Análises Palavra do Analista

PETR4, LWSA3 e JBSS3: confira as últimas divulgações da temporada de balanço

PETR4, LWSA3 e JBSS3: confira as últimas divulgações da temporada de balanço
  • Publicado em 12 de maio de 2023

A B3 (B3SA3) segue apresentando redução na receita, fruto de uma desaceleração nas negociações em bolsa, o que afeta diretamente o faturamento da empresa.

Por outro lado, a margem de lucro que tinha sido muito ruim no 4T22 apresentou leve melhora, o que é bastante positivo.

A empresa deve continuar amargando resultados mais fracos enquanto a bolsa não melhorar o volume.

CEAB3

O primeiro trimestre geralmente é o pior da C&A devido ao setor desaquecer, por outro lado, a empresa apresentou receita crescente e melhoria na margem de lucro em relação ao 1T22, o que é bastante positivo, por outro lado, como o primeiro trimestre é menos importante, os próximos resultados devem ter mais relevância no preço da ação.

COGN3

Bom resultado da Cogna, que apresentou crescimento relevante na receita e que conseguiu manter as margens em um patamar estável.

Por outro lado, as dívidas curtas ainda são maiores do que o caixa da empresa, o que é bem preocupante.

CYRE3

A Cyrela apresentou um resultado bastante estável, com um baixo crescimento na receita, mas com uma leve piora nas margens.

Os lançamentos foram seguidos de boas vendas e o estoque da empresa não apresentou grandes variações.

EZTC3

A EZTec apresentou redução em sua demonstração financeira, ou seja, receita, custos e lucro devido a um menor número de lançamentos no trimestre, por outro lado, as vendas se mantiveram estáveis e o estoque da empresa segue reduzindo, o que é bastante positivo.

Com a retomada dos lançamentos a empresa deve apresentar números mais fortes.

FESA4

A Ferbasa apresentou crescimento baixo em sua receita, fruto especialmente de uma queda no preço do ferro cromo que foi menos impactante devido a um aumento no volume de vendas.

Por outro lado, a margem de lucro da empresa reduziu bastante com a normalização do preço da matéria prima, o que afeta a lucratividade da operação apesar desse movimento já ser esperado.

GRND3

A Grendene apresentou uma receita fraca, fruto especialmente de um arrefecimento na demanda por calçados, por outro lado, conseguiu melhorar sua margem de lucro, o que sustenta a rentabilidade da operação mesmo em momentos mais difíceis, algo bastante positivo.

JBSS3

A JBS apresentou resultados fracos, mas que já eram esperados devido ao momento do ciclo que passa a empresa, com graves apertos de margem e com receita mais fraca, por outro lado, a dívida ainda não é tão preocupante e a empresa não deverá ter problemas até a virada no ciclo, porém, no curto prazo os resultados são bastante feios.

LWSA3

A Locaweb apresentou fortes resultados, aliando crescimento acelerado na receita e melhoria na margem de lucro, além de ter um caixa maior do que as dívidas, o que é bastante positivo. Ótimo momento para a empresa que apresentou bons números.

PETR4

A Petrobras apresentou resultados dentro do que já era esperado com a queda no preço do barril, a receita reduziu em relação aos trimestres anteriores e a margem de lucro foi negativamente impactada, mas nada que fugisse da expectativa de um resultado levemente inferior.

SAPR11

A Sanepar apresentou resultados bastante sólidos que ocorrem praticamente todos os trimestres, um pequeno crescimento na receita e leves melhorias na margem de lucro, entendo como sendo números já esperados pelo mercado.

SBSP3

A Sabesp apresentou ótimos resultados, com um alto crescimento na receita e melhorias na margem, para uma empresa desse setor o crescimento tende a ser mais baixo, dessa forma, vejo como bastante positivos os resultados.

Hoje na parte da manhã:

– Bradespar (BRAP4)
– Equatorial (EQTL3)

Depois do pregão:

– Light (LIGT3)
– M Dias Branco (MDIA3)
– PetroRecôncavo (RECV3)
– Portobello (PTBL3)
– Raízen (RAIZ4)
– Vibra (VBBR3)

Analistas responsáveis

Dalton Vieira – Analista CNPI-T

+ 15 anos de experiência no mercado financeiro;
Analista de valores mobiliários (CNPI-TEM 910);
Credenciado pela Apimec desde 2010;
Desenvolvedor do método DV de investimentos.

Leonardo Gibelli – Analista CNPI-T

Analista CNPI-T;
Analista CNPI-T EM-3376 credenciado pela Apimec;
Formado em Engenharia Mecânica pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU).

Erik Sala – Especialista Em FIIs E Renda Fixa

Graduando em Economia pela UFG e especialista em Fundos Imobiliários. Assistente de análise responsável pela carteira DV Renda Imobiliária.

Disclaimer

De acordo com a Resolução CVM nº 20, de 25 de fevereiro de 2021, Art. 21º, declaro que as análises realizadas neste relatório refletem única e exclusivamente a opinião dos autores, e foram elaboradas de forma independente e autônoma.

De acordo com o art. 21 da ICVM 598/18, caso o Analista esteja em situação que possa afetar a imparcialidade do relatório ou que configure ou possa configurar conflito de interesse, este fato deverá estar explicitado no campo “Conflitos de Interesse” deste relatório.

As informações, estimativas e projeções contidas neste relatório referem-se à data de publicação e estão sujeitas a mudanças, não implicando necessariamente na obrigação de qualquer comunicação no sentido de atualização ou revisão com respeito a tal alteração.

Written By
DVinvest

A DVinvest é a casa de análise fundada pelo renomado analista Dalton Vieira, que possui em sua equipe profissionais altamente especializados em análise fundamentalista e técnica de ações.