Análises Morning Call

Triple Witching

Triple Witching
  • Publicado em 16 de dezembro de 2022

Its_Money_Morning_Call

Macro

Dia de noticiário mais esvaziado após duas semanas intensas.

Destacam-se decisões nos bancos centrais mundo a fora, o que deixa espaço para o chamado triple witching, vencimento triplo de opções de ações e índice, além dos futuros de bolsas, que ocorre na terceira sexta-feira do último mês de cada trimestre, sendo provavelmente a última grande janela de liquidez para as operações no ano.

O mercado tende a precificar (ou decifrar) o recado do FED, que, ao contrário do que o mercado esperava, ainda enxerga taxas terminais mais elevadas no próximo ano.

Isso tem levado a economistas aumentarem as expectativas para uma recessão nos EUA e Europa, fator que tem puxado as cotações para baixo pelo mundo, nesta pré-abertura de sexta-feira.

Por aqui, ontem repercutiu a notícia de que a PEC de Transição teve sua votação anunciada dia 20 de dezembro na Câmara.

Membros da base aliada do governo discutem ainda o valor de BRL 145 bi fora do teto e ainda por dois anos, com algumas fontes citando que este valor de fora por um ano seria o ponto de equilíbrio para atender as demandas políticas.

Ainda está em discussão no Senado a votação das alterações na Lei das estatais, que deverá ficar somente para o próximo ano, e deve exigir traquejo político do governo eleito, ou troca de favores.

A estimativa é de que a lei abra a brecha para o loteamento de 700 cargos para políticos nessas empresas.

Ainda sobre o governo, o STF decidirá na segunda-feira da próxima semana se é ou não constitucional o orçamento secreto. O placar no momento é de 5 a 4 pela inconstitucionalidade.

Mercado Interno

Its_Money_mercado interno

Análise Técnica

O Ibovespa nesta quinta-feira finalizou o pregão praticamente no zero a zero com -0,01% aos 103.737 pontos.

Durante o dia o índice chegou a apresentar uma boa volatilidade, oscilando entre o campo positivo e negativo.

Dessa forma, o ativo segue com uma expectativa mais negativa no curto prazo, em que a perda dos 103.014 pontos aumenta a probabilidade de o índice continuar esse movimento de baixa.

Para a retomada de um viés mais positivo, o primeiro sinal seria a superação dos 108.000 pontos, voltando a ser negociado acima de média móvel de curto período.

Mercado Externo

Its_Money_mercado externo

Análise Técnica

O S&P500 fechou essa quinta-feira com uma baixa significativa de 2,85% aos 3.891 pontos, perdendo a região das duas médias móveis (tanto a de longo, quanto curto prazo).

Dessa forma, aumenta-se a expectativa negativa para o índice nos próximos dias.

Em que a perda dos 3.877 pontos indica que o S&P pode dar continuidade a esse movimento de baixa.

Vale destacar que esse movimento de quinta, anulou completamente a tendência de alta.

Pensando em níveis importantes mais abaixo, os 3.791 pontos seria o próximo.

Para a retomada de uma expectativa mais positiva, o índice primeiramente deveria voltar a ser negociado acima dos 3.919 pontos.

Commodities

Its_Money_commodities

Petróleo tem dia de baixa com piora nas perspectivas de recessão global, na esteira dos discursos dos bancos centrais pelo mundo essa semana.

Minério de ferro segue um pouco do mesmo caminho, mas reage o noticiário de uma reorganização no mercado de minério com a China criando uma empresa compradora do minério, provavelmente uma das maiores do mundo

Análise Técnica

O petróleo nessa quinta-feira fechou no campo negativo com uma leve baixa de 1,56% aos USD 81,53/barril, sendo o primeiro dia terminando em baixa (após 4 dias de alta).

Isso pode indicar o fim de um movimento de correção (repique de alta) que o petróleo estava apresentando nos últimos dias.

Ou seja, a perda dos USD 80,13/barril aumenta a probabilidade de o ativo retomar a tendência de baixa nos próximos dias, voltando a ser negociado nos USD 76,60/barril.

Para anular essa tendência de baixa, o ativo deve superar primeiramente os USD 83,14/barril, retomando um viés mais positivo.

Análise Técnica

O petróleo nessa terça-feira fechou no campo positivo com uma alta de 2,92% aos USD 80,48/barril, sendo o terceiro dia consecutivo que o ativo termina em alta.

Por isso, aumenta-se a probabilidade de o petróleo passar por uma correção (repique de alta) nos próximos dias, buscando a região de média móvel nos USD 81,56/barril.

Entretanto, o ativo segue em tendência de baixa no curto prazo, em que a perda dos USD 76,26/barril indica que o petróleo pode dar continuidade a esse movimento negativo.

Para anular completamente a tendência de baixa que se encontra no curto prazo, o ativo precisa voltar a ser negociado nos USD 89,26/barril.

Porém, o primeiro sinal positivo, mostrando uma possível mudança de tendência, seria a superação dos USD 81,40/barril

Analistas responsáveis

Dalton Vieira – Analista CNPI-T

  • + 15 anos de experiência no mercado financeiro;
  • Analista de valores mobiliários (CNPI-TEM 910);
  • Credenciado pela Apimec desde 2010;
    Desenvolvedor do método DV de investimentos.

Leonardo Gibelli – Analista CNPI-T

  • Analista CNPI-T;
  • Analista CNPI-T EM-3376 credenciado pela Apimec;
  • Formado em Engenharia Mecânica pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU).

Erik Sala – Especialista Em FIIs E Renda Fixa

Graduando em Economia pela UFG e especialista em Fundos Imobiliários. Assistente de análise responsável pela carteira DV Renda Imobiliária.

Disclaimer

De acordo com a Resolução CVM nº 20, de 25 de fevereiro de 2021, Art. 21º, declaro que as análises realizadas neste relatório refletem única e exclusivamente a opinião dos autores, e foram elaboradas de forma independente e autônoma.

De acordo com o art. 21 da ICVM 598/18, caso o Analista esteja em situação que possa afetar a imparcialidade do relatório ou que configure ou possa configurar conflito de interesse, este fato deverá estar explicitado no campo “Conflitos de Interesse” deste relatório.

As informações, estimativas e projeções contidas neste relatório referem-se à data de publicação e estão sujeitas a mudanças, não implicando necessariamente na obrigação de qualquer comunicação no sentido de atualização ou revisão com respeito a tal alteração.

Written By
DVinvest

A DVinvest é a casa de análise fundada pelo renomado analista Dalton Vieira, que possui em sua equipe profissionais altamente especializados em análise fundamentalista e técnica de ações.