Notícias

O que faz o assessor de investimentos

O que faz o assessor de investimentos
  • Publicado em 20 de junho de 2023

O assessor de investimentos é o guia do cliente em sua jornada no mercado financeiro. Ou seja, é o profissional que ajuda os investidores a tomarem as melhores decisões. Para você entender melhor o que faz o assessor de investimentos, preparamos um material especial a seguir. Confira!

Perfil do assessor de investimentos

Em primeiro lugar, o assessor de investimentos precisa ter amplo conhecimento do mercado financeiro, experiência com investimento e credibilidade. Ele entende profundamente de ações, fundos de investimento, fundos imobiliários e outros ativos, sejam eles de renda fixa ou renda variável.

Leia também: Guia completo de carreiras no mercado financeiro

Além disso, esse profissional também tem olhar crítico para enxergar o perfil investidor de cada cliente para melhor guiá-lo nas escolhas no mercado.

Nesse sentido, outras características como empatia, comunicação clara e compreensão também são essenciais aos assessores de investimentos.

O que faz o assessor de investimentos

Os assessores de investimentos, ou agentes autônomos de investimento (AAI), têm uma função essencial no mercado financeiro. Pois eles ajudam investidores a tomarem decisões de investimentos, bem como prospectam clientes, apresentam e fornecem informações sobre as alternativas do mercado financeiro e esclarecem dúvidas.

O trabalho dos assessores é vinculado a uma corretora de valores, mas o foco principal é sanar todas as dúvidas e oferecer suporte aos investidores, principalmente no que diz respeito aos ativos de renda variável.

Nesse sentido, ele orienta o investidor a manter a sua carteira, seu capital e seu patrimônio de acordo com seu perfil de investidor e seus objetivos financeiros.

Por conta disso, investidores que contam com os serviços de um assessor têm muito mais chances de obter ótimos resultados com os menores riscos possíveis – seja a curto, médio ou longo prazo.

O que o assessor de investimentos NÃO pode fazer

No entanto, cabe ressaltar que o AAI não pode atuar com recomendação de investimentos ou indicar alternativas para o investidor alocar seus recursos. Isso porque pode haver um conflito de interesses. Explicamos.

Se fosse permitido ao assessor recomendar investimentos, bancos e fundos de investimentos, por exemplo, poderiam oferecer remuneração para que o assessor recomendasse seus ativos aos clientes.

Ou seja, o assessor de investimentos poderia acabar recomendando ativos que serão melhores para ele, não para seus clientes.

Assim, a função do assessor é a de guiar, ou seja, apresentar e explicar o funcionamento das opções para que o investidor tome suas próprias decisões.

Assim, é sempre bom lembrar que, o cliente deve tomar todas as decisões, de acordo com suas necessidades. O assessor só está autorizado a encaminhar operações em nome do investidor se ele solicitar. Com autorização prévia, o profissional pode solicitar a execução da operação nas mesas de operações das corretoras de valores.

Certificados para atuar como AAI

Para exercer a função de AAI, o profissional precisa ter autorização da Comissão de Valores Mobiliários (CVM) e, com dito anteriormente, ser vinculado a uma corretora de valores.

E, antes da autorização da CVM, o AAI precisa da certificação pela Ancord (Associação Nacional das Corretoras de Valores). Aqueles que trabalham nas corretoras devem possuir, também, a certificação da Anbima (Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais).

Oportunidades para atuar no mercado

Caso você tenha interesse em entrar nessa carreira ou está procurando novas oportunidades nesse mercado, a Blue3 Investimentos, assessoria credenciada à rede XP, abre sempre novas oportunidades.

Para saber mais, basta clicar aqui!

Written By
Redação It's Money

A redação do portal It’s Money é formada por um time de profissionais com ampla experiência editorial, com acompanhamento e revisão de jornalistas especializados.