Bolsa de Valores Onde Investir

Quais as 10 principais ações da Bolsa de Valores

Quais as 10 principais ações da Bolsa de Valores
  • Publicado em 24 de outubro de 2022

Atualmente, as principais ações da Bolsa de Valores são as da Ambev, Banco do Brasil, Petrobras, Suzano e Vale. 

É importante lembrar, no entanto, que essa é uma análise que considera aspectos gerais e que pode mudar com o passar do tempo.

Para escolher as melhores ações de verdade – ou seja, aquelas que são consistentes com seus objetivos – o investidor precisa levar em conta seu perfil e vários outros critérios.

Quais? Neste conteúdo, iremos te ajudar a entender. 

 Então continue a leitura e veja como escolher as principais ações para compor sua carteira de investimentos, como fazer para comprar ações na Bolsa de Valores e dicas extras para ganhar dinheiro com investimento.

O que são ações?

Também conhecidas como papéis, ações são um tipo de investimento em renda variável e tratam-se de partes de uma empresa

Em outras palavras, é quando uma instituição de capital aberto disponibiliza frações de seu patrimônio para serem negociados na Bolsa de Valores

Então, quando alguém compra uma ação de uma empresa, é como se estivesse comprando um pedacinho dela. 

Isso não faz do investidor responsável pelo negócio, mas sim um acionista – que pode ter poder de voto ou não. 

É um investimento porque as ações tendem a aumentar de valor e, em alguns casos, pagam dividendos. Entenda mais, abaixo.

Tipos de ações

Existem basicamente dois tipos de ações, as ordinárias e as preferenciais.

  • Ações ordinárias: dão direito a voto nos Conselhos da empresa. Se o investidor comprar várias ações ordinárias da mesma empresa, ele pode ter direito a opinar em decisões estratégicas. Essas ações são representadas pelo número 3 na nomenclatura da Bolsa.
  • Ações preferenciais: Não dão direito a voto, mas dão mais distribuição de lucros proporcionais aos investidores – os dividendos. Elas são representadas pelo número 4 na nomenclatura da Bolsa. É nesse tipo de ação que a maioria dos investidores está interessada, por conta da rentabilidade.

O que é a Bolsa de Valores?

A Bolsa de Valores é um mercado organizado onde são negociados ativos, como as ações. Ela é a instituição que faz a intermediação entre os capitais das empresas e as corretoras. 

Atualmente, no Brasil existe apenas uma Bolsa – a Bolsa Brasil (B3). Ela surgiu com a fusão da antiga Bovespa, Cetip e BM&F. 

Existem mais de 400 empresas brasileiras com ações dentro da Bolsa, e cerca de 100 ações estrangeiras que são negociadas indiretamente. 

Como comprar ações na Bolsa de Valores

Existe um procedimento para comprar ações na Bolsa de Valores. Se você está interessado nesse tipo de investimento ou é um investidor iniciante, acompanhe o passo a passo para saber os detalhes.

1 – Contrate um intermediário

Para comprar ou vender ações na Bolsa de Valores, o investidor precisa de um intermediário, que pode ser uma corretora ou um banco. 

Nessa etapa é importante selecionar um banco ou uma corretora idônea, certificada na Bolsa de Valores e com cadastro na Comissão de Valores Mobiliários (CVM). Também pode ser interessante pesquisar o histórico da empresa para saber como ela trabalha.

Depois disso, é preciso fazer um cadastro com a instituição selecionada, enviar alguns documentos e aguardar a análise. 

2 – Acesse o Home Broker

Assim que o cadastro é aprovado, o investidor tem acesso ao Home Broker, que é uma plataforma que conecta os usuários ao pregão eletrônico. Ali, é possível ver todas as ações e seus preços em tempo real – portanto nessa fase o investidor escolhe em quais ações quer investir.

Entretanto, o Home Broker pode ser uma plataforma com excesso de informações para quem está começando – e isso pode dificultar o processo de decisão.

Nesse caso, é possível contar com a ajuda de uma assessoria especializada, que irá fazer um atendimento bastante personalizado para buscar melhores resultados.

3 – Escolha as ações

No momento de escolher as ações, é preciso estar atento a um detalhe.  Existem dois tipos de mercado dentro da Bolsa de Valores – e eles influenciam na forma como você compra e vende as ações. São o mercado tradicional e o fracionário. Entenda. 

Mercado tradicional

São as ações tradicionais, que são comercializadas em lotes de 100 em 100. Isso quer dizer que neste tipo de mercado não é possível comprar menos do que 100 ações de uma mesma empresa. 

Mercado fracionário

Como o nome já diz, aqui as ações são fracionadas, permitindo ao investidor comprar ou vender menores quantidades de ações, barateando a operação. Para encontrar ações deste tipo, você pode buscar pelo nome da ação tradicional + F dentro do Home Broker. 

4 – Envie a ordem de compra para a Bolsa de Valores

Depois que você já tiver visto as ações no Home Broker, pesquisado sobre a empresa desejada, conversado com seu corretor ou assessor, já pode selecionar a quantidade de ações que quer comprar e o valor

Neste momento, você envia a ordem de compra para a Bolsa de Valores e aguarda a análise, que pode ser de execução imediata.

Quando a ordem de compra é executada significa que você já comprou as ações que queria! Agora já é um acionista. E assim que a empresa que te vendeu as ações tiver lucro, ela te dará um valor proporcional ao seu número de ações. 

Formas de comprar ações na Bolsa

De maneira geral, existem 4 formas de comprar ações na Bolsa de Valores:

  • Através de fundos de investimento de renda variável;
  • No mercado tradicional (com lotes de 100 em 100);
  • No mercado fracionário (com ações menores que 100);
  • Através de ETFs.

As ETFs (Exchange-traded fund, ou fundos de índices) são uma forma de se expor à Bolsa de Valores sem se comprometer com o risco de comprar ações “ruins”. Isso porque as ETFs são fundos de investimento negociados na Bolsa como se fosse uma ação.

Uma cota de EFT da Bolsa de Valores  segue a variação de grande parte da Bolsa brasileira, ou o chamado índice Ibovespa. Então seu aumento ou diminuição de valor é pautado na queda ou valorização da B3. 

Isso porque o Ibovespa é composto por cerca de 90 das principais ações da Bolsa de Valores brasileira. 

 

Agora, apenas para reforçar e esclarecer conceitos importantes sobre o tema “comprar ações na Bolsa de Valores”, vamos revisar o que é exatamente uma ação e o que é a Bolsa de Valores. Acompanhe.

Vantagens de investir nas ações da Bolsa 

1 – Lucros com dividendos

Uma das grandes vantagens de investir nas ações da Bolsa de Valores é receber partes proporcionais dos lucros das empresas, no caso das ações preferenciais. 

Por conta disso, muitas pessoas usam da estratégia da compra (e, às vezes, venda) de ações na Bolsa como um investimento a longo prazo com potencial de bons rendimentos e de multiplicação de capital. Com isso, pode ser possível ter uma grande renda passiva, por exemplo.

2 – Poder de decisão

Um acionista também pode desfrutar da vantagem de interferir nas decisões de uma empresa, desde que invista em um grande número de ações ordinárias.

3 – Valorização da ação

Também dá para lucrar com a valorização da ação no mercado financeiro, ao vender o papel mais caro do que pagou ao comprá-lo. 

4 – Alta liquidez

Outra vantagem de investir nas ações da Bolsa é a rapidez com que se pode liquidar o investimento. Isso quer dizer que, ao contrário de vários tipos de investimentos, é possível vender uma ação rapidamente e transformar aquele valor em dinheiro sem se preocupar com prazos ou carências.


5 – Diversificação

Além disso, dentro da Bolsa de Valores há diversas opções de ações diferentes, possibilitando a diversificação da carteira.


10 principais ações da Bolsa de Valores 

Agora que você já sabe os conceitos mais importantes sobre como investir em ações, pode estar se perguntando quais seriam as principais ações da Bolsa de Valores. 

De maneira geral, podemos destacar as 10 principais ações que fazem parte do índice Ibovespa (composta por cerca de 90), porque são consideradas as mais importantes da B3. Veja quais são.

  • Ambev (ABEV3)
  • Banco do Brasil (BBAS3)
  • Petrobras (PETR4)
  • JBS (JBSS3)
  • Lojas Renner (LREN3)
  • Marfrig (MRFG3)
  • Klabin (KLBN11)
  • Vale (VALE3)
  • Suzano (SUZB3)
  • Weg (WEGE3)

Porém, vale ressaltar que essa lista não é uma recomendação de investimento, e sim apenas informativa. Isso porque as melhores ações para se investir devem ser selecionadas com base no seu perfil de investidor, nas suas metas, estratégias, disponibilidade de capital, e assim por diante.

Além disso, o mercado financeiro é bastante volátil, portanto uma empresa que está desempenhando bem pode acabar por ter problemas num futuro próximo. 

Outro ponto a se considerar é que em alguns casos, empresas muito grandes ou maduras podem ter pouca margem para crescimento. Porém, costumam apresentar melhores estruturas de governança e mais facilidade em lidar com crises – e por isso, mais estabilidade. 

Para uma maior rentabilidade considere também outras opções de ações

Para além das 10 principais ações da Bolsa que fazem parte do índice Ibovespa, existem outras ações que se destacam, talvez por critérios diferentes. Analise qual tem mais tem a ver com você, financeiramente falando.

Principais setores da Bolsa

Pode valer a pena ficar de olho em ações de empresas um pouco menores (com potencial de crescimento) que estejam dentro dos setores mais promissores, como por exemplo:

  • Saúde
  • Tecnologia
  • Agronegócios e alimentos
  • Seguradoras
  • Varejo
  • Commodities
  • Energia elétrica
  • Bancos
  • Imobiliárias e construtoras
  • Shoppings.

Outro critério interessante que pode pautar as principais ações da Bolsa de Valores, são as empresas listadas como Novo Mercado.

10 principais ações de Novo Mercado na Bolsa

Novo Mercado é o termo usado para configurar empresas que cumprem uma série de regras de governança corporativa. Então, elas são consideradas mais seguras para investimentos a longo prazo, por exemplo. Veja as 10 principais.

  • Magazine Luiza (MGLU3)
  • Lojas Renner (LREN3)
  • Engie (EGIE3)
  • Weg (WEGE3)
  • Porto Seguro (PSSA3)
  • Multiplan (MULT3)
  • Totvs (TOTS3)
  • Cosan (CSAN3)
  • Grupo Natura (NTCO3)
  • M. Dias Branco (MDIA3)

Como ganhar dinheiro com ações na Bolsa

Veja agora algumas dicas de como ganhar dinheiro com ações na Bolsa de Valores. 

1 – Invista com consciência

Para ganhar dinheiro com ações na Bolsa de Valores, primeiro, é preciso estar atento em como não ter prejuízos. 

Especialistas do mercado financeiro, como o investidor Thiago Nigro, costumam alertar que existem quatro características que podem trazer grandes prejuízos para o investidor iniciante, e por isso devem ser evitados:

  • Impaciência
  • Medo
  • Ganância 
  • Falta de conhecimento

Em outras palavras, isso significa que é preciso ter calma, mas ousar um pouco pode ser necessário para obter uma lucratividade interessante. Mas isso não quer dizer que você deva sair comprando e vendendo ações na Bolsa sem critério e sem ajuda de um profissional.

Isso porque investir em ações envolve riscos, que devem ser considerados desde o começo. O valor das ações pode cair ou aumentar bruscamente de um dia para o outro, e é nessas horas que é preciso manter a calma e ouvir os conselhos dos especialistas.

Portanto, invista com consciência e somente um valor que você possa arriscar.

2 – Defina seu perfil de investidor

Entender o seu perfil de investidor é importante para definir a estratégia dos seus investimentos na Bolsa de Valores. Os investidores podem ser de perfis mais conservadores, moderados ou arrojados.

Conservador

São aqueles que preferem não arriscar e gostam de previsibilidade, mesmo quando isso significa ter rendimentos menores. Os investidores conservadores buscam pela estabilidade e segurança. Quando o investidor é moderado faz sentido buscar por ações que tenham pouquíssimas variações, como as de commodities, por exemplo.

Moderado

Os investidores de perfil moderado estão dispostos a ousar um pouco mais, mas sem arriscarem tanto. Existem vários tipos de ações na Bolsa para este tipo de investidor.

Arrojado

O investidor arrojado arrisca muito mais quando investe. Muitas vezes realiza compras e vendas “contra a maré”, mas pode ganhar muito dinheiro. Este tipo de investidor costuma apostar alto, o que também pode trazer grandes prejuízos. 

Geralmente, são pessoas com conhecimento mais avançado da Bolsa de Valores e com um grande capital para investir.

3 – Pesquise bastante

É recomendável pesquisar e estudar a empresa da qual você pretende comprar as ações, além de pesquisar sobre a corretora que irá te representar.

Isso porque quanto mais a empresa de capital aberto lucrar e apresentar bons resultados, mais dividendos seus acionistas receberão. Por isso é bom saber se ela está indo bem ou mal financeiramente, ou se tem potencial para melhorar.

4 – Diversifique

Sempre que possível, diversifique sua carteira de investimentos para obter mais rentabilidade e segurança frente às variações da Bolsa. A dica dos investidores experientes é reinvestir o valor ganho em outros investimentos.

Então, você pode comprar vários tipos de ações, ou até mesmo investir em outras classes de investimentos. O ideal é ter um portfólio variado e que reflita seus objetivos financeiros.

5 – Não invista sozinho

Por fim, para aumentar sua chance de ganhar dinheiro com as principais ações na Bolsa de Valores vale a pena contratar com a ajuda de especialistas. 

Isso porque o conhecimento técnico e experiência profissional lhe ajudam a potencializar seus ganhos, minimizar perdas e escolher os melhores negócios.

Written By
Redação It's Money

A redação do portal It’s Money é formada por um time de profissionais com ampla experiência editorial, com acompanhamento e revisão de jornalistas especializados.