Bolsa de Valores Onde Investir

Bolsa de valores dos Estados Unidos: ações, índices e como funciona

Bolsa de valores dos Estados Unidos: ações, índices e como funciona
  • Publicado em 6 de abril de 2023

Para investir na bolsa de valores dos Estados Unidos é necessário entender como funciona o mercado de ações americano. A boa notícia é que existem caminhos simples para compreender esse cenário e aproveitar suas vantagens.

Neste artigo, vamos decompor o essencial da negociação de ações nos mercados dos EUA, analisar alguns dos principais índices e como eles podem ter impacto nos seus investimentos. Acompanhe!

Bolsa de valores dos Estados Unidos: como funciona

A bolsa de valores dos Estados Unidos é uma opção bem interessante para investir. Existem várias no país e entre elas estão as famosas Nasdaq e NYSE – que são as bolsas de Nova York. 

Naturalmente, como estamos falando do maior mercado de ações do mundo, é comum que o cenário pareça complexo para quem está chegando agora no universo da renda variável. Felizmente,  a realidade é bem menos complicada do que parece. 

O funcionamento básico da bolsa de valores americana é o seguinte:

  • Empresas que desejam levantar capital vendem pequenas frações do negócio ao público em geral. São as ações.
  • Essas ações são compradas por investidores, que se tornam acionistas das empresas.
  • Os investidores podem lucrar com a valorização das ações ou com o recebimento de dividendos, caso a empresa distribua parte de seus lucros.
  • Investidores brasileiros podem participar do mercado de ações norte-americanas comprando ações ou ADRs por corretoras estadunidenses, ou ETFs e BDRs nas corretoras brasileiras.

Negociação das ações

As ações são negociadas em um sistema eletrônico chamado de Sistema de Cotação Automatizada ou por meio de pregões tradicionais . 

Elas ocorrem durante o horário comercial nos Estados Unidos e são executadas por corretores de valores, que atuam em nome de investidores individuais ou institucionais.

Além das ações, outros produtos financeiros são negociados na bolsa de valores americana:  como ETFs (fundos de índice), opções, futuros e títulos.

Índices

Os índices são uma parte importante da bolsa de valores dos EUA. Um índice é essencialmente uma carteira imaginária que representa o desempenho de um determinado grupo de ações — normalmente grandes empresas em indústrias ou mercados específicos como o S&P 500 ou a Dow Jones Industrial Average (DIJA). 

ETFs

Finalmente, existem diferentes estratégias comerciais que os investidores utilizam quando negociam ações e índices nas bolsas — desde a negociação diária até aos investimentos a longo prazo, como fundos mútuos e fundos negociados em bolsa (ETFs).

Quais são as bolsas de valores dos Estados Unidos

A bolsa de valores dos Estados Unidos é um conjunto composto por 11 bolsas diferentes. Entre elas, podemos destacar as mais tradicionais e conhecidas:

  • NYSE – Bolsa de Nova Iorque;
  • AMEX – Bolsa de Valores Americana; 
  • Nasdaq – North American Securities Dealers Automated Quotation;
  • NSX – National Stock Exchange.

Ainda, existem outras 7 bolsas regionais –  como as de Chicago, Boston e Miami.

Cada bolsa tem um conjunto único de ações e índices, e oferecem diferentes oportunidades de investimento. 

As ações cotadas na NYSE e na AMEX são consideradas as mais confiáveis. Isso porque as empresas dessas duas bolsas tendem a ser maiores e com um aspecto financeiro bem forte, o que as tornam opções de investimento atrativas.

Já a Nasdaq é uma bolsa mais volátil, porém costuma oferecer maiores retornos aos investidores dispostos a assumir alguns riscos. As ações da Nasdaq são geralmente empresas centradas na tecnologia com elevado potencial de crescimento. 

Enquanto isso, as outras 7 bolsas regionais costumam oferecer uma boa variedade de ações, geralmente transportando empresas menores e com valores de mercado mais baixo.

Resumidamente, há uma variedade interessante de trajetórias de investimento nas diferentes bolsas americanas.

Índice da bolsa americana: entenda

Para quem deseja uma visão geral do desempenho da bolsa de valores americana, a dica é começar compreendendo os principais índices. No mundo dos investimentos, um índice é um indicador que ajuda a medir o desempenho do mercado de um país e impacta alguns investimentos.

  • Nos Estados Unidos, o índice mais comum é o Dow Jones Industrial Average (DJIA). Ele foi criado em 1896 e segue 30 grandes empresas públicas cotadas nas bolsas de Nova York – a NYSE e a Nasdaq. Não à toa, é considerado um indicador importante do desempenho do mercado de ações do país todo.
  • O Standard & Poor’s 500 (S&P 500) registra 500 ações distribuídas por 11 setores da economia dos EUA. Esse índice oferece uma compreensão mais aprofundada das tendências econômicas mais vastas, já que cobre uma variedade de ramos. 
  • O Nasdaq é outro índice da bolsa de valores altamente relevante e segue 3.000 empresas americanas, na sua maioria empresas tecnológicas cotadas na própria bolsa de valores Nasdaq. O setor tecnológico é uma das indústrias que mais cresce na América, tornando este índice num grande recurso para os investidores compreenderem o desempenho global das ações tecnológicas.

Índice americano S&P 500

Como citamos, o índice S&P 500 se dá a partir de uma lista com 500 empresas americanas escolhidas pela companhia de serviços financeiros Standard & Poor’s, para representar um amplo segmento das bolsas de valores em termos de setores industriais, capitalização de mercado e liquidez. 

O índice lista algumas das empresas mais importantes dos Estados Unidos, como a Microsoft, Apple, Amazon e Alphabet (a empresa-mãe do Google). Por isso, é um indicador bastante procurado.

Assim, o índice S&P 500 mostra quanto valem essas 500 ações no mercado. Não é um indicador diretamente associado ao desempenho da carteira de um investidor individual, mas oferece uma ideia do que poderia acontecer com os investimentos em geral. 

Para calcular o seu valor, uma fórmula adiciona todos os preços das ações e os reparte por um divisor que serve de referência, evitando que eventos externos que afetem os títulos não distorçam a proporção.

Índice da bolsa americana hoje

Os índices da bolsa americana variam todos os dias e para saber as cotações atualizadas é preciso consultar a informação diariamente. Contudo, para ter uma ideia, os principais índices da bolsa americana no dia que preparamos este artigo foram:

  • Dow Jones: 32.717,60
  • Nasdaq 100: 12.846,03
  • Nasdaq: 11.926,24
  • S&P 500: 4.027,81
  • NYSE Composite: 15.124,0

Bolsa de valores dos Estados Unidos: quantas empresas estão listadas?

Existem milhares de empresas listadas nas bolsas de valores dos Estados Unidos. A NYSE, por exemplo, possuía cerca de 2.800 empresas na sua lista em 2022. Já a Nasdaq tinha mais de 3.300 empresas listadas em janeiro do mesmo ano.

No entanto, quase 80% das transações no mercado de ações dos EUA estão concentradas em algumas ações de índices – como o S&P 500 e o DJIA.

Isso significa que muitas destas empresas cotadas têm uma menor capitalização de mercado ou negociam numa gama de volume médio. Em outras palavras, essa característica as torna menos acessíveis para a maioria dos investidores de retalho interessados em diversificar os seus ativos.

No entanto, com um pouco de investigação e diligência, é possível identificar algumas empresas menos conhecidas, mas com potencial de retorno do investimento acima da média ao longo do tempo.

Melhores ações americanas

É importante lembrar que a escolha das melhores ações americanas pode variar de acordo com o perfil e objetivo de cada investidor. No entanto, vale destacar as ações dos Estados Unidos mais populares e bem-sucedidas nos últimos anos. Veja:

  • Apple (AAPL)
  • Amazon (AMZN)
  • Microsoft (MSFT)
  • Alphabet (GOOGL)
  • Tesla (TSLA)
  • Facebook (FB)
  • Johnson & Johnson (JNJ)
  • Visa (V)
  • Mastercard (MA)
  • JPMorgan Chase (JPM)

Ainda, vale a pena procurar por informações relevantes que ajudem a embasar a sua escolha – o setor em que a empresa atua, os fundamentos financeiros, histórico e concorrência são alguns desses dados.

Inclusive, para aumentar as chances de investir na bolsa americana com segurança e sucesso, é recomendável buscar a ajuda de uma assessoria de investimentos.

ETFs americanos na B3

Os ETFs (Exchange Traded Funds) são fundos de investimento negociados na bolsa que replicam a performance de índices ou setores específicos

E embora muitos ETFs sejam negociados nas bolsas dos Estados Unidos, alguns também podem ser encontrados na bolsa brasileira – a B3, que é a Bolsa de Valores de São Paulo. 

Essa é uma estratégia que permite aos brasileiros investir com certa praticidade em empresas e setores norte-americanos.

Existem diversas opções de ETFs americanos disponíveis na B3, que podem oferecer aos investidores do Brasil uma exposição diversificada ao mercado americano. Alguns exemplos de ETFs americanos negociados na B3 incluem:

  • iShares S&P 500 (IVVB11): Este ETF replica a performance do S&P 500. O IVVB11 é negociado em Reais na B3, facilitando a compra de ações americanas para os investidores brasileiros.
  • iShares MSCI USA Small Cap (SMAL11): Este ETF replica a performance de empresas americanas de menor capitalização de mercado, oferecendo aos investidores uma exposição a empresas que podem ter maior potencial de crescimento.
  • iShares MSCI Brazil ETF (EWZ): Embora este ETF seja negociado na bolsa americana, ele é uma opção popular para investidores brasileiros que desejam investir em empresas brasileiras. O EWZ replica a performance do MSCI Brazil 25/50 Index, que inclui as 25 maiores empresas brasileiras negociadas na bolsa.

XP bolsa americana

A XP Investimentos é uma corretora que oferece serviços de investimento em diversos mercados, incluindo a bolsa de valores dos Estados Unidos. 

Através da XP, os investidores brasileiros podem escolher ações, ETFs, BDRs (recibos de ações estrangeiras negociadas no Brasil) e outros produtos financeiros disponíveis no mercado americano.

Além disso, a XP possui parceria com corretoras americanas, o que permite aos clientes um acesso direto à bolsa de valores dos EUA, sem a necessidade de intermediação de outras instituições financeiras. 

Como investir na bolsa de valores dos Estados Unidos

Investir na bolsa de valores dos Estados Unidos é fácil e acessível. Você pode começar com apenas 100 dólares e não precisa de viver na terra norte-americana para comprar e lucrar com as ações dos EUA.

Confira os passos a seguir.

1 – Escolha uma corretora

Assim como acontece na negociação de papéis brasileiros, você precisará de uma corretora para comprar e vender ações na bolsa de valores dos Estados Unidos. Antes de escolher uma, pesquise suas taxas, serviços e benefícios.

Vale lembrar que você pode escolher uma corretora norte-americana, seguindo os critérios elencados para investidores estrangeiros. Ainda, você pode fazer investimentos no exterior pelas corretoras brasileiras, o que costuma ser mais prático.

2 – Abra uma conta

Após escolher sua corretora, você precisará abrir uma conta. Isso geralmente envolve preencher um formulário online, fornecer informações pessoais e enviar documentos para verificar sua identidade.

3 – Deposite dinheiro 

Após abrir a sua conta, você precisará depositar dinheiro para começar a investir. Muitas corretoras permitem que você faça isso por meio de transferência bancária ou no cartão de crédito.

4 – Faça sua pesquisa 

Antes de começar a investir, é importante que você faça sua pesquisa sobre as empresas nas quais deseja aplicar dinheiro por meio da compra de ações. Analise seus balanços patrimoniais, lucros e prejuízos.

5 – Comece a investir 

Depois de fazer sua pesquisa e escolher as empresas nas quais deseja investir, você pode começar a comprar ações. As corretoras geralmente têm uma plataforma de negociação online que permite comprar e vender ações diretamente.

Nas corretoras dos Estados Unidos, você pode comprar ações das empresas listadas na bolsa de valores americana ou ADRs. Nas corretoras brasileiras, você pode optar pelos ETFs ou BDRs

Dica extra: conte com ajuda profissional para investir na bolsa de valores dos Estados Unidos 

Vale destacar que investir na bolsa de valores envolve riscos e é importante que você faça sua pesquisa antes de aplicar. Mas vale a pena, porque o retorno sobre os investimentos em bolsas americanas costuma ser bastante vantajoso.

Assim, considerar uma assessoria como a Blue3 Investimentos pode ser um diferencial para seus planos de investimento e renda.  

Ao levar em consideração os objetivos de cada cliente, seu perfil de risco e suas circunstâncias financeiras, a assessoria pode fornecer informações valiosas sobre as oportunidades disponíveis no mercado. Aproveite e converse com especialistas agora mesmo.

renda-fixa-americana-como-investir

Written By
Redação It's Money

A redação do portal It’s Money é formada por um time de profissionais com ampla experiência editorial, com acompanhamento e revisão de jornalistas especializados.