Economia Notícias

Monitor do PIB-FGV aponta crescimento de 2,5% na atividade econômica em fevereiro

Monitor do PIB-FGV aponta crescimento de 2,5% na atividade econômica em fevereiro
  • Publicado em 3 de maio de 2023

O Monitor do PIB-FGV aponta crescimento de 2,5% na atividade econômica em fevereiro em comparação a janeiro, considerando-se dados com ajuste sazonal. Na comparação interanual o crescimento da economia em fevereiro foi de 2,7%; mesma variação apresentada no trimestre móvel findo em fevereiro.

“O forte crescimento de 2,5% da economia em fevereiro foi devido, principalmente, a atividade agropecuária. Embora a indústria e os serviços também tenham crescido na comparação com janeiro, o expressivo desempenho agrícola, justificado principalmente pela safra recorde de soja e sua elevada participação no valor adicionado da agricultura, é o grande destaque da economia no mês. Com a maior parte da colheita de soja sendo realizada nos meses de fevereiro, março e abril, este resultado sugere persistência do bom desempenho econômico no início do ano.”, segundo Juliana Trece, coordenadora da pesquisa.

ANÁLISE DESAGREGADA DOS COMPONENTES DA DEMANDA

A análise gráfica desagregada dos componentes da demanda foi realizada na série trimestral interanual por apresentar menor volatilidade do que as taxas mensais e aquelas ajustadas sazonalmente, permitindo melhor compreensão da trajetória de seus componentes.

Consumo das famílias

O consumo das famílias cresceu 4,4% no trimestre móvel findo em fevereiro. O Gráfico 2 do release mostra que este resultado se deve ao desempenho positivo do consumo de serviços e do consumo de produtos não duráveis. Como já tem sido observado nos meses anteriores, no consumo de serviços há disseminação desse crescimento entre vários segmentos. Já no consumo de não duráveis destaca-se a contribuição do segmento alimentício e, principalmente, o de combustíveis.

Formação bruta de capital fixo (FBCF)

A FBCF cresceu 2,4% no trimestre móvel findo em fevereiro. Embora o segmento de máquinas e equipamentos tenha apresentado contribuição negativa (-0,3 p.p.), ela foi menor do que a observada no trimestre findo em janeiro (-1,2 p.p.), o que explica, em parte, a melhora do indicador total. Outra contribuição importante foi o desempenho de outros da FBCF. Neste caso, destaca-se o crescimento da FBCF relacionada a serviços prestados as empresas.

Exportação

A exportação de bens e serviços cresceu 0,2% no trimestre móvel findo em fevereiro. Apesar do desempenho positivo, nota-se no Gráfico 4 do release, forte redução do crescimento observado no trimestre móvel findo em janeiro. A exceção da exportação de bens de capital e de serviços, todos os demais segmentos apresentaram significativa piora no trimestre móvel findo em fevereiro. Destaca-se a contribuição negativa da exportação de produtos agropecuários e a de bens intermediários.

Importação

A importação de bens e serviços cresceu 1,6% no trimestre móvel findo em fevereiro. Os maiores destaques para este resultado devem-se às contribuições positivas da importação de serviços e de bens de capital. Apesar disso, nota-se forte desaceleração do crescimento nestes dois segmentos, o que justifica a desaceleração do total das importações.

PIB-FGV EM VALORES

Em termos monetários, estima-se que o acumulado do PIB, no primeiro bimestre de 2023 em valores correntes, tenha sido de 1 trilhão 828 bilhões e 672 milhões de Reais.

TAXA DE INVESTIMENTO

O Gráfico 6 do release destaca em duas linhas as médias das taxas de investimento: a laranja (em cima) mostra a média das taxas de investimento mensais desde janeiro de 2000 (18,0%); a cinza (em baixo), a média das taxas de investimento mensais desde janeiro de 2015 (16,6%). Observa-se que a taxa de investimento em fevereiro de 2023 foi de 16,6%, na série a valores correntes. Este resultado apresenta a taxa de investimento em fevereiro no mesmo patamar da taxa de investimento média mensal considerando o período desde janeiro de 2015, mas abaixo da taxa de investimento média considerando o período desde janeiro de 2000.

Fonte: FGV

Written By
Redação It's Money

A redação do portal It’s Money é formada por um time de profissionais com ampla experiência editorial, com acompanhamento e revisão de jornalistas especializados.