Análises Minuto Oby

Dólar tem o terceiro pregão seguido de queda, fechando a R$ 4,93

Dólar tem o terceiro pregão seguido de queda, fechando a R$ 4,93
  • Publicado em 13 de abril de 2023

O dólar voltou a fechar em queda (-0,31% a R$ 4,93), marcando o terceiro pregão seguido de baixa para a divisa americana.

Com poucas novidades no noticiário interno, a precificação da moeda seguiu a dinâmica observada no exterior, com nova rodada de desvalorização da principal moeda do mundo contra os pares desenvolvidos e emergentes.

A movimentação do mercado de moedas é oriunda da leitura do mercado de que após a próxima reunião o FED poderá encerrar o ciclo de altas de juros, o que deverá dar espaço para uma melhor performance dos ativos de riscos ao redor do mundo.

Ibovespa

O Ibovespa fechou em queda (-0,40% aos 106.500 pontos), em dia marcado pela recuperação das bolsas americanas, após mais um dado de inflação vir abaixo do esperado, dessa vez o índice que mede a inflação aos produtores.

Por aqui, a sessão foi marcada pela correção da performance acumulada nos últimos dois dias, com nova queda das empresas produtoras de commodities, com exceção às petroleiras.

As empresas de proteína animal tiveram as maiores quedas do dia, enquanto que MRV, Qualicorp e Copel foram as líderes de rentabilidade no pregão.

Curva de juros

A curva de juros fechou em queda em quase todos os vencimentos, tendo a melhora de humor no exterior como o principal driver de preços.

Apesar da leve alta nas treasuries, cresce o entendimento de que o BC americano está próximo do fim do ajuste monetário.

No cenário interno, os operadores ainda refletem o número do IPCA abaixo da expectativa e tentam precificar os próximos passos do Bacen em relação à Selic e quando se dará o início do ciclo de cortes de juros.

Written By
Oby Capital

Gestora de investimentos responsável pelos fundos Oby Ágil, Oby Bandeira, Oby Ações, entre outros. Empresa que soma a experiência profissional com a qualificação internacional.