Análises Minuto Oby Notícias

Ibovespa fecha em queda em dia de aversão a riscos

Ibovespa fecha em queda em dia de aversão a riscos
  • Publicado em 6 de setembro de 2022

O Ibovespa fechou em forte queda (-2,17% aos  109.800 pontos), em mais um dia de aversão a riscos no mercado internacional, com queda das bolsas americanas na volta do feriado.

Os índices na Europa tiveram um dia levemente positivo, se recuperando do tombo de ontem.

Por aqui, o mercado refletiu as declarações de Bruno Serra, diretor de política monetária do BCB, dizendo que vê pouco espaço para cortes de juros no início de 2023, dada a desancoragem de expectativas de inflação mais longa.

Com isso, ações ligadas a consumo desabaram e, com um dia ruim para as commodities, levaram o IBOV para baixo.

Dólar

O dólar fechou em alta (+1,63% aos  R$ 5,24), em pregão em que o dólar ganhou valor contra boa parte dos pares, apoiado em um ambiente mais tenso nos mercados de risco.

Estados Unidos

Nos EUA crescem as apostas de um aumento de juros mais forte na próxima reunião do FED, enquanto que a Europa passa pela delicada situação da incerteza energética.

Isso apoiou a divisa americana mais forte, alcançando inclusive o maior nível em 24 anos contra o iene.

Curva de Juros

A curva de juros apresentou forte abertura, após as declarações de Serra, mas também guiado por uma abertura nas taxas da curva de juros americana, antecipando um ajuste monetário mais forte.

Por aqui, a dinâmica foi bem parecida, após alguns dias com tendência para baixo, o que deixou espaço para correção das expectativas de juros futuros colocando maior probabilidade de um aumento de 25bps no próximo Copom, além de menor chance de queda no primeiro trimestre de 2023.

Written By
Oby Capital

Gestora de investimentos responsável pelos fundos Oby Ágil, Oby Bandeira, Oby Ações, entre outros. Empresa que soma a experiência profissional com a qualificação internacional.