Morning Call

Temos acordo

Temos acordo
  • Publicado em 29 de maio de 2023

Mercados mostram abertura marginalmente positiva nessa segunda-feira, com futuro das bolsas na Europa no positivo, enquanto o mercado reage ao acordo para elevação no teto da dívida americana, que vinha se arrastando desde meados desse mês. Confira o Morning Call desta segunda-feira, 29.

Apesar de não enxergarem o risco de um calote como sendo algo muito elevado, o acordo retira um risco de cauda maior que tendia segurar bolsas e investidores a assumir posição de maior risco.

A votação do acordo ainda deve ser aprovada no congresso na quarta-feira dessa semana, porém quase dado sua aprovação. Investidores devem avaliar a liquidez no mercado de títulos nos EUA, com tesouro emitindo mais dívida em decorrência do aumento no limite do teto.

A liquidez dos mercados e reação ao acordo, entretanto, devem ficar reduzidas no pregão de hoje, em decorrência de feriados nos EUA e Reino Unido.

Nas commodities, minério de ferro apresenta alta, com mercado avaliando aumento na demanda chinesa. Petróleo tem abertura fraca e opera de lado.

Por aqui, mercado avalia boletim Focus após IPCA-15 surpreender com números abaixo do previsto, mercado vem colocando corte na Selic no segundo semestre, pelo que indica a curva de juros.

Análise técnica mercado interno

Na sexta-feira o IBOV fechou em alta de +0.77%. Após a sinalização de fundo no gráfico diário, o índice novamente apresenta força na ponta compradora dando sequência no movimento de alta. Entretanto, como já comentado anteriormente, o movimento se encontra esticado e próximo a regiões importantes de resistência, portanto a expectativa de correção ainda se mantém.

Análise técnica mercado externo

O S&P500 terminou a sexta-feira em forte alta de +1.30%. Voltando para testar o nível de resistência dos 4.200, o mercado americano ainda segue travado dentro de uma região de lateralização. Apesar da força compradora na última semana, a expectativa também segue sendo de baixa para os próximos dias.

Análise técnica commodities

O petróleo por sua vez, encerrou a sexta-feira também em alta de +1.54%. Apesar do movimento de alta, o viés de baixa para o ativo ainda segue sendo predominante, visto que a correção atual já mostra sinais de um novo movimento de baixa. Esse movimento pode ganhar ainda mais força e a maior probabilidade é que o petróleo trabalhe abaixo dos $72.

Análise técnica dólar

O dólar fechou a sexta-feira em queda de -0.84%. Após uma forte semana de alta, o ativo apresenta um movimento de correção e ainda segue com o viés mais positivo para os próximos dias. Dessa forma, a expectativa é que o dólar supere a faixa de resistência dos 5.100

Análise técnica PETR4 – 60 Minutos

Após atingir um forte nível de resistência, PETR4 está com bastante dificuldade de superar essa faixa de preço. Portanto, a expectativa de alta para o papel é reduzida enquanto o ativo não conseguir ganhar força para ultrapassar esse nível de preço.

Resistências: 26.80 – 27.11 – 28.50

Suportes: 25.60 – 24.80 – 22.65

Análise técnica VALE3 – 60 Minutos

Já a VALE3 ganhou força na sexta-feira, porém continua dentro de um viés de baixa. O ativo caminha para a região de fundo anterior no gráfico diário. No intraday, seguimos orientados a buscar entradas na ponta vendedora.

Resistências: 67.00 – 67.5 – 68.10

Suportes: 65.90 – 64.10 – 63.30

 

Analistas responsáveis

Dalton Vieira – Analista CNPI-T

+ 15 anos de experiência no mercado financeiro;

Analista de valores mobiliários (CNPI-TEM 910);

Credenciado pela Apimec desde 2010;

Desenvolvedor do método DV de investimentos.

Lucas C. Moraes – Analista CNPI-T

Formado em Engenharia de Bioprocessos e Biotecnologia pela Universidade Estadual Paulista (UNESP).

Erik Sala – Especialista Em FIIs E Renda Fixa

Graduando em Economia pela UFG e especialista em Fundos Imobiliários.

Assistente de análise responsável pela carteira DV Renda Imobiliária.

 

Disclaimer

De acordo com a Resolução CVM nº 20, de 25 de fevereiro de 2021, Art. 21º, declaro que as análises realizadas neste relatório refletem única e exclusivamente a opinião dos autores, e foram elaboradas de forma independente e autônoma.

Segundo o art. 21 da ICVM 598/18, caso o Analista esteja em situação que possa afetar a imparcialidade do relatório ou que configure ou possa configurar conflito de interesse, este fato deverá estar explicitado no campo “Conflitos de Interesse” deste relatório.

As informações, estimativas e projeções contidas neste relatório referem-se à data de publicação e estão sujeitas a mudanças, não implicando necessariamente na obrigação de qualquer comunicação no sentido de atualização ou revisão com respeito a tal alteração.

Written By
DVinvest

A DVinvest é a casa de análise fundada pelo renomado analista Dalton Vieira, que possui em sua equipe profissionais altamente especializados em análise fundamentalista e técnica de ações.