Resultados Corporativos

ENAT3: análise de resultado corporativo da Enauta

ENAT3: análise de resultado corporativo da Enauta
  • Publicado em 17 de novembro de 2023

A Enauta (ENAT3) registrou um prejuízo líquido de R$ 272 milhões no terceiro trimestre de 2023 (3T23). Dessa forma, reverteu a lucro líquido de R$ 19 milhões no mesmo período o ano passado. Já no trimestre anterior (2T23), o lucro havia sido de R$ 41 milhões.

O Ebitdax (o Ebitda do setor de petróleo e gás) ficou negativo de R$ 103 milhões, revertendo resultado positivo de R$ 50 milhões do 3T22. Segundo a empresa, o índice foi impactado pela parada de produção e por baixas contábeis.

“Provisão não-caixa e não-recorrente em R$7 milhões em função de revisões na equipe e plano de remuneração variável. Otimização de portfólio com devolução de blocos na Bacia do Espírito Santo com baixa contábil de R$86 milhões. Receita de juros sobre crédito de longo prazo a receber do FPSO Atlanta”, diz a empresa.

Receita

A receita líquida somou R$ 96 milhões no terceiro trimestre deste ano, um recuo de 42% na comparação com igual etapa de 2022. Segundo a empresa, causada pela parada de produção em Atlanta para manutenção do sistema de bombeio submarino. Volume de gás natural 46% menor impactado pela sazonalidade do mercado brasileiro.

O prejuízo bruto foi de R$ 164 milhões no terceiro trimestre de 2023, ante lucro bruto de R$ 27 milhões de um ano antes.

Por fim, o resultado financeiro líquido foi negativo em R$ 39 milhões no terceiro trimestre de 2023. Na comparação com os ganhos financeiro de R$ 38 milhões da mesma etapa de 2022.

Análise de resultado ENAT3 (3T23)

Renato Reis, analista fundamentalista da DVinvest, que faz análises dos resultados corporativos para o It’s Money, diz que o resultado foi pouco representativo para a situação da empresa.

“Houve paradas no trimestre e ela operou com 2% da capacidade. Ou seja, praticamente toda parada. A projeção é que essas manutenções ajudem a produzir mais óleo até a entrada do novo navio”, diz.

O analista destaca que o navio é o maior ponto da empresa hoje. A companhia vai substituir o Petrojarl1 pelo FPSO Atlanta, que praticamente dobra a produção da empresa, tem dez vezes mais capacidade de armazenagem e é novo. Assim, não precisa de realizar tantas paradas como o navio atual, que já passou da idade.

“O primeiro óleo de Atlanta deve vir em agosto de 2024. Então, eu pessoalmente prefiro esperar para ver como vai ser a execução do projeto. Tenho medo de pagar antecipado e dar algum problema no caminho. A empresa também está começando a investir mais pesado em Oliva, que deve produzir seu primeiro óleo em 2027. Essas mudanças podem mudar a empresa de patamar, mas eu prefiro esperar um pouco mais.”

enat3-analise-de-resultado
Confira a tabela com os principais resultados da Enauta (ENAT3) no 3T23. Acesse o release completo no site da empresa

Histórico de resultados corporativos da ENAT3

A Enauta (ENAT3) reportou lucro líquido de R$ 41,1 milhões no segundo trimestre de 2023 (2T23). Ou seja, montante 85,4% abaixo do valor reportado no mesmo intervalo de 2022. Os dados são do release de resultados da companhia.

De acordo com o comunicado da Enauta, essa diferença é reflexo da variação negativa no lucro operacional de R$ 163,3 milhões. Bem como devido à variação de R$ 185,9 milhões do resultado financeiro líquido.

Receita e despesas da ENAT3

A receita líquida somou R$ 420,1 milhões no segundo trimestre deste ano, uma redução de 41,8% na comparação com igual etapa de 2022.

Ainda segundo o release de resultado da Enauta, a receita teve impcato pelo “menor volume produzido e vendido em Atlanta (-21,8%) neste trimestre diante da antecipação de parada programada”; bem como o recuo de 32,9% do Brent de venda e, por fim, “impacto do imposto temporário sobre as exportações de óleo.”

As despesas gerais e administrativas somaram R$ 36,6 milhões no 2T23, um recuo de 10,9% em relação ao mesmo período de 2022.

Os custos operacionais totais somaram R$ 241,2 milhões no 2T23, com redução de 33,3% entre anos, associados à performance no Campo de Atlanta e menor pagamento de royalties em linha com queda de cotações internacionais e do volume de vendas.

Resultado financeiro líquido

Com isso, o resultado financeiro líquido foi negativo em R$ 56,3 milhões no segundo trimestre de 2023. Isso ante o valor positivo de R$ 129,6 milhões no 2T22, principalmente devido à valorização de moeda estrangeira, além da emissão de títulos de dívida de longo-prazo realizada em dezembro de 2022.

Análise de resultado ENAT3 (2T23)

Renato Reis, analista fundamentalista da DVinvest, avalia que, mais uma vez, o resultado da Enauta foi impactado negativamente pelas famosas paradas programadas. “O que, pelo visto, ocorre em todos os trimestres e afetam bastante os resultados.”

Além disso, com preços mais baixos no gás e no óleo, tanto as receitas quanto as margens da empresa foram afetadas.

“Assim, eu só conseguiria ter confiança de entrar no papel a partir do momento que eles tiverem mais campos, de modo que uma parada programada não acabe com o resultado”, conclui.

Written By
Raissa Scheffer

Raissa Scheffer (MTB: 0051926/SP) é jornalista com 16 anos de experiência em economia. Foi repórter e editora na Gazeta de Ribeirão e Jornal ACidade. Com passagens pela EPTV Ribeirão, Portal Terra, TV Record e Portal Revide.