Análises Morning Call

Mais empregos, mais FED

Mais empregos, mais FED
  • Publicado em 3 de fevereiro de 2023

Its_Money_Morning_Call

Macro

Balanço de empresas de tecnologia como Alphabet, Amazon e Apple decepcionou o mercado com menores vendas e menor crescimento dos negócios em nuvem.

Reflexo disso, mercados abrem em baixa nos EUA, jogando água fria no breve rali após o FOMC essa semana.

No radar dos investidores entra o payroll nos EUA, que deve mostrar uma geração ainda robusta de emprego, com as estimativas indo para 189.000 com salários crescendo 0,3%.

A sensibilidade dos dados é crítica pois o mercado pondera entre menor geração de emprego do que o esperado, reforçando o viés de uma recessão se avizinhando, ou maior geração de emprego, que colocaria pressão no FED para subir mais os juros por lá.

Os próximos dados serão importantes para o mercado ajustar as apostas quanto a taxa terminal de juros desse ciclo de alta.

Por enquanto, para a reunião de março, o mercado precifica em 82% de probabilidade mais um aumento de 25 bps.

No Brasil, o presidente Lula volta a criticar autonomia do Banco Central, citando que não haveria motivos para os juros elevados com uma meta de inflação exageradamente baixa.

O perigo no discurso é a desancorarem das expectativas que levaria a espiral inflacionária, observada em outros países.

No pregão de ontem, a despeito do rali com tons mais dovish do BCE e FED, o dólar acabou devolvendo uma queda de 2%.

Mercado Interno

Its_Money_mercado interno

Análise Técnica

O Ibovespa nesta quinta-feira fechou em queda de 1,72% aos 110.140 pontos.

O índice fecha no campo negativo pelo segundo dia consecutivo, e perde região de médias móveis.

Dessa forma, a perda dos 109.746 pontos aumenta o viés negativo para o índice nos próximos dias, onde poderia buscar a região dos 108.200 pontos.

Mercado Externo

Its_Money_mercado externo

Análise Técnica

O S&P500 nessa quinta-feira fechou em alta de 1,47% aos 4.179 pontos, dando sequência ao movimento de alta pelo terceiro dia consecutivo.

O ativo segue em tendência de alta no curto prazo, em que a próxima região importante mais acima, seria os 4.200 pontos.

Commodities

Its_Money_commodities

Análise Técnica

O petróleo nesta quinta-feira terminou o pregão em queda de 0,94% aos USD 82,17/barril.

O ativo está dando continuidade ao movimento de baixa que iniciou semana passada, e pode voltar a ser negociado nos USD 79,30/barril.

Dólar

dolar_Its_Money

Análise Técnica

O dólar terminou essa quinta-feira em baixa de 0,09% em 5,00 dólar/real, fechando no campo negativo pelo terceiro dia consecutivo.

O pregão teve bastante volatilidade, em que o ativo chegou a apresentar uma baixa de 2,23%, testando níveis abaixo de 5,00 dólar/real.

Após esse movimento de baixa, e agressão por parte dos compradores, trazendo o dólar novamente para os 5,00 dólar/real; a expectativa para os próximos dias é de uma região mais travada.

Isto é, o ativo pode ficar de maneira mais lateral ou fazer uma correção buscando a média móvel nos 5,10 dólar/real.

Analistas responsáveis

Dalton Vieira – Analista CNPI-T

  • + 15 anos de experiência no mercado financeiro;
  • Analista de valores mobiliários (CNPI-TEM 910);
  • Credenciado pela Apimec desde 2010;
    Desenvolvedor do método DV de investimentos.

Leonardo Gibelli – Analista CNPI-T

  • Analista CNPI-T;
  • Analista CNPI-T EM-3376 credenciado pela Apimec;
  • Formado em Engenharia Mecânica pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU).

Erik Sala – Especialista Em FIIs E Renda Fixa

Graduando em Economia pela UFG e especialista em Fundos Imobiliários. Assistente de análise responsável pela carteira DV Renda Imobiliária.

Disclaimer

De acordo com a Resolução CVM nº 20, de 25 de fevereiro de 2021, Art. 21º, declaro que as análises realizadas neste relatório refletem única e exclusivamente a opinião dos autores, e foram elaboradas de forma independente e autônoma.

De acordo com o art. 21 da ICVM 598/18, caso o Analista esteja em situação que possa afetar a imparcialidade do relatório ou que configure ou possa configurar conflito de interesse, este fato deverá estar explicitado no campo “Conflitos de Interesse” deste relatório.

As informações, estimativas e projeções contidas neste relatório referem-se à data de publicação e estão sujeitas a mudanças, não implicando necessariamente na obrigação de qualquer comunicação no sentido de atualização ou revisão com respeito a tal alteração.

Written By
DVinvest

A DVinvest é a casa de análise fundada pelo renomado analista Dalton Vieira, que possui em sua equipe profissionais altamente especializados em análise fundamentalista e técnica de ações.