Análises Morning Call

Na margem

Na margem
  • Publicado em 13 de abril de 2023

Mercados abrem em leve alta nessa quinta-feira, enquanto investidores olham para os dados de inflação nos EUA e ata da reunião do FED.

O CPI dos Estados Unidos saiu em linha com as expectativas do mercado, com leve surpresa negativa no lado dos núcleos de inflação que mostraram alguma resistência em recuar.

Diante dessa perspectiva de inflação, o natural é que o FED ainda promova mais alguma alta nos juros por lá, na ordem de 25 bps.

O próximo indicador na agenda é o número de pedidos de seguro-desemprego que deve mostrar um número de 235 mil, indicando algum esfriamento na margem do mercado de trabalho até o começo de abril.

O mercado digere também ata do FOMC, o qual sem surpresa inda comenta sobre as resistências inflacionárias e traz comentários sobre possível recessão leve por lá.

No lado positivo, o FED trouxe na ata uma redução na expectativa do patamar final de juros, enfatizando a vigilância no crédito.

O minério de ferro amplia sua baixa, com notícias de que a china deve anunciar limite de produção no aço. Petróleo opera de lado após movimento de alta nos últimos dias com sinais de aumento nos estoques.

Por aqui, o mercado segue movimento de alta, que parece ter perdido força. Os juros futuros, porém, já vem indicando a possibilidade de novos cortes no curto prazo, com a inflação essa semana vindo abaixo das expectativas.

abertura-do-mercado-13-abril_its-money

Análise técnica Ibovespa

analise-tecnica-ibovespa-13-abril_its-money

Em mais um dia de alta, o Ibovespa fechou com +0.64%. A maior probabilidade era de o IBOV buscar a região de resistência dos 107k-108k o que aconteceu no dia de ontem.

Após testar essa faixa de preço, o índice devolveu boa parte dos ganhos do dia o que sinaliza que podemos ter uma correção nos próximos pregões do movimento de alta apresentado.

Análise técnica S&P500

analise-tecnica-S&P500-13-abril_its-money

No mercado americano, tivemos o S&P500 fechando em queda de -0.41%. Após tentar superar a faixa de resistência dos 4150 mais uma vez, o índice americano devolveu os ganhos do dia fechando em baixa e sinalizando que podemos ter uma correção um pouco mais intensa nos próximos dias. O próximo suporte para o ativo é na faixa dos 4000.

Análise técnica petróleo

analise-tecnica-petroleo-13-abril_its-money

Já o petróleo, ganhou força no dia de ontem fechando em alta de +1.94%. Dando sequência no movimento de alta, o petróleo se aproxima de uma zona de resistência bastante relevante.

Dessa forma, caso falhe em ultrapassar esse nível de preço ($86-$87) podemos ver o ativo apresentar uma correção do movimento de alta anterior que ainda não aconteceu.

Análise técnica dólar

analise-tecnica-dólar-13-abril_its-money

O dólar fechou o dia de ontem em queda de -1.75%. Voltando a trabalhar abaixo dos 5.000, o dólar reforça o viés negativo no curto prazo e agora segue em direção a uma forte região de suporte que se encontra nos 4.800.

Essa faixa de preço pode se tornar uma ótima região para planejar compra para o médio/longo prazo no ativo.

Analistas responsáveis

Dalton Vieira – Analista CNPI-T

+ 15 anos de experiência no mercado financeiro;
Analista de valores mobiliários (CNPI-TEM 910);
Credenciado pela Apimec desde 2010;
Desenvolvedor do método DV de investimentos.

Leonardo Gibelli – Analista CNPI-T

Analista CNPI-T;
Analista CNPI-T EM-3376 credenciado pela Apimec;
Formado em Engenharia Mecânica pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU).

Erik Sala – Especialista Em FIIs E Renda Fixa

Graduando em Economia pela UFG e especialista em Fundos Imobiliários. Assistente de análise responsável pela carteira DV Renda Imobiliária.

Disclaimer

De acordo com a Resolução CVM nº 20, de 25 de fevereiro de 2021, Art. 21º, declaro que as análises realizadas neste relatório refletem única e exclusivamente a opinião dos autores, e foram elaboradas de forma independente e autônoma.

De acordo com o art. 21 da ICVM 598/18, caso o Analista esteja em situação que possa afetar a imparcialidade do relatório ou que configure ou possa configurar conflito de interesse, este fato deverá estar explicitado no campo “Conflitos de Interesse” deste relatório.

As informações, estimativas e projeções contidas neste relatório referem-se à data de publicação e estão sujeitas a mudanças, não implicando necessariamente na obrigação de qualquer comunicação no sentido de atualização ou revisão com respeito a tal alteração.

Written By
DVinvest

A DVinvest é a casa de análise fundada pelo renomado analista Dalton Vieira, que possui em sua equipe profissionais altamente especializados em análise fundamentalista e técnica de ações.