Análises Morning Call

Mais caos, menos juros

Mais caos, menos juros
  • Publicado em 14 de março de 2023

Enquanto semana passada o assunto da vez foi o payroll, essa semana é o CPI (Inflação) que deve dominar os noticiários nos EUA, enquanto se avizinha a reunião do FOMC que vai definir os próximos passos nos juros americanos, o mercado vai buscando por pistas nesses indicadores sobre qual será esse próximo passo.

A estimativa do CPI é uma desaceleração de 0,4% mês contra mês. Sedo que um CPI surpreendendo para cima coloca o FED em uma posição bastante delicada. Por enquanto, as chances são maiores para um aumento de 25 bps.

As treasuries americanas vem mostrando bastante volatilidade, com as quedas nas taxas de ontem sendo a maior movimentação desde 1980. Os mercados têm abertura levemente positiva hoje nos principais mercados globais, com as treasuries também em leve alta.

Apesar do colapso de alguns bancos entre a sexta passada e ontem, os danos parecem contidos, com nenhuma movimentação atípica. Nas commodities, observamos a continuidade do movimento de ontem, com petróleo caindo e o minério de ferro seguindo na contramão, subindo desde ontem com estoques menores, em meio a temporada de construção no país.

Aqui no Brasil, tem-se observado a possibilidade de um corte nas taxas de juros já em maio ganhando força, com o episódio dos bancos nos EUA dando uma leve ajuda.

Há uma discursão de que talvez seja melhor dar mais tempo ao BC atingir a meta de inflação (dando a possibilidade de ele ser menos agressivo nos aumentos) do que necessariamente alterar as metas de inflação, algo que como vimos anteriormente, pode mais atrapalhar do que ajudar no nosso contexto. Campos Neto cumpre agenda hoje com o vice chair da NYSE.

abertura-do-mercado-14-março_its-money

Análise técnica Ibovespa

analise-tecnica-ibovespa-14-março_its-money

No dia de ontem, o Ibovespa fechou o dia em leve alta de +0.47%. Pelo gráfico, esse fechamento mostrou um equilíbrio entre as forças compradoras e vendedoras, o que é normal em zonas de suporte. Porém, o índice ainda segue com um viés mais negativo.

Análise técnica S&P500

analise-tecnica-S&P500-14-março_its-money

No mercado americano, o S&P500 foi testar a região de suporte dos 3800 e conseguiu recuperar parte da queda do dia, fechando com -0.15%. Assim como o IBOV, o S&P ainda segue com o viés mais negativo no curto prazo e pode ganhar ainda mais força caso ultrapasse essa faixa de suporte.

Análise técnica petróleo

analise-tecnica-petroleo-14-março_its-money

No dia de ontem, o petróleo apresentou uma queda considerável durante o pregão, fechando com -2.48%. Dando sequência no movimento de baixa, a maior probabilidade nesse momento é de o ativo buscar a faixa de preço dos 76 USD.

Análise técnica dólar

analise-tecnica-dólar-14-março_its-money

Mais um dia de força compradora para o dólar, que encerrou o pregão com +0.58% de alta. Dando sequência no movimento de rompimento já comentado aqui anteriormente, o dólar segue apresentando força compradora em direção à zona de resistência dos 5.500.

Analistas responsáveis

Dalton Vieira – Analista CNPI-T

  • + 15 anos de experiência no mercado financeiro;
  • Analista de valores mobiliários (CNPI-TEM 910);
  • Credenciado pela Apimec desde 2010;
    Desenvolvedor do método DV de investimentos.

Leonardo Gibelli – Analista CNPI-T

  • Analista CNPI-T;
  • Analista CNPI-T EM-3376 credenciado pela Apimec;
  • Formado em Engenharia Mecânica pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU).

Erik Sala – Especialista Em FIIs E Renda Fixa

Graduando em Economia pela UFG e especialista em Fundos Imobiliários. Assistente de análise responsável pela carteira DV Renda Imobiliária.

Disclaimer

De acordo com a Resolução CVM nº 20, de 25 de fevereiro de 2021, Art. 21º, declaro que as análises realizadas neste relatório refletem única e exclusivamente a opinião dos autores, e foram elaboradas de forma independente e autônoma.

De acordo com o art. 21 da ICVM 598/18, caso o Analista esteja em situação que possa afetar a imparcialidade do relatório ou que configure ou possa configurar conflito de interesse, este fato deverá estar explicitado no campo “Conflitos de Interesse” deste relatório.

As informações, estimativas e projeções contidas neste relatório referem-se à data de publicação e estão sujeitas a mudanças, não implicando necessariamente na obrigação de qualquer comunicação no sentido de atualização ou revisão com respeito a tal alteração.

Written By
DVinvest

A DVinvest é a casa de análise fundada pelo renomado analista Dalton Vieira, que possui em sua equipe profissionais altamente especializados em análise fundamentalista e técnica de ações.