Nos acréscimos!

analises

Nos acréscimos!

22 dez 2022Última atualização: 21 junho 2024

DVinvestDVinvest

Mercado tem abertura de otimismo nessa quinta-feira, com índices acionários ao redor do mundo operando levemente no positivo enquanto os investidores aguardam dados do PIB e novos pedidos de seguro-desemprego nos EUA.

Esses dados devem indicar aos investidores mais sobre a resiliência da economia americana, que vem demonstrando fortes sinais, ainda que os juros estejam em patamares relativamente elevados. A tese de um “pouso suave” na economia ainda não foi totalmente descartada, embora, grande parte do mercado já precifica um risco de recessão à frente.

O rendimento dos títulos na Europa e as treasuries nos EUA, ainda mostram uma certa preocupação com a mudança de rota repentina pelo Banco do Japão (BoJ) no início da semana. Investidores fundamentam suas preocupações com o fato de que os japoneses são grandes detentores desses títulos no globo.

Dia de expectativa também no Brasil, onde logo mais, 09:30h, o presidente eleito, Lula, deve fazer um pronunciamento para a imprensa, muito provavelmente indicando toda as pastas ministeriais, à medida que aproxima o final do ano, se avizinhando a posse.

O que preocupa em partes o mercado, são nomes pra áreas de gestão e economia que fizeram parte do malfadado governo da Dilma.

Na noite de ontem, o Senado aprovou a PEC de Transição por 63 votos a favor e 11 contra. O texto manteve o extra teto de BRL 145 bi, considerando todos os penduricalhos, o impacto será de BRL 168 bi. O prazo será ainda de um ano.

Em Brasília, os investidores, por fim, acompanham a votação do orçamento de 2023.

abertura-do-mercado-22-dezembro_its-money

Análise técnica Ibovespa

ibovespa-22-de-dezembro

O Ibovespa nesta quarta-feira finalizou o pregão com uma leve alta de 0,53% aos 107.433 pontos, terminando no positivo pelo terceiro dia consecutivo.

O índice está se mantendo acima da média móvel de curto período, o que pode ser interpretado como sinal positivo. Porém, ainda não anulou a tendência de baixa que se encontra no curto prazo.

Dessa forma, para a retomada de um viés mais positivo, é importante que o Ibovespa continue esse movimento de alta nos próximos dias, e volte a ser negociado acima dos 109.000 pontos.

Análise técnica S&P500

S&P500-22-dezembro_its-money

O S&P500 fechou essa quarta-feira também em alta de 1,57% aos 3.888 pontos, sendo o segundo dia consecutivo terminando no campo positivo.

Apesar da alta, o índice não superou níveis importantes e segue com um viés mais negativo. Porém, após esse forte movimento de baixa iniciado na semana passada, aumenta-se a probabilidade de o ativo passar por uma correção no curto prazo. Essa correção pode ser em forma de um movimento mais lateral, ou um repique de alta até a média nos 3.912 pontos, por exemplo.

A perda dos 3.778 pontos indica que o S&P pode dar continuidade a esse movimento de baixa. Para a retomada de uma expectativa mais positiva, o índice primeiramente deveria voltar a ser negociado acima dos 3.919 pontos.

Commodities

Estoques menores e perspectivas climáticas negativas no golfo do México impulsionam o petróleo para sua quarta sessão de alta consecutiva, dados econômicos divulgados pelos EUA podem servir como um impulso extra.

Minério de ferro em dia de correção nessa quinta, após subir pouco mais de 4% nas duas sessões anteriores, os investidores acompanham, com um misto de dados oficiais e extraoficiais a contaminação de Covid na China, para calibrar o preço e as expectativas de demanda para próximo ano.

Análise técnica petróleo

petroleo-22-dezembro

O petróleo nessa quarta-feira fechou no campo positivo com uma alta de 2,97% aos USD 82,53/barril. Devolvendo praticamente todo movimento de baixa apresentado nos últimos quatro pregões.

O fato de o petróleo não ter perdido os USD 78,54/barril, continuando o movimento de baixa, é algo positivo. Entretanto, vale salientar que o ativo ainda se encontra em uma tendência de baixa, e a perda desse nível retomaria um viés mais negativo.

Para anular completamente essa tendência de baixa, o ativo deve superar primeiramente os USD 83,14/barril, retomando um viés mais positivo.

Analistas responsáveis

Dalton Vieira – Analista CNPI-T

  • + 15 anos de experiência no mercado financeiro;
  • Analista de valores mobiliários (CNPI-TEM 910);
  • Credenciado pela Apimec desde 2010;

    Desenvolvedor do método DV de investimentos.

Leonardo Gibelli – Analista CNPI-T

  • Analista CNPI-T;
  • Analista CNPI-T EM-3376 credenciado pela Apimec;
  • Formado em Engenharia Mecânica pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU).

Erik Sala – Especialista Em FIIs E Renda Fixa

Graduando em Economia pela UFG e especialista em Fundos Imobiliários. Assistente de análise responsável pela carteira DV Renda Imobiliária.

Disclaimer

De acordo com a Resolução CVM nº 20, de 25 de fevereiro de 2021, Art. 21º, declaro que as análises realizadas neste relatório refletem única e exclusivamente a opinião dos autores, e foram elaboradas de forma independente e autônoma.

De acordo com o art. 21 da ICVM 598/18, caso o Analista esteja em situação que possa afetar a imparcialidade do relatório ou que configure ou possa configurar conflito de interesse, este fato deverá estar explicitado no campo “Conflitos de Interesse” deste relatório.

As informações, estimativas e projeções contidas neste relatório referem-se à data de publicação e estão sujeitas a mudanças, não implicando necessariamente na obrigação de qualquer comunicação no sentido de atualização ou revisão com respeito a tal alteração.

DVinvest

DVinvest

A DVinvest é a casa de análise fundada pelo renomado analista Dalton Vieira, que possui em sua equipe profissionais altamente especializados em análise fundamentalista e técnica de ações.

Saber mais

Gostou do conteúdo?

Queremos sempre melhorar a experiência a sua experiência. Se puder, dê uma forcinha para o time de redação e conte o que você achou da edição de hoje.

O que achou deste conteúdo?

  • Ruim
  • Ótimo
As melhores análises do mercado

Receba em primeira mão as melhores análises do mercado financeiro diretamente em sua caixa de entrada. Nossa newsletter oferece insights exclusivos, tendências e perspectivas sobre o mercado.

Deixe-me ler primeiro uma amostra