Onde Investir Primeiros Passos

Qual a função do gestor do fundo de investimento? Entenda!

Qual a função do gestor do fundo de investimento? Entenda!
  • Publicado em 9 de janeiro de 2023

Muitas pessoas querem investir, mas não se sentem confortáveis em fazer isso sem uma ajuda especializada. Por isso, procuram entender melhor qual a função do gestor do fundo de investimento.

Se você tem alguma dificuldade em administrar uma carteira, saiba que isso acontece com muitas pessoas, e contar com um gestor é uma excelente alternativa. Mas afinal, como ele pode te ajudar?

Continue sua leitura para entender o trabalho desse profissional e tire todas as suas dúvidas.

O que é um gestor de fundos?

Um gestor de fundos é um profissional certificado, cuja função é gerenciar o patrimônio de um fundo de investimentos visando fazer ele obter resultados positivos.

Em outras palavras, o profissional investe o recurso dos investidores por meio de um fundo de investimento e usa dos seus conhecimentos e estratégias delineadas e regulamentadas para aumentar esse montante de recurso investido.

Também chamado de gestor de ativos, esse profissional decide quais serão os investimentos que a empresa ou pessoa física devem fazer para aumentar o patrimônio.

O foco é colocar recursos em investimentos com bom potencial de retorno. Para que isso aconteça, é importante contar com pessoas com alto grau de conhecimento acerca da economia e do mercado financeiro.

Para atuar como um gestor de fundo de investimentos no Brasil, o profissional precisa ser certificado pela Anbima.

Como funciona a remuneração do gestor de fundos?

Além de entender qual a função do gestor do fundo de investimento, é importante também saber como funciona a remuneração desse profissional que estará encarregado de cuidar do seu dinheiro.

Basicamente, existem duas formas de remuneração do gestor e da sua equipe: 

  • pela taxa de administração;
  • pela taxa de performance do fundo.

Vamos entender melhor cada uma delas a seguir.

Remuneração pela taxa de administração

Esta é a taxa mais comum e mais praticada no mercado, onde a instituição responsável pela gestão, assim como o gestor, são remunerados por uma porcentagem em cima do patrimônio gerido.

Ela não é fixa, e geralmente depende do montante aplicado e da complexidade para fazer a gestão do fundo.

Apesar de não ser apenas nesse ponto que você deve focar na hora de escolher como aplicar o seu dinheiro, visto que para gestões mais simples a taxa deveria ser mais baixa, ela pode impactar no seu retorno final.

Por isso, é fundamental entender caso a caso, ou seja, quais serão as estratégias dos gestores para saber se aquela taxa de administração condiz com a complexidade.

Remuneração do gestor do fundo de investimento pela taxa de performance

Neste caso, o gestor receberá uma porcentagem quando o fundo de investimento ultrapassar o benchmark estabelecido anteriormente.

Exemplificando: se o benchmark for o IBOVESPA, o índice subir 10% e o fundo 15%, o gestor receberá um levando em conta esses 5% superados.

Na hora de investir, é fundamental entender como é feita a cobrança, pois alguns lugares não trabalham com taxa de performance e, certamente, essas taxas vão interferir no seu rendimento final.

Qual a função do gestor do fundo de investimento

A função do gestor de investimentos é gerenciar o seu dinheiro, aplicando os recursos da melhor forma para que você tenha um retorno positivo. Ele trabalha de forma ativa e passiva.

No caso do gestor passivo, ele tem uma estratégia que objetiva refletir um índice de referência no mercado, como o IBOVESPA. O investidor nesse caso espera obter os seus resultados semelhantes a estes índices.

No caso de um gestor com uma abordagem ativa, ele não deve apenas acompanhar esses índices de mercado, mas também adotar estratégias de seleção de ativos que vão além de ter o desempenho de um índice.

É essencial para os investidores entender qual a função do gestor do fundo de investimento, como ele trabalha e quais são as estratégias que ele usa para obter as rentabilidades esperadas.

Como escolher uma boa gestora de fundos?

Diante de tantas informações e com um mercado financeiro tão volátil como temos no Brasil, é comum as pessoas entenderem qual a função do gestor do fundo de investimento, mas não conseguirem decidir como optar pela melhor gestora de fundos.

Então, entenda algumas características importantes para os bons gestores.

Entendimento dos diferentes cenários no mercado financeiro

O mercado financeiro é complexo, até mesmo para gestores de fundo mais experientes, pois é impossível prever o que acontecerá em um ano.

Quem poderia, por exemplo, se precaver sobre a crise desencadeada pela pandemia da covid no início de 2020?

Então, ter versatilidade para entender os diferentes cenários é uma característica fundamental de um bom gestor de fundos.

É um profissional que precisa entender a fundo cada detalhe de suas projeções, para que nenhuma oportunidade seja perdida e, quando acontecerem problemas, eles poderem ser corrigidos com agilidade.

Um bom gestor de fundos se comunica frequentemente com os clientes

Essa também é uma característica essencial para o gestor de fundos, afinal, ele está cuidando do seu dinheiro e é primordial que você saiba como estão estes investimentos.

Apesar da correria do dia a dia, esse profissional precisa ter uma boa comunicação e manter sempre os clientes informados sobre os fundamentos das suas escolhas, de forma clara e compreensível.

Os gestores estudam o mercado e fazem suas análises sobre as novas tendências, mas o investidor nem sempre tem tempo para isso. Logo, é fundamental que ele seja sempre informado.

Ter controle emocional e habilidade para lidar com riscos

Até aqui, já deve ter ficado claro qual a função do gestor do fundo de investimento e de como essa profissão é desafiadora, pois o mercado financeiro sofre flutuações constantes e o gestor precisa trabalhar os recursos investidos pelos seus clientes.

Ter controle emocional e habilidade para lidar com riscos ajudará em caso de acontecer desastres e com a volatilidade do mercado. Um gestor confiante nas suas estratégias passará esse sentimento para os seus clientes.

Conclusão

Ao entender qual a função do gestor do fundo de investimento fica mais clara a importância de contar com um profissional dedicado diariamente para cuidar do seu patrimônio.

Quando fazemos isso sem a ajuda de um profissional, oportunidades podem ser perdidas. Ou, ainda, o risco de você perder dinheiro por falta de tempo para uma avaliação aprofundada dos investimentos.

Apesar da maioria dos fundos de investimentos terem uma alta liquidez ou um prazo de carência curto, a recomendação é  que você pense os seus investimentos a longo prazo, para que o profissional consiga melhores resultados com a sua carteira.

Gostou do nosso artigo? Então este conteúdo sobre os tipos de fundos de investimentos também pode te interessar.

Written By
Grão Investimentos

A Grão é uma gestora de recursos independente focada em fundos de fundos de investimentos, atuando na diversificação e otimização da alocação de ativos com foco no longo prazo.