Brasil Economia Notícias

Em ata, Copom indica ritmo adequado para política monetária contracionista

Em ata, Copom indica ritmo adequado para política monetária contracionista
  • Publicado em 6 de fevereiro de 2024

O Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central divulgou hoje a ata da reunião dos dias 30 e 31 de janeiro.

No relatório, foi sinalizado que “se confirmado o cenário esperado, os membros do Comitê, unanimemente, anteveem redução de mesma magnitude nas próximas reuniões”.

Além disso, também consta em destaque a avaliação de que o ritmo está apropriado para manter a política monetária contracionista necessária para o processo desinflacionáriro, 

A expectativa foi divulgada na ata da última reunião, publicada nesta terça-feira (06). Na última reunião, o comitê cortou a taxa em 0,5 p.p. e a Selic foi a 11,25% ao ano.  

próxima reunião do Copom está marcada para os dias 19 e 20 de março. 

Ata do Copom 

“No âmbito doméstico, o conjunto de indicadores recentes de atividade econômica segue consistente com o cenário de desaceleração da economia esperado pelo Comitê. Observa-se moderação no crescimento econômico, mas com resiliência no consumo das famílias”, diz a ata divulgada na íntegra no site do Banco Central. 

Por fim, o Comitê ressalta que o mercado de trabalho segue aquecido e com aceleração nos rendimentos reais, embora o mercado tenha apresentado alguma moderação na margem.

Além disso, a inflação ao consumidor está na trajetória “esperada” de desinflação. Isso porque, nas divulgações mais recentes, os indicadores que possuem os compotentes mais sensíveis ao ciclo econômico e à política monetária estão mais próximos da meta para a inflação. 

Todos os membros do Comitê, no entanto, concordaram que o cenário-base do Comitê segue sendo de desaceleração gradual do crescimento econômico, com resiliência no consumo das famílias e menor dinamismo na formação bruta de capital fixo.  

Em suma, os dados de atividade divulgados desde a última reunião corroboram o cenário delineado pelo Copom e não houve alteração substancial sobre o cenário de crescimento. 

Nesse contexto, e diante da volatilidade recente e da incerteza à frente no cenário internacional, o Comitê manteve a avaliação de que é apropriado adotar uma postura de cautela, principalmente em países emergentes. Além disso, o Comitê continuará acompanhando os diversos dados da economia global e seus respectivos canais de transmissão para a economia doméstica. 

Leia também: Ciclo de queda da Selic: entenda o impacto na economia e nos investimentos 

Written By
Redação It's Money

A redação do portal It’s Money é formada por um time de profissionais com ampla experiência editorial, com acompanhamento e revisão de jornalistas especializados.