Análises Morning Call

Já temos corte?

Já temos corte?
  • Publicado em 12 de maio de 2023

Mercado de trabalho americano tem dado sinais de desaceleração, que juntamente com CPI dessa semana, tem animado investidores quanto perspectivas de corte de juros, ainda que o FED tenha feito último aumento, praticamente, na semana anterior.

Pregão na Ásia tem reagido relativamente bem a esses dados, com receio quanto saúde dos bancos nos EUA ainda pairando. Commodities tem sentido esses temores no pregão de hoje, caindo na margem.

Por aqui, chamou atenção dos investidores o leilão de LTN realizado ontem que apresentou as menos taxas do ano, com volume forte, aparentemente com forte presença do investidor estrangeiro.

O leilão vem em uma semana que as movimentações na diretoria do Banco Central, com a indicação do Gabriel Galípolo para diretoria de política econômica.

Declaração do Diogo Guillen, um dos diretores do BCB, de que a primeira etapa do combate à inflação foi superada no país, animou os investidores locais, que em conjuntura com dados de inflação nos EUA, tem levantado expectativas de um corte nas taxas de juros já no próximo trimestre.

Análise técnica Ibovespa

analise-tecnica-ibovespa-12-maio_its-money

Ontem o Ibovespa fechou em alta de +0.75%. Ainda dentro de um movimento comprador, o IBOV já se encontra no sexto dia consecutivo de alta e segue trabalhando dentro de uma forte região de resistência.

Dessa forma, caso um sinal de topo seja novamente apresentado nesse patamar, devemos ficar atentos para uma possível correção do índice.

Análise técnica S&P500

analise-tecnica-petroleo-12-maio_its-money

]No mercado americano, o S&P500 fechou em queda de -0.17%. O ativo segue lateralizando e trabalhando em uma forte região de resistência.

Assim, caso a pressão vendedora continue a defender essa região de preço, podemos ter uma correção um pouco mais forte nos próximos movimentos.

Análise técnica petróleo

O petróleo no dia de ontem fechou em queda de -1.62%. Como comentado anteriormente, a maior probabilidade era que o ativo sinalizasse um topo perto da região da média.

Isso foi apresentado no dia de ontem e esse sinal, reforça o viés mais negativo para o ativo no curto prazo. Inclusive, podendo ganhar força vendedora para romper o suporte dos $72.

Análise técnica dólar

analise-tecnica-dolar-12-maio_its-money

Em mais um dia de queda, o dólar fechou com -0.22%. O viés ainda segue de correção e o ponto de decisão se encontra na faixa de suporte dos 4.900.

Caso esse patamar seja superado, o dólar retoma seu viés negativo no curto prazo e a próxima região de suporte se encontra nos 4.800.

Porém, se o ativo respeitar essa região, podemos ver o dólar ganhando força novamente na ponta compradora.

Análise técnica PETR4

analise-tecnica-petrobras-12-maio_its-money

Apesar da queda no petróleo, o ativo conseguiu apresentar força compradora novamente e superar a região de resistência que vinha atuando com forte pressão vendedora.

Dessa forma, o viés positivo é retomado no curto prazo.

  • Resistências: 25.60 – 26.00 – 26.70
  • Suportes: 24.62 – 23.90 – 22.65

Análise técnica VALE3

analise-tecnica-vale-12-maio_its-money

Dentro de um movimento de correção no gráfico de curto prazo, o ativo pode gerar um novo sinal de baixa o que traz novamente um viés mais negativo para o papel, podendo romper níveis de suporte.

  • Resistências: 70.70 – 71.6 – 72.50
  • Suportes: 66.30 – 65.8 – 64.2

Analistas responsáveis

Dalton Vieira – Analista CNPI-T

+ 15 anos de experiência no mercado financeiro;
Analista de valores mobiliários (CNPI-TEM 910);
Credenciado pela Apimec desde 2010;
Desenvolvedor do método DV de investimentos.

Leonardo Gibelli – Analista CNPI-T

Analista CNPI-T;
Analista CNPI-T EM-3376 credenciado pela Apimec;
Formado em Engenharia Mecânica pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU).

Erik Sala – Especialista Em FIIs E Renda Fixa

Graduando em Economia pela UFG e especialista em Fundos Imobiliários. Assistente de análise responsável pela carteira DV Renda Imobiliária.

Disclaimer

De acordo com a Resolução CVM nº 20, de 25 de fevereiro de 2021, Art. 21º, declaro que as análises realizadas neste relatório refletem única e exclusivamente a opinião dos autores, e foram elaboradas de forma independente e autônoma.

De acordo com o art. 21 da ICVM 598/18, caso o Analista esteja em situação que possa afetar a imparcialidade do relatório ou que configure ou possa configurar conflito de interesse, este fato deverá estar explicitado no campo “Conflitos de Interesse” deste relatório.

As informações, estimativas e projeções contidas neste relatório referem-se à data de publicação e estão sujeitas a mudanças, não implicando necessariamente na obrigação de qualquer comunicação no sentido de atualização ou revisão com respeito a tal alteração.

Written By
DVinvest

A DVinvest é a casa de análise fundada pelo renomado analista Dalton Vieira, que possui em sua equipe profissionais altamente especializados em análise fundamentalista e técnica de ações.