Onde Investir Renda Fixa

O que você precisa saber para investir no Tesouro Selic 

O que você precisa saber para investir no Tesouro Selic 
  • Publicado em 20 de dezembro de 2022

Para quem está começando a entrar no mundo dos investimentos, uma opção muito recomendada é o Tesouro Selic.  

Trata-se de um título de dívida emitido pelo governo e, ao investir, você empresta dinheiro ao poder público.  

Nesse produto, você pode resgatar o seu dinheiro quando desejar, sem perda de lucro.  

Existem diversos tipos de títulos emitidos pelo Tesouro Nacional: 

  • Tesouro IPCA+;
  • Tesouro Prefixado;
  • Tesouro IPCA+ com juros semestrais;
  • Tesouro Prefixado com juros semestrais.

Há importantes diferenças entre eles que podem interferir no seu rendimento.  

Vale destacar também outro fator que interfere no rendimento: a taxa Selic que, no dia 7 de dezembro de 2002, foi mantida a 13,75% ao ano pelo Comitê de Política Monetária (Copom). 

O que é Tesouro Selic? 

Já falamos acima que o Tesouro Selic é um investimento em que você empresta dinheiro para o governo e recebe juros por isso.  

O grande atrativo do Tesouro Direto é a lucratividade, afinal esse investimento é capaz de trazer um ganho 7 vezes maior que a poupança, como aconteceu em abril de 2018.  

Outro ponto importante para se destacar é o baixo risco de perda desse investimento, independente do tempo de aplicação e data de resgate. 

Tesouro Selic x Poupança 

O Tesouro Selic é uma opção muito interessante para quem está começando os seus investimentos ou ainda tem um perfil conservador.  

Em comparação à poupança, o Tesouro Selic sai na frente quanto aos seus rendimentos.  

Isso porque a poupança pode ter um rendimento real negativo (descontada a inflação). Outro fator é o aniversário da poupança, que diminui a liquidez do investimento.  

Além disso, diferentemente de outros investimentos em que é preciso esperar a data de vencimento para obter uma boa rentabilidade de acordo com o tempo de aplicação, no Tesouro Selic o investidor pode sacar o dinheiro no momento que desejar, sem perdas.  

Outro ponto positivo do Tesouro Selic é a sua baixa volatilidade. Isso porque o sobe e desce dos preços quase não afeta o rendimento desse investimento. 

Investimento em Tesouro Selic 

Assim como acontece em todos os investimentos, há alguns pontos que devem ser considerados antes de você investir no Tesouro Selic.

São eles: aplicação mínima, período de aplicação, taxas e tributos, rentabilidade e riscos.  

 O Tesouro Selic é uma ótima opção de investimentos para quem procura construir uma reserva de emergência, por se tratar de um produto simples, previsível, prático, lucrativo, versátil e seguro.  

Simulador do Tesouro Selic  

Você pode simular quanto o Tesouro Direto Selic rende pelo site do próprio Tesouro. Clique aqui e faça a sua simulação. 

Com essa plataforma, você pode simular o seu investimento nas diversas alternativas desse Título.  

Você ainda vai ver nesse site que temos o título do Tesouro Direto pós-fixado e prefixado, e ainda uma combinação das duas. São disponibilizados: 

  • Prefixados (títulos com juros fixos anual);
  • Tesouro Selic (título que leva o nome da taxa básica de juros da economia);
  • Tesouro IPCA (considera a união do juro fixo anual mais a variação da inflação).

Vamos às explicações de cada tipo e quanto cada um rende ao investir R$ 100 mensais.

Tesouro Prefixado 

Esse é ideal para você que busca um rendimento fixo, pois a sua rentabilidade já é definida na hora da compra. Assim, o investidor já sabe o quanto precisa investir para resgatar a quantia que deseja. 

O Tesouro prefixado é indicado para o médio e longo prazo, principalmente quando há a expectativa de queda da taxa de juros básica e da inflação. 

Vamos simular aqui quanto rende R$ 100 mensais nos diversos produtos do Tesouro Selic se você começar a investir em dezembro de 2022. 

Nesse caso, simulamos no Tesouro Prefixado 2025.

Esse título vence em 01/01/2025. Se aqui você começar a investir R$ 100 mensais, no dia de retirar os seus rendimentos você receberá R$ 2.862,90. Ao passo que na poupança, esse mesmo investimento renderá R$ 2.658,50.

Veja abaixo o Tesouro comparado aos outros títulos:   

Data  01/01/2025 
Tesouro  R$ 2.862,90 
LCI/LCA  R$ 2.685,23 
Poupança  R$ 2.658,50 
Fundo DI  R$ 2.711,65 
CDB  R$ 2.706,20 

Tesouro Selic 

Esse produto é ideal para aqueles que querem realizar investimentos de curto prazo.

Esse título tem rentabilidade diária vinculada à taxa de juros da economia (taxa Selic).

Isso significa que se a taxa Selic aumentar a sua rentabilidade aumenta e se a taxa Selic diminuir, sua rentabilidade diminui.

Como ele não paga juros semestrais, é mais interessante para quem pode deixar o dinheiro render até o vencimento do investimento, ou para quem quer ter a liberdade de resgatar o seu investimento a qualquer momento.

Trata-se de um título de alta liquidez, o que significa que o investidor não perde dinheiro quando precisa fazer um resgate antecipado.  

Nesse caso, nossa simulação foi para o Tesouro Selic 2025.

Esse título vence em 01/03/2025. 

Seguindo o mesmo valor acima, se você investir R$ 100 mensais, você resgatará R$ 2.992,28.

Se investir esse mesmo dinheiro na poupança, seu rendimento cai para R$ 2.883,21.   

Data  01/03/2025 
Tesouro  R$ 2.992,28 
LCI/LCA  R$ 2.911,35 
Poupança  R$ 2.883,21 
Fundo DI  R$ 2.941,61 
CDB  R$ 2.935,40 

Tesouro IPCA 

 O Tesouro IPCA é indicado para aqueles que querem realizar investimentos de longo prazo.  

No Título pós-fixado, parte do seu rendimento acompanha a variação da taxa de inflação (IPCA).  

Isso aumenta o poder de compra do seu dinheiro, pois seu rendimento é composto por uma taxa de juros + a variação da inflação (IPCA).  

Esse produto é mais interessante para quem pode deixar o dinheiro render até o vencimento do investimento, pois não paga juros semestrais.  

Em caso de resgate antecipado, o Tesouro Nacional garante sua recompra pelo seu valor de mercado. 

Aqui, vamos usar como exemplo um título que vence em 15/08/2026. Se você investir o valor de R$ 100 mensais, no dia do vencimento você resgatará R$ 5.290,80. Na poupança, esse valor cai para R$ 4.878,60.    

Data  15/08/2026 
Tesouro  R$ 5.290,80 
LCI/LCA  R$ 4.931,81 
Poupança  R$ 4.878,60 
Fundo DI  R$ 5.010,42 
CDB  R$ 4.994,56 

Vale ressaltar que o  Tesouro IPCA é dividido em: 

  • IPCA+;
  • IPCA+ com juros semestrais.

A diferença entre o IPCA+ e o IPCA+ com juros semestrais é que o primeiro paga a rentabilidade total na data de vencimento, já o segundo dilui o pagamento do rendimento em parcelas semestrais.  

É um produto recomendado para quem tem objetivos de longo prazo e deseja proteger o dinheiro da inflação ao longo do tempo.  

Independentemente da opção do Tesouro Selic, essa é uma excelente opção de renda fixa,  principalmente quem quer diversificar os seus investimentos. 

Como resgatar o Tesouro Direto 

Entre na conta de sua corretora e acesse a parte de “investimentos em carteira” ou na parte onde estão as suas aplicações já realizadas.  

Você solicita o resgate do valor que deseja, não precisa ser tudo, e recebe o dinheiro no mesmo dia caso faça a solicitação até às 13h.

Depois desse horário, o dinheiro cai na sua conta no próximo dia útil.  

Também é possível resgatar o seu dinheiro no próprio site do Tesouro. Após fazer seu login, basta clicar em resgatar e selecionar o seu banco ou corretora por onde realizou os investimentos.  As condições de resgate nesse caso são as mesmas. 

Por fim, caso precise de ajuda para investir no Tesouro Direto, fale com uma assessoria de investimentos de confiança, como a Blue3, que avalia o seu perfil de investidor para encontrar as melhores oportunidades para a sua carteira.

 

 

 

Written By
Redação It's Money

A redação do portal It’s Money é formada por um time de profissionais com ampla experiência editorial, com acompanhamento e revisão de jornalistas especializados.