Análises Minuto Oby Notícias

Ibovespa fecha em forte queda em dia de aversão ao risco nos mercado globais

Ibovespa fecha em forte queda em dia de aversão ao risco nos mercado globais
  • Publicado em 26 de setembro de 2022

O Ibovespa fechou em forte queda (-2,33% aos 109.100 pontos), na esteira de mais um dia de forte aversão a riscos nos mercados globais.

Os dois principais drivers do dia continuaram sendo I) aperto monetário global, com inflação americana sendo o grande termômetro e II) conflito na Europa, colocando em dúvida a situação fiscal dos países do continente.

Os mercados brasileiros não escaparam da correção e o Ibovespa contou com apenas 3 ativos que fecharam no positivo:

São Martinho, Qualicorp e Klabin. Do lado negativo, as principais quedas foram observadas nos nomes de varejo, mas a pior performance do índice ficou mesmo para a 3R Petroleum, refletindo um dia negativo para o petróleo.

Dólar

O dólar fechou em alta (+2,5% a R$ 5,38) e terminou o pregão com o maior valor em mais de dois meses. Ao redor do mundo, tivemos um dia de liquidação de ativos de risco em direção ao dólar.

O real acabou sendo uma das moedas de pior desempenho, mas por outro lado, também era a que apresentava a melhor performance quando comparado a outras moedas e por isso tinha mais espaço para corrigir.

Curva de juros

A curva de juros teve um dia de forte abertura de taxas ao longo de todos os vencimento, sendo mais contundente nos vértices intermediários e longos.

Lá fora, o juro futuro americano também subiu, após declarações bem duras de um dirigente do FED de que ainda teremos um longo caminho no processo de alta de juros na busca por combater a inflação.

Essa semana será divulgado o PCE, índice de inflação favorito do FED, que poderá indicar um pouco mais em qual fase do processo inflacionário estamos.

Written By
Oby Capital

Gestora de investimentos responsável pelos fundos Oby Ágil, Oby Bandeira, Oby Ações, entre outros. Empresa que soma a experiência profissional com a qualificação internacional.