Resultados Corporativos

Eletrobras (ELET3) reporta lucro de R$ 893 milhões no 4T23

Eletrobras (ELET3) reporta lucro de R$ 893 milhões no 4T23
  • Publicado em 14 de março de 2024

A Eletrobras (ELET3) reportou lucro líquido consolidado de R$ 893 milhões no quarto trimestre de 2023 (4T23), revertendo prejuízo líquido de R$ 479 milhões visto em 2022.

Além disso, o lucro antes juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda, na sigla em inglês) ajustado ficou em R$ 3,840 bilhões, queda anual de 16%.

Já o o resultado financeiro líquido foi negativo em R$ 2,527 bilhões no último tri de 2023, um avanço de 51% em relação ao 4T22.

Receita

Segundo leitura da casa de análise DVinvest, a receita da empresa foi de R$ 28,0 bilhões em 2012 e de R$ 33,9 bilhões em 2023, um crescimento médio de 1,7% ao ano.

“A redução vista em 2018 se deu por uma não renovação de diversos contratos da companhia. Em 2023, a receita apresentou 4,6% de crescimento, acima da média histórica da Eletrobras”, avalia a casa de análise.

Custos e lucro

Em 2023, os custos e despesas foram de 62,4% da receita, uma redução em relação ao ano anterior, “mas com potencial de ser ainda menor com os programas de demissão voluntária, que estão reduzindo a folha de pagamento da empresa”.

Olhando para o lucro, ainda de acordo com a DVinvest, o valor apresentou forte volatilidade e foi influenciado pela rentabilidade da operação.

“Por outro lado, desde 2018 a empresa tem conseguido entregar bons números, que são suficientes para pagar as dívidas e ainda distribuir proventos aos acionistas’, observa a casa de análise.

Resultado trimestral Eletrobras (ELET3)

A seguir, confira abaixo os principais destaques do resultado trimestral da Eletrobras (4T23):

  • Receita operacional líquida: R$ 9.922 milhões no 4T23, um crescimento de 10% em comparação ao mesmo trimestre do ano anterior, refletindo principalmente o aumento das receitas de transmissão;
  • Ebitda regulatório recorrente: de R$ 5,6 bilhões, devido às maiores receitas de transmissão e à redução das despesas operacionais;
  • Lucro líquido: R$ 893 milhões, uma melhora expressiva em relação ao prejuízo líquido de R$ 479 milhão obtido no 4T22;
  • Resultado financeiro ajustado: despesa líquida de R$ 2.269 milhões, principalmente pelos maiores encargos de dívidas, pelos encargos e atualização monetária das obrigações com a CDE e com a revitalização de bacias hidrográficas.
resultado-trimestral-eletrobras_its-money
Confira a tabela com os principais resultados da Eletrobras (ELET3) no $T23. Acesse o release completo no site da empresa.

Análise de resultado ELET3 (4T23)

“Foi um resultado ok. Na parte da receita o crescimento veio em linha com a média histórica”, avalia Renato Reis, analista fundamentalista na DVinvest.

Por outro lado, segundo ele, os custos ainda possuem um grande potencial de evolução devido aos programas de demissão voluntária.

“Pessoalmente, já vejo a ação bem precificada hoje, prefiro esperar até 2024 para ver os resultados limpos dos programas de custos”, finaliza.

Além da Eletrobras, confira os resultados corporativos do 4T23 já divulgados pelas empresas.

Histórico de resultados ELET3

Agora, confira abaixo o histórico de resultados da Eletrobras (ELET3), com um resumo dos principais números levantados no reporte das empresa, além da análise do especialista. Boa leitura!

Balanço corporativo ELET3 (3T23)

A Eletrobras (ELET3) reportou um lucro líquido de R$ 1,477 bilhão em seu balanço corporativo do 3T23. Assim, reverteu um prejuízo líquido de R$ 100 mil ocorrido no mesmo período do ano anterior.

Além da Eletrobras, veja quais empresas já divulgaram os resultados corporativos do 3T23.

De acordo com o reportado pela companhia, o resultado foi impactado pelo aumento das despesas financeiras em decorrência também da elevação das taxas de juros.

O Ebitda (sigla em inglês para lucro antes de juros, impostos, depreciações e amortizações) somou R$ 4,815 bilhões no trimestre. Uma alta de 99% ante o mesmo período do ano passado. O Ebtida recorrente, que exclui custos e provisões de ativos e planos, aumentou 42% no terceiro trimestre, para R$ 5,431 bilhões.

A margem Ebitda alcançou 55% no período, alta de 25 pontos porcentuais (p.p.) na base anual.

Receita

Já a receita líquida da empresa chegou a R$ 8,781 bilhões entre julho e setembro. Ou seja, uma elevação de 9% em relação ao mesmo período de 2022.

Além disso, a receita operacional líquida recorrente também avançou 9%, para R$ 8,749 bilhões.

O ROE (retorno sobre patrimônio líquido, na sigla em inglês) atingiu 2,7% no 3T23, baixa anual de 1,7 p.p. O resultado financeiro líquido foi negativo em R$ 3,119 bilhões no terceiro trimestre de 2023, uma elevação de 71% sobre as perdas financeiras da mesma etapa de 2022.

A Eletrobras investiu R$ 1,864 bilhão no terceiro trimestre de 2023, um crescimento de 88%. Ao final de setembro, a dívida líquida ajustada da companhia era de R$ 39,107 bilhões, um crescimento de % na comparação com a mesma etapa de 2022.

Análise de resultado ELET3 (3T23)

Para Renato Reis, analista fundamentalista da DVinvest que faz análises dos resultados corporativos para o It’s Money, a transmissão está com um desempenho e uma participação cada vez maior dentro do todo

Além disso, a margem de lucro da empresa está melhorando dado o menor gasto com pessoal e com a compra de energia para revenda.

“A Eletrobras ainda tem espaço para evoluir sua margem de lucro, mas eu pessoalmente prefiro esperar para ver, de toda forma, foi um bom resultado”, diz.

elet3-analise-de-resultado
Confira a tabela com os principais resultados da Eletrobras (ELET3) no 3T23. Acesse o release completo no site da empresa

Balanço corporativo ELET3 (2T23)

A Eletrobras (ELET3; ELET6) reportou um lucro líquido de R$ 1,619 bilhão no segundo trimestre deste ano (2T2023). Com isso, teve alta de 16% no comparativo com o mesmo período de 2022.

Os dados estão no release de resultados divulgado pela companhia neste dia 8 de agosto. Além disso, no acumulado do primeiro semestre, a empresa reportou lucro líquido de R$ 22,018 bi, alta de 8%.

O Ebitda (sigla em inglês para lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) somou R$ 6,595 bi no trimestre. Ou seja, alta de 59% ante o mesmo período do ano anterior. Por outro lado, o Ebtida recorrente -que exclui custos e provisões de ativos e planos- aumentou 2% no segundo trimestre, para R$ 5,431 bilhões.

A margem Ebitda alcançou 71% no período, alta queda de 24,5 pontos porcentuais (p.p.) na base anual, enquanto a margem Ebitda recorrente caiu 1 p.p. no trimestre, para 59% na mesma base de comparação.

Receita

Ainda segundo os resultados divulgados pela ELET3, a receita operacional líquida da companhia atingiu R$ 9,246 bi no período. Número que é 4% superior ao mesmo intervalo de 2022. Assim, a receita operacional líquida recorrente, que engloba receita do Procel, também registrou alta 4%. Portanto, somou R$ 9,209 bi na mesma base de comparação.

Por fim, os investimentos da Eletrobras no trimestre foram de R$ 1,388 bi, montante 46% menor ante o ano anterior. No acumulado do ano até junho, a empresa investiu R$ 2,504 bi, redução de 18%.

Leita também: Selic em queda: é hora de voltar a investir na Bolsa de Valores?

Análise de resultado ELET3 (2T23)

Na análise de Renato Reis, analista fundamentalista da DVinvest, o resultado é considerado bom. “O IPCA mais baixo afetou negativamente o setor de transmissão, que foi compensado pela geração, já que houve a adição de novas usinas nos últimos meses”, explica.

Ainda segundo Renato, os custos e despesas da empresa reduziram ao longo dos anos e estão em um dos menores patamares no trimestre atual. “Gosto do caminho que a Eletrobras está tomando apesar de ter bastante cautela com empresas de capital misto”, conclui.

Written By
Redação It's Money

A redação do portal It’s Money é formada por um time de profissionais com ampla experiência editorial, com acompanhamento e revisão de jornalistas especializados.