Notícias Resultados Corporativos

Fleury (FLRY3) anuncia lucro de R$ 81,3 mi no 4T23 e R$ 80,5 mi em dividendos

Fleury (FLRY3) anuncia lucro de R$ 81,3 mi no 4T23 e R$ 80,5 mi em dividendos
  • Publicado em 7 de março de 2024

A empresa de medicina diagnóstica Fleury (FLRY3) reportou lucro líquido de R$ 81,3 milhões no quarto trimestre de 2023 (4T23), o que representa um avanço de 162,6% ante o 4T22.

Além disso, o lucro antes juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda, na sigla em inglês) ajustado subiu 61,7% no 4T23, em R$ 375,8 milhões.

Receita

Segundo leitura da casa de análise DVinvest, a receita da empresa foi de R$ 1,5 bilhão em 2012 e R$ 6,5 bilhões em 2023, um crescimento médio de 14,2% ao ano, ocorrido de forma relativamente constante ao longo do tempo em consequência do crescimento orgânico (unidades próprias) e inorgânico (aquisições). Já em 2023, a receita cresceu 45,0%, fruto da aquisição do Pardini.

“Analisando o desempenho operacional, já ajustado pelo efeito do Pardini, os números são bastante positivos. O volume de atendimentos aumentou, fruto de uma redução da participação do Covid no trimestre, refletindo também em um maior número de exames por atendimento, que cresceram 6,5% em relação ao ano passado”, observa a DVinvest.

Custos de despesas

Ainda de acordo com a casa de análise, os custos e despesas da empresa reduziram no período entre 2013 e 2017, com a Fleury conseguindo aos poucos melhorar sua eficiência especialmente sobre as despesas administrativas e com vendas.

“O aumento visto em 2020 se deu por conta dos exames de Covid, que possuem uma margem de lucro mais baixa, porém, na medida em que esses exames perdem importância na receita da empresa, os custos e despesas devem reduzir até o patamar visto anteriormente”.

Já em 2023, o valor apresentou um aumento. “Resultado da aquisição da Pardini, que possui uma rentabilidade mais baixa, além de gastos pontuais referentes à integração das operações. Dessa forma, a tendência é de que o valor melhore nos anos seguintes”.

Lucro e dívidas

Olhando para o lucro, na visão da DVinvest, a dinâmica é muito boa, com os valores sempre positivos e crescentes, permitindo a Fleury pagar suas dívidas sem muitos problemas, além de gerar a capacidade de realizar aquisições de outros laboratórios e de distribuir proventos.

“No lado das dívidas, a Fleury possui cerca de R$ 3,2 bilhões em dívidas e R$ 1 bilhão em caixa. Dessa forma, tem um total de R$ 2,2 bilhões de dívida líquida. Esse número representa cerca de 20,4% do valor da empresa, um patamar saudável. Ademais, os vencimentos de prazo até 12 meses somam R$ 509 milhões. Assim, a empresa apresenta certa tranquilidade no pagamento”, finaliza a casa de análise.

Dividendos Fleury (FLRY3)

A empresa ainda anunciou a distribuição de dividendos aos acionistas no total de R$ 80,53 milhões no dia 1 de abril de 2024, o que correspondente a R$ 0,14761361742 por ação, excluídas as ações em tesouraria.

Receberão os dividendos os acionistas da companhia no fechamento do pregão de 19 de março de 2024. Dessa forma, os papéis serão negociados na condição “ex” dividendos a partir de 20 de março de 2024 (inclusive).

Resultado trimestral Fleury (FLRY3)

A seguir, confira os principais destaques do resultado trimestral da Fleury  (4T23):

  • Receita Bruta: R$ 1,8 bilhão em 4T23 com crescimento de 53,1% sobre o 4T22;
  • Ebitda: R$ 375,8 milhões, 61,5% acima de 4T22, e margem de 22,1% (118 bps acima de 4T22);
  • Lucro Líquido: R$ 81,3 milhões, com crescimento de 162,6% sobre 4T22, e margem de 4,8%;
resultado-trimestral-grupo-fleury_its-money
Confira a tabela com os principais resultados da Fleury (FLRY3) no 4T23. Acesse o release completo no site da empresa.

Análise de resultado Fleury (FLRY3)

“A receita cresceu um pouco menos do que a média do ano. Por outro lado, a margem veio melhor no quarto trimestre em relação ao ano anterior”, avalia Renato Reis, analista fundamentalista na DVinvest.

Para ele, foi um resultado bom. “Mas, pessoalmente esperava uma receita maior para o trimestre, por isso a revisão mais negativa no preço alvo”.

Ademais, o analista ressalta que a empresa deve passar por ganhos importantes de margem, que podem impulsionar o papel. “Porém, até que haja uma sinalização disso, eu prefiro ficar de fora”.

Além da Fleury , confira os resultados corporativos do 4T23 já divulgados pelas empresas.

Histórico de resultados FLRY3

Agora, confira abaixo o histórico de resultados do Fleury (FLRY3), com um resumo dos principais números levantados no reporte das empresa, além da análise do especialista. Boa leitura!

Balanço corporativo FLRY3 (3T23)

A empresa de medicina diagnóstica Fleury (FLRY3) reportou lucro líquido de R$ 174,2 milhões no terceiro trimestre de 2023 (3T23), um avanço de 81,4% na comparação com o mesmo período do ano passado.

Além disso, a empresa apresentou receita bruta de R$ 2,0 bilhão no 3T23, com crescimento de 62,9% sobre o 3T22. Já o Ebitda (sigla em inglês para lucro antes de juros, impostos, depreciações e amortizações) foi de R$ 506,0 milhões. Número 52,2% acima de 3T22.

“Esses números refletem a assertividade da estratégia traçada há dois anos, como o fortalecimento em medicina diagnóstica e oferta de serviços. Ou seja, eles acompanham nossos pacientes em toda a jornada de saúde, o que inclui a prevenção e o cuidado integrado”, disse Jeane Tsutsui, CEO da Fleury, em relatório divulgado pela empresa.

Ademais, vale ressaltar que, desde 2017, a empresa concluiu onze aquisições em medicina diagnóstica. O fato adicionou marcas, novas unidades de atendimento e novas regiões de atuação. O que inclui a incorporação de negócios com o Grupo Pardini, concluída em abril de 2023.

No segmento de medicina diagnóstica B2B, o crescimento foi de 3,1% no pro forma, totalizando R$ 462,6 milhões de receita bruta. “Esse resultado foi influenciado pela descontinuação de um contrato com cliente em hospitais em 2022 e pela redução dos exames de Covid”, observou Jeane Tsutsui.

Análise de resultado FLRY3 (3T23)

O analista fundamentalista da DVinvest, que faz análises dos resultados corporativos para o It’s Money, Renato Reis, avalia que a incorporação do grupo Pardini ainda é recente. Dessa forma, segundo ele, ainda existem diversos custos extras para reduzir na medida que as sinergias ocorrem.

“Operacionalmente, a receita cresceu no mesmo ritmo histórico. Porém, a margem de lucro praticamente não apresentou alterações. Assim, é uma ação que não vejo problema em se ter na carteira, mas eu pessoalmente só compraria caso fosse para baixo de R$ 15”, finaliza o analista. 

resultados-trimestrais-fleury_FLRY3_its-money
Confira a tabela com os principais resultados da Fleury (FLRY3) no 3T23. Acesse o release completo no site da empresa.
Written By
Redação It's Money

A redação do portal It’s Money é formada por um time de profissionais com ampla experiência editorial, com acompanhamento e revisão de jornalistas especializados.