Bolsa de Valores Onde Investir

Como os Fundos de Investimentos funcionam?

Como os Fundos de Investimentos funcionam?
  • Publicado em 3 de novembro de 2022

Você sabe como os fundos de investimentos funcionam? Essa modalidade de ativo reúne grupos de pessoas interessadas em investir em conjunto em uma carteira de ativo. 

O fundo de investimento é composto por um portfólio diversificado, administrado e acompanhado por gestores.  

De maneira geral, o investidor aplica em um fundo já existente, com normas e estratégia pré-acordadas. 

Assim, cada fundo possui objetivos, prazos e composições diferentes, como fundos de ações, fundos de renda fixa, fundos multimercados, entre outros.  

Neste artigo, além de explicar como os fundos de investimentos funcionam, ainda vamos responder outras dúvidas recorrentes entre os investidores.

Boa leitura! 

Como os Fundos de Investimentos funcionam na prática 

Os fundos de investimentos funcionam na prática como um “pacote” de ativos, em que cada investidor, também chamado por “cotista”, adquire uma parte em forma de cotas.  

Portanto, ele fica exposto a inúmeros ativos em um único investimento, sem a necessidade de dispor de uma quantidade muito grande de capital para isso.  

Para você ter uma ideia, há aproximadamente 20 mil fundos imobiliários no País hoje, segundo informações da Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais (Anbima).  

Com regularização da Comissão de Valores Mobiliários (CVM), todos esses fundos somam juntos cerca de R$5,2 trilhões em patrimônio. 

A rentabilidade do investimento é distribuída de forma proporcional entre os investidores. No entanto, sua performance depende diretamente da valorização ou não das cotas.  

Porém, devido à estratégia de diversificação normalmente adotada pela gestão dos fundos, as oscilações costumam ser equilibradas, sem prejudicar a rentabilidade dos mesmos.  

O que é cota de fundo de investimento? 

A forma mais simples de entender o que é cota de fundo de investimentos é pensar nesse ativo como um grande condomínio e as cotas como os terrenos dentro da propriedade. 

Em outras palavras, O patrimônio líquido do fundo costuma ser dividido em pequenas partes, e seu valor é calculado pela soma do valor de todos os títulos e do valor em caixa. 

Nesse cálculo, são excluídas as obrigações do fundo, como a taxa administração. Assim, as cotas correspondem ao valor do patrimônio do fundo. 

O que é um fundo de investimento alavancado 

Agora, vamos entender o que é um fundo de investimento alavancado, ou seja, um tipo de estratégia que multiplica os aportes por meio de empréstimo no curto prazo.  

Assim, o fundo impulsiona seu investimento sem precisar aportar um grande capital inicial, possibilitando operações com valores acima do saldo disponível.  

A alavancagem pode ser realizada por meio de operações com:  

  • Ações; 
  • Bolsa de Mercadorias & Futuros (BM&F); 
  • Contratos de dólares; 
  • Contratos de Índice. 

No entanto, vale ressaltar que esse tipo de operação é de alto risco, já que os resultados podem oscilar entre grandes lucros ou prejuízos significantes.  

Mas atenção: esse tipo de fundo é recomendado para investidores com perfil mais agressivo, ou com grande experiência no mercado.  

O que é fundo de investimento em ações (FIA) 

Como o próprio nome diz, o fundo de investimento em ações investe no mercado de ações.  

Neste tipo de investimento, o gestor aplica no mínimo 67% do patrimônio do fundo em ações. O restante pode ser focado em ativos de renda fixa, como Tesouro Direto, CDB, LCI ou LCA. 

Portanto, a gestão do fundo precisa ser altamente qualificada para estudar as oportunidades disponíveis no mercado e avaliar os riscos das operações para entregar a melhor rentabilidade possível aos cotistas.    

Em geral, os fundos de ações são opções para investir de maneira mais prática e diversificada na bolsa de valores, já que não requerem o acompanhamento diário ou conhecimentos profundos sobre o mercado.  

Os FIAs são mais recomendados para investidores com perfil moderado e arrojado, assim como a maioria dos investimos em renda variável.  

O que é rebate do fundo de investimento 

O rebate do fundo de investimento é uma das taxas envolvidas na aplicação para garantir a remuneração do gestor do fundo, geralmente incorporada na taxa de administração. 

O valor da taxa de rebate fica entre 15% e 35% ao ano da taxa de administração. Assim, quanto maior a taxa de administração, maior será o rebate.  

Desta maneira, este desconto pode influenciar na rentabilidade do fundo. Por isso, é importante comparar as taxas entre diferentes instituições, além de prestar atenção na transparência do gestor. 

Afinal, você pode ser surpreendido com taxas inesperadas caso elas não fiquem expostas de maneira transparente ao comprar as cotas.  

Por fim, para investir em fundos de investimentos com mais segurança e tranquilidade, você pode contar com a ajuda de uma assessoria de investimentos especializada, como a Blue3 Investimentos. 

Written By
Redação It's Money

A redação do portal It’s Money é formada por um time de profissionais com ampla experiência editorial, com acompanhamento e revisão de jornalistas especializados.