Resultados Corporativos

Lucro da Vulcabras (VULC3) sobe 18,5% no 4T23 e empresa anuncia dividendos

Lucro da Vulcabras (VULC3) sobe 18,5% no 4T23 e empresa anuncia dividendos
  • Publicado em 7 de março de 2024

A Vulcabras (VULC3), empresa do ramo de calçados, reportou lucro  líquido recorrente de R$ 144,7 milhões no quarto trimestre de 2023 (4T23), avanço de 18,5% ante o mesmo período de 2022 (4T22).

A receita líquida da companhia, que detém as marcas Olympikus e possui a licença de Mizuno e Under Armour no Brasil, ficou em R$ 791,3 milhões no último trimestre, crescimento de 7,1% na comparação anual.

Além disso, o lucro antes juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda, na sigla em inglês) ajustado recorrente foi de R$ 177,7 milhões no 4T23, avanço de 22,8%. Assim, a margem Ebitda recorrente cresceu 2,9 pontos percentuais (p.p), para 22,5%.

Receita

Segundo leitura da casa de análise DVinvest, a receita da empresa foi de R$ 1,5 bilhão em 2012 e R$ 2,8 bilhões em 2023. Isso representa um crescimento médio de 6,0% ao ano, que se deu especialmente a partir de 2021 com um aumento nos preços dos pares.

“Até 2014, ela estava passando por um processo de reestruturação, além de vender a Azaleia em 2020, o que acabou impactando negativamente a receita. Em 2023, a receita apresentou 11,0% de crescimento, acima da média histórica”, avalia a casa de análise.

Ainda de acordo com a DVinvest, houve um crescimento de 7,1% na receita no 4T23 em relação ao mesmo período de 2022. “O resultado foi consequência unicamente do aumento nos preços, visto que o volume vendido cresceu somente 0,5%, fruto do segmento de outros, que engloba especialmente chinelos”.

Dividendos Vulcabras

A Vulcabras ainda anunciou que distribuirá R$ 204,2 milhões em dividendos intercalares, o que equivale a R$ 0,75 por ação, acima dos R$ 0,15 dos trimestres anteriores.

Segundo a companhia, o pagamento será no dia 25 de março. As ações passam a ser negociadas ex-dividendos em 14 de março.

Resultado trimestral Vulcabras (VULC3)

A seguir, confira abaixo os principais destaques do resultado trimestral da Vulcabras (4T23):

  • Lucro líquido recorrente e margem líquida recorrente: R$ 144,7 milhões no 4T23, aumento de 18,5% em relação ao resultado do 4T22. Margem Líquida recorrente de 18,3%, sendo 1,8 p.p. superior ao 4T22 e, R$ 489,7 milhões no ano de 2023. Aumento de 32,0% em comparação ao resultado apresentado no ano de 2022;
  • Lucro bruto:  R$ 337,5 milhões no 4T23, aumento de 19,3% em contraste com o 4T22 e, R$ 1.176,0 milhões no ano de 2023, aumento de 25,5% em relação ao valor registrado no ano de 2022;
  • Receita líquida: R$ 791,3 milhões no 4T23, aumento de 7,1% em relação ao 4T22 e, R$ 2.817,7 milhões no ano de 2023. Aumento de 11,1% em comparação ao apresentado no ano de 2022;
  • Volume bruto: 8,7 milhões de pares/peças no 4T23, crescimento de 0,5% em relação ao 4722. 31,4 milhões de pares/ peças no ano de 2023, redução de 0,9% comparado ao ano de 2022.
resultado-trimestral-vulcabras_its-money
Confira a tabela com os principais resultados da Vulcabras (VULC3) no 4T23. Acesse o release completo no site da empresa.

Análise de resultado VULC3 4T23

“Achei o resultado ok. No mercado interno, tanto os volumes quanto os preços apresentaram evolução, por outro lado, as vendas para o mercado externo foram bem fracas no 4T”, avalia Renato Reis, analista fundamentalista na DVinvest.

Para ele, olhando para a margem de lucro, o valor foi beneficiado por custos menores na produção. Porém, as despesas com vendas e marketing aumentaram bastante e neutralizaram os ganhos.

“Apesar do efeito no mercado externo ser temporário, vejo a empresa mais perto de um topo do que um fundo em termos de resultado, então prefiro ficar de fora hoje”, finaliza.

Além da Vulcabras (VULC3), confira os resultados corporativos do 4T23 já divulgados pelas empresas.

casa-de-análise-de-ações_its-money

Histórico de resultados VULC3

Agora, confira abaixo o histórico de resultados do Vulcabras (VULC3), com um resumo dos principais números levantados no reporte das empresa, além da análise do especialista. Boa leitura!

Balanço corporativo VULC3 3T23

A Vulcabras (VULC3) reportou um lucro líquido de R$ 127,6 milhões no 3T23, alta de 30% na comparação com o mesmo período do ano passado. A empresa divulgou o desempenho em seu release de resultados.

Além da Vulcabras, confira os resultados corporativos do 3T23 já divulgados pelas empresas.

Segundo a empresa o resultado foi possível devido ao crescimento de 10,2% no faturamento, que alcançou R$ 731,4 milhões entre julho e setembro. Assim, esse é o 13º trimestre de alta consecutiva.

Já a margem bruta chegou a 42,9%, alta de 5,2 pontos percentuais na comparação com igual trimestre de 2022. Já a margem Ebitda ficou em 24,2%, alta de 4,2 pontos percentuais.

O crescimento da Vulcabras nos últimos trimestres está ligado a uma decisão de negócios tomada em 2020, quando a empresa licenciou a marca Azaleia para a Grendene (GRND3), da mesma família, para se concentrar em calçados esportivos. Em 2021, incorporou ao portfólio a Mizuno, o que elevou para três as marcas do portfólio, que ainda conta com a Olympikus e a Under Armour.

Análise de resultado VULC3 (3T23)

Para Renato Reis, analista fundamentalista da DVinvest que faz análises dos resultados corporativos para o It’s Money, mesmo com volumes de vendas caindo, a empresa conseguiu repassar preços em uma proporção maior, fazendo a receita aumentar.

“Como o volume caiu, a estrutura produtiva se manteve igual. Dessa forma, vários custos fixos foram diluídos com o crescimento na receita, fazendo com que a margem de lucro da Vulcabras aumentasse mais uma vez, atingindo o menor nível dos últimos anos”, diz.

Ainda segundo Renato, a empresa praticamente zerou as dívidas, então, esse não é um problema para ela. “Só não dou compra devido ao preço do papel, que já reflete uma parte relevante desses bons resultados, ficaria mais confortável em comprar a ação somente abaixo de R$ 16,50.”

vulc3-analise-de-resultado
Confira a tabela com os principais resultados da Vulcabras (VULC3) no 3T23. Acesse o release completo no site da empresa.

Histórico de resultados corporativos da VULC3

O release de resultados da Vulcabras Azaleia (VULC3) mostrou um crescimento de receita bruta de 10,6% e margem bruta de 41,4%. Assim, 5,4 p.p. superior ao mesmo período do ano anterior.

Além disso, a companhia registra o seu maior lucro líquido recorrente em um trimestre, de R$ 133,8 milhões, um avanço de 40,8% sobre o 2T22.

“Mesmo com a continuidade de um cenário macroeconômico instável e um varejo desafiador, pelo 12º trimestre consecutivo a Companhia segue com um crescimento superior a dois dígitos”, diz o texto do release.

Assim, registrou no trimestre uma receita operacional bruta de R$ 840,3 milhões, e R$ 3,1 bilhões no acumulado dos últimos 12 meses. A receita na divisão de calçados cresceu 14,2%.

Por outro lado, a Receita Operacional Liquida do canal saltou de R$ 27,9 milhões no ano para R$ 57,1 milhões no 2T2023, correspondendo assim por 7,9% da receita total da companhia.

Além disso, a margem bruta registrada no trimestre foi 41,4%, uma alta de 5,4 p.p.se comparada ao 2T22. No semestre a margem bruta é de 40,5%. “Esta evolução acentuada é resultado da estratégia de focar a companhia no segmento esportivo, o que permite a captura de sinergias no processo produtivo e complementariedade entre o portfólio de marcas e produtos”, diz a empresa.

“O crescimento exponencial na venda direta ao consumidor também tem uma participação relevante nesta evolução”, acrescentou o comunicado.

Por fim, a margem Ebitda recorrente de 23,3% e margem liquida recorrente de 18,5%, com crescimento respectivo de 4,3 p.p. e 4,0 p.p se comparado ao 2T22, reforçam a estratégia e a capacidade da companhia em capturar sinergias também na sua estrutura comercial e de backoffice.

Análise de resultado VULC3 (2T23)

Renato Reis, analista fundamentalista da DVinvest, avaliou como positivo o resultado. Porém, um ponto negativo é o aumento nas despesas percentuais.

“Em geral, é considerado positivo. A receita cresceu em dois dígitos mesmo com o volume de venda caindo. Ou seja, sinaliza um ótimo poder de repasse nos preços.”

Além disso, ele explica que os custos da empresa despencaram com uma normalização nos preços das matérias primas e a margem de lucro aumentou bastante. “Atingindo, assim, o melhor patamar dos últimos 10 anos.”

Written By
Redação It's Money

A redação do portal It’s Money é formada por um time de profissionais com ampla experiência editorial, com acompanhamento e revisão de jornalistas especializados.