Quanto guardar para viajar para a Europa?

educacao-fincanceira

Quanto guardar para viajar para a Europa?

7 mai 2023Última atualização: 21 junho 2024

Redação It's MoneyRedação It's Money

Se você sonha em conhecer o mundo, com certeza já se perguntou o quanto guardar para viajar para Europa.

Entretanto, não existe resposta exata para essa dúvida. Isso por que os custos variam de acordo com o tipo de viagem planejada, o que pode ficar entre R$5 mil e R$50 mil – ou mais.  

Entre os tipos de viagens, existem aqueles que preferem rotas mais sofisticadas, os que buscam mais conforto e também aqueles que gostam do estilo "mochilão". 

Assim, antes de descobrir o quanto guardar para viajar para Europa, é preciso descobrir qual o estilo de viagem você quer fazer. 

Confira os detalhes a seguir!

Descubra a viagem ideal para você 

Se você busca uma viagem sofisticada... 

Uma viagem sofisticada, naturalmente, é mais cara. 

Isso porque ela pode incluir experiências em hotéis quatro ou cinco estrelas e restaurantes mais famosos (e caros), por exemplo. 

Além disso, algumas pessoas preferem contar com a ajuda de um guia turístico - o que também vale colocar na conta.  

Assim, se você busca uma viagem mais sofisticada, é melhor separar uma quantidade maior de dinheiro para isso.   

Se você busca uma opção econômica... 

Nessa caso, fazer um "mochilão" pode ser uma boa ideia de economizar para viajar nas férias

Essa modalidade de viagem é muito popular entre os jovens. No entanto, eles não são os únicos adeptos.  

Assim, quem busca viajar de forma mais econômica e não se preocupa tanto com experiências luxuosas, pode facilmente se adaptar a esse estilo.  

Nesse sentido, o "mochilão" tem o objetivo de reduzir os gastos sem prejudicar a vivência durante a estadia.  

Entre as formas de diminuir os custos, destacam-se as hospedagens alternativas, como os hostels, que costumam ser uma escolha comum entre os mochileiros.  

Se você busca conforto sem gastar muito... 

Aqui, você pode mesclar os dois últimos estilos citados anteriormente.   

Para isso, defina o que é essencial para você: conforto na hospedagem? Investir mais em passeios? Conhecer bons restaurantes? Ter um guia turístico?  

Respondendo essa pergunta, você saberá onde deve investir mais e onde deve economizar.  

Vamos supor que sua prioridade seja a hospedagem. Você prefere um hotel mais luxuoso, com serviços diversos e com uma experiência única, então, você pode economizar na alimentação.  

Dessa forma, dê preferência para restaurantes menos badalados.

No entanto, isso não significa ter uma experiência ruim – até porque existem muitos restaurantes com preços acessíveis que são mundialmente famosos.  

Afinal, quanto devo guardar para viajar para Europa?  

Antes de mais nada, vale lembrar que para aproveitar de forma plena sua viagem, o mais recomendável seria passar pelo menos 10 dias no continente Europeu.  

Além disso, é possível criar seu itinerário pensando na facilidade do transporte entre países dentro do continente.  

Ressaltando que a locomoção pela Europa costuma ser simples, por meio de trens. Porém, o planejamento antecipado entra como uma peça chave para garantir a logística.  

Como cada itinerário é único, vamos considerar uma viagem média (com conforto, mas sem gastar muito) de 14 dias para Paris para saber quanto você deve guardar para viajar para Europa. 

Confira a estimativa:

  • R$4.748,70 com passagens;  
  • R$4.511,36 com hospedagem; 
  • R$4.515,30 com alimentação; 
  • R$297,82 com transporte; 
  • R$700 com passeios; 
  • Total: R$ 14.773,18. 

Lembre-se que Paris costuma ser uma cidade cara, portanto, os preços por lá são mais altos.  

Entretanto, existem formas de otimizar o seu orçamento antes da viagem, cortando gastos variáveis do seu dia a dia, por exemplo. 

Caso não saiba como fazer isso, veja muitas dicas interessantes no artigo  5 dicas de como juntar dinheiro para viajar”. 

Além da economia, você pode também investir o seu dinheiro, fazendo ele render mais. 

Nesse caso, você pode contar a ajuda especializada de um assessor de investimentos para a criação de uma carteira diversificada, com foco no seu perfil e objetivos. 

Redação It's Money

Redação It's Money

A redação do portal It’s Money é formada por um time de profissionais com ampla experiência editorial, com acompanhamento e revisão de jornalistas especializados.

Saber mais

Gostou do conteúdo?

Queremos sempre melhorar a experiência a sua experiência. Se puder, dê uma forcinha para o time de redação e conte o que você achou da edição de hoje.

O que achou deste conteúdo?

  • Ruim
  • Ótimo
As melhores análises do mercado

Receba em primeira mão as melhores análises do mercado financeiro diretamente em sua caixa de entrada. Nossa newsletter oferece insights exclusivos, tendências e perspectivas sobre o mercado.

Deixe-me ler primeiro uma amostra