ESG Onde Investir

Quais são os 3 pilares essenciais do ESG?

Quais são os 3 pilares essenciais do ESG?
  • Publicado em 26 de março de 2023

Os investidores estão cada vez mais preocupados com as práticas ambientais, sociais e de governança das empresas nas quais investem.

Assim, para atender a essa demanda, muitas organizações estão integrando a abordagem ESG – Environmental, Social and Governance (Ambiental, Social e Governança) – em suas estratégias de negócios.

Mas, afinal, quais são os 3 pilares essenciais do ESG?

De forma geral, esses três pilares se referem às práticas que uma empresa adota para ser ambientalmente sustentável, socialmente responsável e ter uma boa governança corporativa.  

Neste artigo, vamos explorar mais sobre esses conceitos e sua importância. Confira!

Pilar 1: Meio Ambiente 

O primeiro pilar do ESG é o meio ambiente, que se refere às práticas de uma empresa para minimizar seu impacto ambiental.  

Ou seja, essas companhias procuram ser ambientalmente responsáveis, adotando um série de ações nesse sentido, como:

  • Redução de emissões de gases do efeito estufa; 
  • Uso de fontes de energia renovável; 
  • Práticas de reciclagem e gerenciamento de resíduos; 
  • Utilização de materiais sustentáveis e biodegradáveis. 

Leia também: Como investir em ESG: passo a passo

Pilar 2: Social 

O segundo pilar do ESG é o social, que se refere às práticas de uma empresa em relação às pessoas, comunidades e sociedade em geral.  

Isto é, um novo olhar sobre como a empresa trata seus funcionários, clientes e fornecedores, assim como o impacto social de seus produtos e serviços.  

Veja a seguir algumas práticas adotadas para demonstrar comprometimento social:

  • Igualdade de oportunidades e diversidade e inclusão no local de trabalho; 
  • Práticas éticas de trabalho e remuneração justa para os funcionários; 
  • Responsabilidade social corporativa e contribuição para a comunidade; 
  • Produtos e serviços seguros e éticos. 

Leia também: Top 10 empresas ESG no Brasil 

Pilar 3: Governança 

O terceiro pilar do ESG é a governança, diretamente ligado às condutas empresariais para garantir uma gestão responsável e transparente.  

Isso inclui a forma de gerenciamento, bem como a relação entre os acionistas e a administração da empresa.  

Então, para chegar a esses objetivos, os gestores implementam uma série de melhorias, como as listadas a seguir:

  • Conselho de administração independente e efetivo; 
  • Transparência e responsabilidade financeira; 
  • Gestão de riscos e controles internos eficazes; 
  • Ética nos negócios e conformidade com leis e regulamentos. 

Leia também: Fundo ESG: o que é e como funciona essa modalidade de investimento

Qual a importância dos 3 pilares essenciais do ESG? 

Os 3 pilares essenciais do ESG são importantes porque fornecem uma maneira mais eficiente de avaliar a responsabilidade social e ambiental de uma empresa.  

Isso porque organizações que se preocupam com esses assuntos têm maior probabilidade de serem bem-sucedidas no longo prazo e podem ser consideradas mais seguras pelos investidores. 

Além disso, o ESG é importante para a reputação da empresa e para atrair e reter talentos. 

Você também quer investir essa causa? Você pode contar com a ajuda de com um especialista para isso. Basta clicar aqui! 

Written By
Redação It's Money

A redação do portal It’s Money é formada por um time de profissionais com ampla experiência editorial, com acompanhamento e revisão de jornalistas especializados.