Análises Morning Call

Saídas e bandeiras

Saídas e bandeiras
  • Publicado em 7 de fevereiro de 2023

Mercados operam próximo a estabilidade nesta terça feira a espera de comentários de Jerome Powell, presidente do FED, que seria uma primeira interação com o mercado após o fatídico payroll, que veio muito acima do esperado pelo mercado.

A expectativa é de um discurso que possa colocar panos quentes no mercado, que após números bem acima do previsto, começa a trabalhar com duas novas possibilidades: Juros elevados por mais tempo e uma taxa de juros terminal em patamares mais elevados do que o previsto. A hipótese de uma taxa no final do ciclo de 6% não seria descartada.

Índice dólar e treasuries tem leve movimento de recuo após praticamente três altas seguidas, com traders aumentando suas apostas em novos apertos monetários no FED. A ideia de um corte ainda em 2023 começa a ficar bem mais distante.

Petróleo tem alta pelo segundo dia seguido, com melhores perspectivas de preço e demanda para a Ásia, enquanto o minério de ferro tem sua segunda baixa consecutiva, a espera de maiores incentivos no mercado imobiliário da China.

Por aqui, as preocupações dos investidores também se concentram na ata da última reunião do BC, que manteve a taxa de juros inalterada, na semana passada. Além da ata, o presidente do BCB fala em evento nos EUA.

Os investidores locais estarão de olho em possíveis novos confrontos com o governo atual que vem criticando o nível de juros, meta de inflação e a independência do Banco Central. Essas falas têm levado o juro futuro a um movimento de abertura, uma vez que abala os níveis de confiança no longo prazo do Brasil.

Felizmente, membros do governo na área econômica tem colocado alguns panos quentes na situação, não podemos saber por quanto tempo.

Ainda no radar, teremos leilão de LFT e NTN-B pelo Tesouro Nacional, leilões recentes tem tido alguma dificuldade, portanto é algo para os investidores ficarem de olho.

abretura-do-mercado-07-fevereiro_its-money

Análise técnica Ibovespa

analise-tecnica-ibovespa-07-fevereiro_its-money

O Ibovespa nesta segunda-feira fechou em alta de 0,18% aos 108.721 pontos. Apesar da alta, o índice segue sendo negociado abaixo das médias móveis e com viés mais negativo no curto prazo.

Entretanto, após esse forte movimento de baixa, aumenta-se a probabilidade do ativo iniciar uma correção. Isto é, ter uma movimentação mais lateral ou um leve repique de alta buscando a média nos 110.500 pontos.

Análise técnica S&P500

analise-tecnica-S&P500-07-fevereiro_its-money

O S&P500 nessa segunda-feira fechou em queda de 0,61% aos 4.111 pontos, com baixa pelo segundo dia consecutivo. Apesar da queda o ativo não perdeu nenhum nível importante e segue em tendência de alta no curto prazo. Vale ressaltar que o S&P pode passar por uma correção nos próximos dias, buscando a região dos 4.060 pontos.

Análise técnica petróleo

analise-tecnica-petroleo-07-fevereiro_its-money

O petróleo nesta segunda-feira terminou o pregão em alta de 1,92% aos USD 81,26/barril. O ativo devolveu boa parte da baixa apresentada na sexta e pode iniciar um movimento de correção (alta), nos USD 83,50/barril.

Análise técnica dólar

analise-tecnica-dolar-07-fevereiro_its-money

O dólar terminou essa segunda-feira em queda de 0,11% em 5,14 dólar/real. O ativo está em uma região de preço mais travada, ainda oscilando entre os 5,04 e 5,20 dólar/real.

Leonardo Gibelli – Analista CNPI-T

  • Analista CNPI-T;
  • Analista CNPI-T EM-3376 credenciado pela Apimec;
  • Formado em Engenharia Mecânica pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU).

Erik Sala – Especialista Em FIIs E Renda Fixa

Graduando em Economia pela UFG e especialista em Fundos Imobiliários. Assistente de análise responsável pela carteira DV Renda Imobiliária.

Disclaimer

De acordo com a Resolução CVM nº 20, de 25 de fevereiro de 2021, Art. 21º, declaro que as análises realizadas neste relatório refletem única e exclusivamente a opinião dos autores, e foram elaboradas de forma independente e autônoma.

De acordo com o art. 21 da ICVM 598/18, caso o Analista esteja em situação que possa afetar a imparcialidade do relatório ou que configure ou possa configurar conflito de interesse, este fato deverá estar explicitado no campo “Conflitos de Interesse” deste relatório.

As informações, estimativas e projeções contidas neste relatório referem-se à data de publicação e estão sujeitas a mudanças, não implicando necessariamente na obrigação de qualquer comunicação no sentido de atualização ou revisão com respeito a tal alteração.

Written By
DVinvest

A DVinvest é a casa de análise fundada pelo renomado analista Dalton Vieira, que possui em sua equipe profissionais altamente especializados em análise fundamentalista e técnica de ações.