Bolsa de Valores Onde Investir

Bolsa de valores: três passos para você começar a investir

Bolsa de valores: três passos para você começar a investir
  • Publicado em 6 de setembro de 2022

A bolsa de valores atrai cada vez mais a atenção dos brasileiros. Segundo dados da B3, são cerca de 4,5 milhões de pessoas físicas no mercado de ações.  

Somente nos últimos 12 meses, houve uma alta de 40% de novos investidores na bolsa de valores, um aumento de 15% só em 2022. 

Para fazer parte desse universo que cresce a cada ano, separamos três passos essenciais. 

Três passos para você começar a investir na bolsa de valores 

1- Conte com uma boa corretora  

Para estar na bolsa, é preciso, primeiro, ser cliente de uma corretora de valores.  

Existem diversas empresas com essa finalidade no mercado de investimentos. A dica aqui é pesquisar pelas que oferecem mais vantagens, como a XP Investimentos, por exemplo, que é uma referência no mercado nacional e uma das maiores do segmento no Brasil hoje.  

Para chegar até a melhor opção e entender um pouco mais sobre o mercado e o diagnóstico de seu perfil investidor, também existe a figura do assessor de investimento, também chamado de agente autônomo de investimentos (AAIs). 

Esse profissional, que precisa ter as devidas certificações e registros para atuar –como Ancord e CVM– orienta sobre as melhores escolha, apresenta as opções adequadas para o seu perfil e faz toda uma consultoria sobre seus investimentos. 

Entre os maiores escritórios de AAIs da rede XP, por exemplo, a Blue3 Investimentos, presta esse serviço sem taxas. A companhia conta com a assessoria presencial, em suas 15 unidades de negócios, além de uma estrutura totalmente digital, com atendimento humanizado.  

 2- Abra sua conta 

Escolhida a corretora, é hora de abrir uma conta. O procedimento costuma ser bem simples: basta preencher seus dados pessoais e informações de contato. 

Em seguida, faça a transferência da quantia que irá disponibilizar para seus investimentos seguindo o processo que a corretora indica. De um modo geral é bem simples, como qualquer pagamento online.   

Assim, sua conta estará pronta para começar as operações. Nesse processo, o escritório de investimentos é uma opção para fazer todos os trâmites. Mas, certifique-se sempre de contar com o serviço de um assessor credenciado e um escritório oficial, sempre vinculado a uma corretora séria.  

 3- Escolha suas ações e investimentos 

A partir da abertura da sua conta na corretora, você terá acesso ao Home Broker. Ou seja, ferramenta para observar todas as ações disponíveis para compra.  

Por fim, aqui vale outra dica: não se baseie apenas no preço. Esse fator é importante, mas o melhor caminho é investir em ações com as quais você possua alguma familiaridade.  

Na dúvida, você sempre pode contar com a assessoria de investimento para fazer escolhas rentáveis. 

Em tempo: apesar de toda a assessoria sobre o mercado que esses profissionais prestam, a decisão final sempre é do cliente. 

Written By
Redação It's Money

A redação do portal It’s Money é formada por um time de profissionais com ampla experiência editorial, com acompanhamento e revisão de jornalistas especializados.