Economia Notícias

Setor de serviços varia 0,3% em dezembro e fecha 2023 com terceira alta anual seguida

Setor de serviços varia 0,3% em dezembro e fecha 2023 com terceira alta anual seguida
  • Publicado em 9 de fevereiro de 2024

O volume de serviços no Brasil apresentou variação de 0,3% em dezembro de 2023, segundo resultado positivo consecutivo, acumulando um ganho de 1,2% nos dois últimos meses do ano e recuperando parte da perda verificada no período entre agosto e outubro (-2,1%).

Já na comparação com dezembro de 2022, houve queda de 2,0%, a mais intensa desde janeiro de 2021 (-5,0%). Mesmo assim, no acumulado de 2023, o setor fechou com alta de 2,3%, terceiro ano seguido de crescimento.

Por fim, no acumulado dos últimos 12 meses, os serviços perderam fôlego, ao reduzirem a magnitude de crescimento de 3,1% em novembro para 2,3% em dezembro de 2023. Os dados são da Pesquisa Mensal de Serviços, divulgada hoje (09) pelo IBGE.

Com o acréscimo de 0,3% no mês de dezembro, o setor de serviços está 11,7% acima do nível de pré-pandemia (fevereiro de 2020) e 1,7% abaixo do ponto mais alto da série histórica (dezembro de 2022).

Em 2023, quatro das cinco atividades da PMS tiveram taxas positivas, acompanhadas por crescimento em 55,4% dos 166 tipos de serviços investigados.

Entre os setores, destacam-se os serviços de informação e comunicação, com alta de 3,4%, e de profissionais, administrativos e complementares, com expansão de 3,7%.

Turismo 

O índice de atividades turísticas da PMS teve alta de 1,4% frente a novembro. Dessa forma, o segmento se encontra 3,6% acima do patamar pré-pandemia (fevereiro de 2020) e 3,7% abaixo do ponto mais alto da série (fevereiro de 2014).

Transportes de passageiros 

Por fim, o volume de transporte de passageiros no Brasil registrou retração de 1% na passagem de novembro para dezembro, marcando a quarta taxa negativa seguida e perda acumulada de 7,8% no período.

Ademais, o segmento ficou 8,8% abaixo do nível de fevereiro de 2020 (pré-pandemia). Também, 29,7% abaixo de fevereiro de 2014 (ponto mais alto da série histórica). Já na comparação com dezembro de 2022, a queda foi de 15,9%.

Mais sobre a Pesquisa Mensal de Serviços – PMS

A PMS produz indicadores que permitem acompanhar o comportamento conjuntural do setor de serviços no país.  Nesse sentido, o indicador investiga a receita bruta de serviços nas empresas formalmente constituídas, com 20 ou mais pessoas ocupadas. O que inclui as que desempenham como principal atividade um serviço não financeiro, excluídas as áreas de saúde e educação.

Há resultados para o Brasil e todas as unidades da Federação. Os resultados podem ser consultados no Sidra. A próxima divulgação da Pesquisa Mensal de Serviços, referente a janeiro de 2024, será em 15 de março de 2024.

Informações: IBGE

Written By
Redação It's Money

A redação do portal It’s Money é formada por um time de profissionais com ampla experiência editorial, com acompanhamento e revisão de jornalistas especializados.