Onde Investir Primeiros Passos

Captação de recursos financeiros para empresas: 4 opções do mercado de capitais!

Captação de recursos financeiros para empresas: 4 opções do mercado de capitais!
  • Publicado em 2 de janeiro de 2023

A captação de recursos financeiros consiste em um conjunto de estratégias voltadas para a obtenção de capital para a empresa.

Esse processo pode ser feito de diversas maneiras e, entre as possibilidades, está a participação no mercado de capitais. Nesse ambiente, os investimentos podem ser utilizados para captar os valores necessários.

Porém, cada alternativa funciona de um modo, sendo preciso conhecer as características de cada uma para encontrar aquela que se encaixa melhor às necessidades da sua empresa. 

Neste artigo, você conhecerá 4 alternativas para captar recursos financeiros via mercado de capitais e descobrirá como elas funcionam. 

Confira! 

Qual é a importância da captação de recursos financeiros?

Antes de conferir as soluções que o mercado financeiro oferece, vale a pena saber qual é a relevância de captar recursos para o negócio.

No geral, esse processo ajuda a aumentar o capital disponível da empresa e pode ser utilizado para realizar projetos diversos. 

Logo, o dinheiro obtido pode servir para expandir a atuação geográfica ou de mercado do empreendimento, por exemplo.

Ele também pode ajudar a realizar pesquisas, se destacar da concorrência e se consolidar no setor de atuação. 

Além disso, os valores obtidos podem ser úteis para quitar ou alongar dívidas, dar mais segurança financeira para o negócio ou sair de uma situação de crise.

Portanto, essa é uma etapa essencial tanto para o crescimento empresarial quanto para a otimização da gestão financeira. 

Quais são as 4 principais alternativas para captação de recursos?

Após compreender a importância de captar recursos financeiros para seus projetos, vale saber que o mercado de capitais pode ajudar.

Ou seja, não é preciso se limitar à busca por empréstimos e financiamentos — os quais costumam exigir um pagamento elevado de juros. 

Em vez disso, seu negócio pode participar do mercado de investimentos e aproveitar as oportunidades disponíveis para obter recursos. A seguir, você conhecerá as 4 principais possibilidades. 

Confira! 

1. Debêntures 

As debêntures são títulos de dívida que compõem o chamado crédito privado da renda fixa. Na prática, elas podem ser emitidas por sociedades anônimas que sejam do tipo não-financeiras. A captação de recursos acontece pela alocação de capital por parte do investidor. 

Em troca, quem investe tem direito a receber uma rentabilidade. Ela pode ser: 

  • prefixada: definida por uma taxa fixa e conhecida antecipadamente; 
  • pós-fixada: atrelada ao desempenho de um indicador financeiro, como o Certificado de Depósito Interbancário (CDI); 
  • híbrida: formada por uma taxa fixa mais a variação de um indicador, como o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA). 

Em relação ao vencimento, as debêntures podem ser de médio ou longo prazo. Ademais, a liquidez tende a ser mais baixa, o que garante mais tempo para a sua empresa fazer o pagamento da dívida. 

2. CRI e CRA 

Outras opções do crédito privado são o certificado de recebíveis imobiliários (CRI) e do agronegócio (CRA). Ambas as opções são emitidas por securitizadoras e são limitadas a companhias dos respectivos setores. 

Nesse caso, a empresa cede os seus direitos creditórios, que são os valores das contas a receber. Em seguida, a securitizadora que os adquiriu transforma esses direitos em títulos e os negocia no mercado financeiro. 

Na prática, a obtenção de recursos ocorre pela antecipação dos recebíveis, que costuma ocorrer com uma taxa de desconto sobre o total a ser recebido. 

3. Notas comerciais

Outra opção de captação de recursos financeiros no mercado de capitais é a nota comercial. Também chamada de commercial paper, ela funciona como se fosse uma nota promissória. 

Na prática, o título é emitido pela empresa em favor de um investidor. Assim, seu negócio assume a dívida perante esse credor, estipulando as condições de pagamento, o prazo e demais características. 

A emissão desse tipo de valor mobiliário pode ocorrer por sociedades anônimas não-financeiras, sociedades limitadas e cooperativas.

Por esse motivo, as notas comerciais tendem a ser alternativas mais abrangentes que as debêntures. 

Ademais, o título é uma possibilidade que pode se adequar a diferentes prazos. Desse modo, a nota comercial também pode se adequar a projetos mais urgentes, como o levantamento de capital de giro. 

4. IPO

Além das alternativas de renda fixa que você conheceu, existem outras soluções para captar recursos para a empresa no mercado financeiro. Entre elas, está a abertura de capital na bolsa de valores. 

O processo ocorre por meio da oferta pública inicial (IPO), momento a partir do qual a companhia passa a negociar ações na bolsa de valores.

Assim, qualquer investidor interessado pode comprar os papéis e participar dos resultados da empresa. 

Um dos diferenciais dessa alternativa é não precisar pagar uma rentabilidade pré-definida. Isso porque os investidores se tornam acionistas, tendo oportunidades de obter ganhos com a valorização das ações e com a distribuição de proventos. 

Ao mesmo tempo, é preciso ter atenção ao processo para abrir o capital. Além de obter o registro e autorização na Comissão de Valores Mobiliários (CVM), é preciso cumprir diversas regras.

Entre elas, estão a auditoria de informações financeiras e a divulgação periódica de dados da companhia. 

Como definir a melhor maneira para captar recursos para a empresa?

Como você viu, existem diferentes alternativas para o empreendimento realizar a captação de recursos no mercado de capitais.

Cada uma dessas possibilidades possui características diferentes, bem como exigências e limitações distintas. Então é comum que surjam dúvidas sobre qual é o melhor caminho. 

Para tomar decisões mais acertadas, é essencial se aprofundar em cada uma dessas alternativas. Com mais conhecimento sobre os processos, vantagens e desvantagens, é possível fazer uma escolha fundamentada e que faça sentido para a sua estratégia. 

Para tanto, vale a pena contar com apoio profissional — e você encontra esse suporte na Blue3 Investimentos, que oferece profissionais certificados do mercado financeiro que podem explicar detalhadamente como funciona cada alternativa. 

Além disso, sua empresa entenderá melhor quais são os passos que deve seguir para que a captação ocorra de forma adequada.

Portanto, vale a pena procurar ajuda de especialistas para embasar sua decisão de maneira estratégica. 

Neste artigo, você conheceu 4 entre as principais formas de captação de recursos financeiros para as empresas.

Com essas informações e o apoio de uma assessoria, ficará mais fácil definir o que faz sentido para as necessidades e condições do seu negócio. 

 

Written By
Redação It's Money

A redação do portal It’s Money é formada por um time de profissionais com ampla experiência editorial, com acompanhamento e revisão de jornalistas especializados.