Brasil Economia Notícias

IPC-Fipe acelera para 0,46% em janeiro, acima do esperado

IPC-Fipe acelera para 0,46% em janeiro, acima do esperado
  • Publicado em 2 de fevereiro de 2024

O IPC-Fipe, indicador que acompanha a inflação na cidade de São Paulo, subiu 0,46% em janeiro, acelerando em relação à alta de 0,38% de dezembro e em comparação a alta de 0,34% na terceira quadrissemana de dezembro.

Os dados foram publicados nesta sexta-feira (2) pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe). 

Nesse sentido, no período de 12 meses até janeiro, o IPC-Fipe acumulou inflação de 2,98%, abaixo dos 3,15% de 2023. 

Sendo assim, em janeiro, três dos sete componentes do indicador ganharam força: Transportes, Vestuário e Educação.

Por outro lado, houve arrefecimento de preços nas outras categorias: Habitação, Alimentação, Despesas Pessoais e Saúde. 

A seguir, confira os indicadores divulgados: 

▪️Habitação: 0,04% (de 0,12%) 🔻
▪️Alimentação: 1,09% (de 1,64%) 🔻
▪️Transportes: 0,34% (de -1,15%) 🔺
▪️Despesas Pessoais: -0,35% (de 0,56%) 🔻
▪️Saúde: 0,40% (de 0,87%)🔻
▪️Vestuário: 0,24% (de -0,20%) 🔺
▪️Educação: 4,15% (de 0,02%) 🔺 

Sobre o IPC-Fipe 

Em resumo, o IPC-SP mede a evolução do custo de vida das famílias paulistanas com renda familiar entre 1 e 10 salários mínimos. Em princípio (janeiro de 1939), a Divisão de Estatística e Documentação da Prefeitura do Município de São Paulo era a responsável pelo índice. 

Depois disso, a pesquisa passou para o Instituto de Pesquisas Econômicas, que tem ligação com ao Departamento de Economia da USP.  Por fim, a análise passou para Fipe ( desde 1973). 

Leia também: Indicadores econômicos: o que são e para que servem 

Written By
Redação It's Money

A redação do portal It’s Money é formada por um time de profissionais com ampla experiência editorial, com acompanhamento e revisão de jornalistas especializados.