Criptomoedas Onde Investir

Como funciona a Xtage XP

Como funciona a Xtage XP
  • Publicado em 15 de setembro de 2022

Se você quer saber como funciona Xtage XP, veio ao lugar certo. Neste conteúdo, além de te explicar um pouco sobre a plataforma, vamos falar das criptomoedas e de todas as vantagens desse investimento.

Afinal, com o mercado das criptomoedas cada vez mais aquecido, investidores têm demonstrado interesse em diversificar suas aplicações para alcançar os ativos digitais também. 

E não poderia ser diferente, já que em 2022 a indústria cripto já movimentou mais de US$30,3 bilhões só no primeiro semestre. 

Então, pensando em atender a essa demanda do mercado, é que a XP Investimentos criou sua própria plataforma de gestão de criptomoedas: a Xtage. 

A Xtage XP é uma maneira simples, rápida e segura de comprar e vender criptos. 

Mas, como ela funciona exatamente? Como é possível criar uma conta na Xtage e começar a investir? Vamos em frente para todas as respostas. Acompanhe!

Como funciona o mercado de criptomoedas

Como você já deve saber, criptomoedas são ativos digitais que podem ser comprados e vendidos – portanto, investidos. Neste mercado não existem intermediários, como bancos por exemplo.

As compras e as vendas são feitas direto de usuário para usuário, no esquema chamado peer-to-peer.

As transações são feitas por meio de blockchains e sua segurança é garantida por conta da criptografia

As negociações também podem ocorrer com o respaldo de alguma corretora, assessoria ou plataforma, para garantir mais segurança, rapidez e comodidade ao investidor.

Já que o mercado das criptomoedas não é regulado por nenhum banco central ou governo, as cotações variam de acordo com a oferta e a procura.

E veja que interessante: essa independência da criptomoeda é um dos fatores que fazem dela uma opção de renda variável muito interessante e lucrativa.

No entanto, atenção: é necessário tomar alguns cuidados por causa de especulações, oportunistas e possíveis fraudes. Infelizmente é difícil ter a quem recorrer caso o comprador independente seja enganado por alguém neste tipo de negociação. 

Outro problema comum entre investidores iniciantes que não contam com uma boa plataforma ou assessores é a perda do acesso à carteira digital pessoal, ambiente onde ficam armazenados todos os criptoativos.

Isso acontece quando a pessoa, por exemplo, esqueceu a senha da sua wallet. E não há forma de recuperar o acesso. 

Para dar uma ideia, quase 20% de todas as criptomoedas do mercado estão indisponíveis porque seus usuários perderam o acesso segundo pesquisa da Chainanalysis, uma empresa especializada na análise de dados de blockchain.

Por causa dessas situações desfavoráveis é fundamental comprar criptomoedas com segurança. E não se preocupe, porque aqui entram plataformas como a Xtage, que permitem ao investidor total confiabilidade no processo. 

A seguir vamos falar um pouco sobre como é o procedimento para comprar criptomoedas com segurança. Acompanhe.

Como comprar criptomoedas

Existem mais de 5 mil altcoins (moedas alternativas às Bitcoins) disponíveis para compra. 

Então, seja para comprar as criptomoedas mais tradicionais e rentáveis, ou para explorar novas possibilidades, é preciso saber por onde começar, não é mesmo? 

Veja como comprar criptomoedas. Vamos lá!

1. Bolsas Cripto

Primeiramente iremos falar sobre como comprar criptomoedas nas chamadas bolsas cripto, porque pode ser a forma mais simples de se fazer isto. Elas funcionam de maneira parecida com casas de câmbio ou bolsas de valores imobiliários. 

Ou seja, tratam-se de sites onde é possível transferir valores em reais (ou qualquer outra moeda) e trocar por criptos, ou trocar uma cripto por outra. Para entrar, basta fazer o cadastro e acessar por meio de um usuário e senha.

O cadastro inicial pode exigir a análise de um documento pessoal oficial, reconhecimento facial, e o preenchimento de um questionário, o que pode ser feito online. Passado o prazo de aprovação, o usuário já ganha acesso à bolsa.

Exatamente por serem mais simples, sites de bolsas cripto podem ser mais facilmente burlados. Por conta disto é fundamental buscar por bolsas cripto com boas referências. As mais comuns e confiáveis são: Coinbase, Kraken, Bitstamp e Binance.

2. Instituições financeiras

Existem algumas instituições financeiras que disponibilizam serviços de compra e venda de moedas digitais através de aplicativos, por exemplo. As mais conhecidas são as fintechs que apresentam esta opção para seus clientes, mediante uma taxa de comissão que varia de 2,5% a 1,5%. 

Uma das desvantagens desta opção é justamente ter as taxas um pouco mais elevadas do que o normal. E, geralmente, é necessário já ser cliente da instituição financeira.

3. Corretoras

Outra opção segura para quem quer comprar criptomoedas é fazê-lo através de corretoras autorizadas. 

Elas oferecem diversos serviços adicionais interessantes, como previsões e análises técnicas, recomendações, conteúdos exclusivos, assessoria, atendimento personalizado, entre outros. 

E por que são empresas em total consonância com a legislação, caso o investidor tenha algum problema, pode até acionar a Justiça, sabia disso?

Por causa desse alinhamento com a Lei, segurança e vantagens, o mais indicado é fazer investimentos, inclusive em criptomoedas,  através de corretoras. Especialmente, aquelas  que possuam alguma plataforma interativa para que o cliente possa ver e acompanhar a sua carteira de criptos.

Quer um exemplo?

A XP Investimentos é uma corretora certificada e lançou recentemente sua própria plataforma de gestão de criptomoedas, a Xtage

Entenda mais sobre a XP e sobre a Xtage a seguir, e saiba como se cadastrar e começar a investir.

O que é a Xtage XP

A Xtage é uma plataforma de negociações de criptomoedas, que funciona também como uma carteira digital, lançada pela XP Investimentos em agosto deste ano. 

A corretora dos ativos é a XP, e a plataforma usada para gestão e negociação é a Xtage.

Através dela é possível comprar e vender moedas digitais como Bitcoins (BTC) e Ethereum (ETH), atualmente. Porém, até o fim deste ano serão disponibilizadas cerca de mais 10 diferentes criptomoedas para negociações e investimentos pelo app. 

Entenda a seguir como funciona a plataforma e como investir em criptomoedas através da Xtage. 

Como funciona a Xtage 

A Xtage está integrada a uma das maiores plataformas de ativos do mundo, a MetaTrader 5. Isso significa que é possível negociar também por meio de algoritmos, ou seja, de forma automática.

O layout da plataforma Xtage, assim como da app da XP, é simples e fácil de usar. Por isso, comprar e vender criptomoedas não precisa ser algo complicado.

Quais as taxas aplicadas?

A taxa praticada pela Xtage tanto nas compras quanto nas vendas de criptoativos é única e fixa de 0,60%, sendo que 0,45% é a taxa de corretagem e 0,15% são emolumentos. 

Não há cobranças de taxas extras, como por exemplo para transferências em reais.

É seguro investir em criptomoedas com a Xtage?

Sim, a Xtage é bastante segura, até porque tem parceria tecnológica com a Nasdaq, a segunda maior bolsa de valores do mundo e que opera desde 1971. 

Além disso, o investidor conta com todo o conhecimento e a experiência da XP Investimentos, uma assessoria especializada que prima pela transparência e excelência dos seus serviços.

A XP Investimentos é a primeira instituição financeira do mercado reconhecida com o selo Cetip Certifica, que, basicamente, garante que a corretora investe corretamente nos ativos dos clientes.

Como fazer uma conta na Xtage 

Para abrir conta na Xtage e começar a negociar criptomoedas é muito simples. O cadastro é feito todo online, através do aplicativo da XP.

Basta ser cadastrado junto à XP Investimentos, abrir o aplicativo da mesma, clicar no produto “Cripto“, e depois em “Abra sua conta“. 

O app da XP é gratuito e compatível com iOS e Android.
Ao se cadastrar, você poderá ler e revisar o contrato de intermediação e entender as condições que se aplicam. 

Depois de aceitar as condições e preencher seus dados, basta aguardar a análise e aprovação para começar a usar sua conta. 

Como fazer uma conta na XP Investimentos

Criar uma conta na XP Investimentos é algo que também pode ser feito 100% online e de maneira segura. Basta preencher seus dados pessoais (como nome, e-mail, CPF, etc). 

Feito isto, você recebe um e-mail algumas horas depois confirmando o cadastro e sua conta está pronta para ser usada

Em alguns casos pode ser necessário o envio de documentos comprobatórios, mas será solicitado via e-mail acompanhado de orientações.

Depois deste cadastro simples, rápido e seguro, você pode começar a usar o aplicativo e fazer a gestão dos seus investimentos.

Como investir em criptomoedas com a Xtage

Agora que você já sabe como funciona a Xtage e como fazer uma conta, iremos explicar como é possível investir em criptomoedas com a plataforma Xtage.

Em primeiro lugar, é interessante ressaltar que é possível negociar suas moedas digitais através do aplicativo 24 horas por dia, 7 dias por semana. 

Para começar a investir, é preciso ter saldo em conta. E fazer esta operação é muito simples. 

Tudo o que você precisa é acessar o aplicativo da XP, ir em “Cripto“, depois “Transferências” e depois em “Depósito“. 

Ali, você verá as orientações para transferir dinheiro da sua conta pessoal (em reais) para a sua conta cripto.

É importante lembrar que a conta de origem do dinheiro precisa ter o mesmo CPF cadastrado na conta cripto. Não é possível usar contas de terceiros para esta operação.

Depois que o dinheiro tiver sido transferido, basta ir até a aba “Negociar” dentro do app, e ali estarão visíveis as cotações do dia para as moedas digitais disponíveis. 

Tanto para comprar quanto para vender, basta preencher a quantidade desejada em reais, e então dar continuidade a operação.

Principais criptomoedas para investir 

Dependendo do objetivo e do perfil do investidor, pode ser interessante diversificar e investir em várias moedas digitais ao mesmo tempo. 

De qualquer forma, é recomendável estudar o mercado e ter cautela, tanto por causa da volatilidade das moedas, quanto pelas fraudes que podem acontecer. Por isso é importante contar com ajuda profissional ao começar a investir neste mercado.

Veja, portanto, quais são as principais criptomoedas para se investir.

1. Bitcoin

Obviamente é a criptomoeda mais conhecida, até por quem não está familiarizado com as criptos. Bitcoin é também o ativo digital mais antigo (de 2009), criado em meio a crise mundial como uma forma de resposta à dependência dos bancos centrais. 

Por causa das suas características ela é a moeda mais aceita e difundida, e por isso, mesmo com suas altas e baixas, mostra-se como um bom investimento.

Outro motivo que faz com que Bitcoins continuem sendo uma boa opção é que o volume de reserva de minerações atual é o maior dos últimos 2 anos: 1,86 milhões. De acordo com especialistas do mercado, essa é uma boa notícia para o ativo.

É válido salientar, entretanto, que os Bitcoins costumam ser um bom investimento a longo e médio prazo. De maneira geral, não são indicados para investidores que buscam resultados mais rápidos. 

2. Ether

A Ether é uma criptomoeda comumente confundida com Ethereum, mas isso acontece porque Ethereum é o sistema de blockchain que armazena a moeda Ether. 

Explicado isto, é importante ressaltar aqui a relevância da Ether no mercado de criptoativos. Vale muito a pena ficar de olho nela (ou melhor, investir).

Isso porque ela é a segunda criptomoeda mais forte depois da Bitcoin, sendo que chegou a valorizar cerca de 500% em 2021. 

Além disso, o Ethereum é um sistema que comporta várias criptomoedas e a gestão de “smart contracts“, ou contratos inteligentes numa tradução livre.

Um dos seus destaques é que ele foi criado por um fundador e mais sete cofundadores, de diferentes áreas, e foi com o objetivo de compensar estes desenvolvedores é que a moeda Ether surgiu.

Inclusive, o blockchain Ethereum possibilitou o surgimento de várias criptomoedas sobre esse ecossistema. Por ser uma plataforma do tipo open source, ela está em constante atualizações e melhorias.

A Ether tem se mostrado uma opção promissora de investimento, uma vez que sua plataforma Ethereum está passando por uma grande atualização e tem registrado alta nos preços.

3. Flow

A Flow foi uma das criptomoedas que mais apresentou altas nas últimas semanas por conta de um anúncio importante na mídia.

A mundialmente famosa empresa Meta revelou recentemente que em breve os usuários do Instagram poderão publicar em suas redes colecionáveis digitais (como NFTs, por exemplo) da blockchain Flow.

Por isso, as vendas do ativo dispararam, e a tendência é que continuem em alta nas próximas semanas. 

4. Tether

A Tether é considerada uma stablecoin. Isso significa que ela foi criada para ser mais estável e acompanhar a cotação de uma moeda corrente, como o dólar.

Relatórios recentes mostram que as stablecoins têm sido as criptomoedas com melhores performance no mercado. Portanto, são promissoras e podem valer a pena o investimento.

Vale lembrar que você pode contar com a assessoria da Blue3 Investimentos para utilizar a plataforma e escolher as melhores opções de criptoativos! 

Written By
Redação It's Money

A redação do portal It’s Money é formada por um time de profissionais com ampla experiência editorial, com acompanhamento e revisão de jornalistas especializados.