Análises Morning Call

O Reino do Meio

O Reino do Meio
  • Publicado em 17 de outubro de 2022

Os olhos do mundo se voltam essa semana para o 20º Congresso do Partido Comunista da China, que começou neste domingo dia 16/10.

O potencial de repercussão é grande pois é de lá que podem sair pistas sobre como será a condução do país em relação ao setor de construção civil e a política de Covid Zero, movimentando mercado de commodities.

Até o momento o que foi observado nos discursos é que a China deverá se manter restrita com a política de Covid Zero. Houve também a citação que o país buscará caminhos para reunificação com Taiwan.

Sem surpresas, Xi Jinping deve ser reconduzido ao cargo em uma inédito 3º mandato, caminho que foi pavimentado ainda em 2018 quando houve a suspenção do limite de mandatos presidenciais que era de 10 anos.

Abertura do mercado no Brasil

abertura-do-mercado-17-de-outubro_its-money

No Brasil, os destaques vão para a Vale que divulga seu relatório de produção e vendas do 3T22 com a expectativa do mercado em 87,2 milhões de toneladas, uma leve redução já esperada em relação ao mesmo período do ano passado que ficou em 89,4 milhões de toneladas.

Por aqui também o IBC-Br teve queda de 1,13% em agosto enquanto o esperado era uma desaceleração mais branda de 0,70%. A leitura é de que os juros mais elevados estejam já repercutindo na atividade o que deve auxiliar no controle inflacionário.

O boletim Focus do Banco Central divulgado mais cedo aponta uma expectativa menor de inflação para 2023 sendo a décima sexta semana seguida em que as projeções do IPCA para os próximos anos mostram queda.

Curva DI

Semana mais curta, porém, com dados importantes de inflação aqui e nos EUA.

No Brasil o IPCA de setembro, divulgado dia 11/10 ficou em -0,29% levemente acima das expectativas que eram de -0,33%. No qualitativo o número também não agradou muito com serviços voltando a mostrar aceleração e núcleos ainda em patamares elevados. Em 12 meses o acumulado da inflação chegou a 7,17% vs 8,73% da leitura em agosto.

Nos EUA a inflação medida pelo CPI veio novamente acima das expectativas em 0,4% contra 0,2% esperados.

O mercado que inicialmente caiu em função do número fechou em alta com alguns operadores otimistas pela inflação que apesar de alta, tem demonstrado perda de força, suficiente para animar um mercado que está bastante vendido. Para o próximo ajuste do FED o mercado embute mais de 90% de chances de outro aumento de 75 bps.

O reflexo foi sentido pela treasuries americanas que ficaram a semana pressionadas pelo noticiário de inflação. Aqui no Brasil a curva apresentou também abertura na parte intermediária e longa.

Abaixo a curva de juros uma semana atrás em branco e no fechamento da sexta-feira 14/10 em verde.

curva-DI-17-de-outubro_its-money

A digestão de todo esse noticiário no tesouro ficou evidente nos leilões de títulos públicos realizados semana passada. Os volumes mostraram quedas acentuadas a taxas em alta principalmente nas LTN e NTN-F.

O Tesouro pré 2025 encerrou a semana pagando 11,78 vs 11,58% da semana anterior, enquanto o vencimento de 2029 11,89% vs 11,64% uma semana atrás.
A NTB-B com vencimento 2026 fechou a semana pagando IPCA +5,62% vs 5,61% uma semana atrás. O Tesouro IPCA 2035 e 45 pagavam IPCA + 5,81%.

Abertura do mercado nos EUA

Nos EUA após uma semana em que os ativos de risco repercutiram com volatilidade os dados de inflação os investidores se voltam agora para a
temporada de balanços do 3T22. Os balanços de grandes empresas já divulgadas mostram queda nos lucros em níveis já esperados.

O mercado imobiliário americano deve ser foco dos investidores na quinta onde novos dados sobre venda de residências será divulgado, a expectativa é que a sequência de sete meses de queda seja mantida, no que é a maior desde 2007. Enquanto isso os juros de financiamento imobiliário atingem 6,9% sendo o maior patamar dos últimos 16 anos.

Mercado Interno

O movimento por aqui deve ficar por conta da Vale divulgando seu balanço de produção no 3T22, o mercado fica de olho também na produção de metais básicos da companhia que vem ganhando destaque.

O IBC-Br é um dado que deve ser digerido pelos investidores que agora calibram as apostas de quando o Banco Central deverá começar os cortes nas taxas de juros com inflação sob controle e atividade respondendo de forma negativa o ambiente de juros mais elevados, na abertura do mercado os DI já mostravam queda, com alguns operadores de olho nos dados mais fracos apresentados pelo BC mais cedo.

Mercado Externo

No exterior, as atenções se voltam na China e o Congresso do Partido Comunista. As repercussões dão conta no momento de uma postura ainda mais firme quanto a política de Covid Zero.

Poucas pistas foram dadas sobre o mercado imobiliário chinês que vem levantando preocupação entre os investidores pela relevância na economia do país e que ecoa pelo mundo.

Commodities

O minério de ferro cai em meio a repercussões da fala do presidente chinês Xi Jiping que não trouxe nenhuma mudança imediata em relação a política de Covid Zero no país o que enfraquece a demanda por aço.

O petróleo opera de lado pressionado também por temores da desaceleração econômica e menor demanda, apesar dos cortes recentemente anunciados.

Analistas responsáveis

Dalton Vieira – Analista CNPI-T

  • + 15 anos de experiência no mercado financeiro;
  • Analista de valores mobiliários (CNPI-TEM 910);
  • Credenciado pela Apimec desde 2010;
    Desenvolvedor do método DV de investimentos.

Henrique Tavares – Analista CNPI

  • Analista CNPI (CNPI EM-3176);
  • Credenciado pela Apimec;
  • Formado em Engenharia Aeronáutica pela Universidade Federal Uberlândia (UFU).

Leonardo Gibelli

  • Analista CNPI-T;
  • Analista CNPI-T EM-3376 credenciado pela Apimec;
  • Formado em Engenharia Mecânica pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU).

Disclaimer

De acordo com a Resolução CVM nº 20, de 25 de fevereiro de 2021, Art. 21º, declaro que as análises realizadas neste relatório refletem única e exclusivamente a opinião dos autores, e foram elaboradas de forma independente e autônoma.

De acordo com o art. 21 da ICVM 598/18, caso o Analista esteja em situação que possa afetar a imparcialidade do relatório ou que configure ou possa configurar conflito de interesse, este fato deverá estar explicitado no campo “Conflitos de Interesse” deste relatório.

As informações, estimativas e projeções contidas neste relatório referem-se à data de publicação e estão sujeitas a mudanças, não implicando necessariamente na obrigação de qualquer comunicação no sentido de atualização ou revisão com respeito a tal alteração.

As plataformas usadas para realização deste relatório são Bloomberg e Profit (Nelogica), além de portais de notícias nacionais e internacionais devidamente identificados quando utilizados.

Written By
DVinvest

A DVinvest é a casa de análise fundada pelo renomado analista Dalton Vieira, que possui em sua equipe profissionais altamente especializados em análise fundamentalista e técnica de ações.