 2023

Its_Money_Morning_Call

Macro

Mercados operam próximo a estabilidade nessa sexta feira, após uma semana de grande volatilidade com divulgação de resultados no mercado americano, que tem feito muitos investidores ajustarem suas expectativas quanto aos lucros das empresas.

Comentários recentes de diretores de bancos centrais no mundo todo têm feito com que investidores ajustassem as posições se preparando para juros mais elevados.

Pesa também um cenário de recessão, que no momento, não parece estar precificado nos EUA, que pode desencadear uma forte pressão vendedora nos próximos meses, caso apareçam maiores sinais.

Dados do mercado imobiliário devem ser divulgados hoje nos EUA, servindo de termômetro para a economia.

A volatilidade no mercado fica por conta do vencimento de opções aqui no Brasil e nos Estados Unidos. Por lá, são 180 milhões de opções que serão roladas hoje, no maior volume em uma década.

As posições refletem marginalmente um mercado otimista.

No mercado local, o dia ontem foi de fogo amigo e panos quentes.

As declarações de Lula sobre independência do Banco Central repercutiram de forma bastante negativa no mercado, dado que este seria praticamente um último bastião que garantisse funcionamento dos mercados sem muitos conflitos.

O ministro Haddad, da Fazenda, tem tentando trazer alguma credibilidade com declarações sobre responsabilidade fiscal e montar arcabouços, que vai ao contrário do que tem declarado Lula.

O ministro Padilha ontem colocou alguns panos quentes ao dizer que o BC permanece independente e que o governo não mexeria nisso.

O teste de fogo será em 2024, no final do mandato de Roberto Campos.

Finalmente, foi protocolado ontem a recuperação judicial das Lojas Americanas, com dívidas na ordem de BRL 43 bi, em um novo capítulo de provavelmente uma longa novela.

Bancos tentam manter os bloqueios de contas correntes para reaver algum recurso de forma mais célere.

O caixa, antes anunciado de BRL 8 bi, foi para meros BRL 800 milhões, anunciados ontem pela Companhia.

Mercado Interno

Its_Money_mercado interno

Análise Técnica

O Ibovespa nesta quinta-feira fechou em leve alta de 0,62% aos 112.921 pontos.

O índice mostrou boa volatilidade durante o dia, mas acabou fechando no campo positivo.

A expectativa para os próximos dias segue positiva, em que a superação dos 113.300 pontos indica que o Ibovespa pode dar continuidade a tendência de alta, buscando patamares mais acima.

Mercado Externo

Its_Money_mercado externo

Análise Técnica

O S&P500 nessa quinta-feira fechou no campo negativo pelo terceiro dia consecutivo, com leve queda de 0,76% aos 3.898 pontos.

O índice volta a trabalhar abaixo das médias móveis, o que aumenta o viés negativo no curto prazo.

Ou seja, a perda dos 3.885 pontos indica que o S&P pode buscar patamares mais abaixo, como os 3.853 pontos.

Para a retomada de uma expectativa mais positiva, é importante que o índice mostre força e volte a ser negociado acima dos 3.922 pontos.

Commodities

Its_Money_commodities

Comodities com vocação industrial, como o petróleo, minério de ferro e cobre seguem em alta na sessão de hoje, impulsionados por um aumento de demanda vindo da China, nas proximidades do ano novo chinês.

Análise Técnica

O petróleo nesta quinta-feira terminou o pregão em alta de 1,96% aos USD 86,37/barril, devolvendo praticamente toda baixa apresentada na quarta.

O ativo vem apresentando uma movimentação mais lateral nos últimos cinco dias.

Mas segue sendo negociado acima das médias móveis, o que aumenta a expectativa positiva no curto prazo. A superação dos USD 87,95/barril indica que o petróleo pode dar sequência ao movimento de alta.

Dólar

dolar_Its_Money

Análise Técnica

O dólar terminou essa quinta-feira em baixa de 0,23% em 5,17 dólar/real.

O ativo chegou a apresentar uma alta de 1,33% mas acabou devolvendo e fechando no campo negativo.

Dessa forma, o dólar segue sendo negociado abaixo das médias móveis e a perda dos 5,16 dólar/real indica que pode voltar a testar a região dos 5,09 dólar/real. Já a superação dos 5,25 dólar/real aumenta o viés positivo no curto prazo.

Análise Técnica

O dólar terminou essa quarta-feira em alta de 1,69% em 5,18 dólar/real.

Apesar da alta, o ativo segue sendo negociado abaixo das médias móveis com movimentação mais lateral.

A superação dos 5,18 dólar/real aumentaria a probabilidade do ativo continuar a alta, buscando os 5,25 dólar/real.

Analistas responsáveis

Dalton Vieira – Analista CNPI-T

  • + 15 anos de experiência no mercado financeiro;
  • Analista de valores mobiliários (CNPI-TEM 910);
  • Credenciado pela Apimec desde 2010;
    Desenvolvedor do método DV de investimentos.

Leonardo Gibelli – Analista CNPI-T

  • Analista CNPI-T;
  • Analista CNPI-T EM-3376 credenciado pela Apimec;
  • Formado em Engenharia Mecânica pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU).

Erik Sala – Especialista Em FIIs E Renda Fixa

Graduando em Economia pela UFG e especialista em Fundos Imobiliários. Assistente de análise responsável pela carteira DV Renda Imobiliária.

Disclaimer

De acordo com a Resolução CVM nº 20, de 25 de fevereiro de 2021, Art. 21º, declaro que as análises realizadas neste relatório refletem única e exclusivamente a opinião dos autores, e foram elaboradas de forma independente e autônoma.

De acordo com o art. 21 da ICVM 598/18, caso o Analista esteja em situação que possa afetar a imparcialidade do relatório ou que configure ou possa configurar conflito de interesse, este fato deverá estar explicitado no campo “Conflitos de Interesse” deste relatório.

As informações, estimativas e projeções contidas neste relatório referem-se à data de publicação e estão sujeitas a mudanças, não implicando necessariamente na obrigação de qualquer comunicação no sentido de atualização ou revisão com respeito a tal alteração.

Written By
Redação It's Money

A redação do portal It’s Money é formada por um time de profissionais com ampla experiência editorial, com acompanhamento e revisão de jornalistas especializados.