Como funciona o come-cotas?

onde-investir

Como funciona o come-cotas?

13 out 2022

Redação It's MoneyRedação It's Money
como-funciona-o-come-cotas_its-money
Come-cotas é o termo dado popularmente à cobrança periódica do Imposto de Renda (IR) em alguns tipos de fundos investimentos.  Muitas vezes a tributação tem um peso na decisão de qual aplicação seguir investindo. Por isso, é importante entender o funcionamento da cobrança do come-cotas. Conheça dos detalhes desse processo nos próximos parágrafos:   

Como funciona o come-cotas? 

O nome “come-cotas” tem origem na prática de cobrar uma parcela sobre a valorização do patrimônio, ou seja, ele é cobrado apenas quando houver o lucro no investimento.   A cobrança acontece de forma automática, retida na fonte por meio de uma “fatia” correspondente ao imposto devido. Assim, não há necessidade de emissão de DARF para o pagamento.  

Qual a data da cobrança?  

A data do come-cotas segue um calendário fixo. Ele é cobrado sempre duas vezes ao ano: uma vez em maio e a outra em novembro, no último dia útil dos respectivos meses.  Além disso, a cobrança também pode acontecer no caso de resgate que anteceda a retirada compulsória do imposto. 

Como calcular o come-cotas?

A alíquota do imposto de renda passível de come-cotas segue a tabela regressiva. Sendo assim, quanto mais longo o tempo do investimento, menor a tributação.  Confira na tabela a tributação dos fundos de investimentos: 
Tributação de fundos de curto prazo (vencimento até 365 dias) 
Até 180 dias 22,50% 
Acima de 180 dias 20% 
Alíquota do come-cotas 20% 
Tributação de fundos de longo prazo 
Até 180 dias 22,50% 
de 181 a 360 dias 20% 
de 361 a 720 17,50% 
Acima de 720 dias 15% 
Alíquota do come-cotas 15% 
 

Quais investimentos não têm come-cotas? 

A maioria dos fundos de investimentos possui o come-cotas. Os que têm uma alta liquidez são os principais alvos, visto que o investimento pode ser resgatado a qualquer momento.  Isso porque o come-cotas atinge aqueles fundos em que o rendimento depende, essencialmente, do tempo em que é deixado no fundo.  Sendo assim, os investimentos que estão livre do come-cotas são os fundos fechados, fundos de ações, fundos imobiliários e fundos de previdência.  

A previdência privada tem come-cotas? 

Como visto acima, a previdência privada não tem o come-cotas. É um fundo livre desse imposto, o que é uma vantagem para muitos investidores.  No entanto, apesar de serem isentos da antecipação tributária, existem outras taxas que incidem sobre os fundos de previdência, como taxas de administração, carregamento e performance.  Então, mesmo que a aplicação seja livre de come-cotas, nunca deixe de fazer os cálculos antes de decidir a opção mais alinhada ao seu perfil de investidor. Agora que você já sabe o que é come-cotas, é importante pontuar que esse imposto não é, necessariamente, ruim.  Toda interpretação de impostos e taxas pode variar de acordo com o seu objetivo e momento de vida.  Por isso, é fundamental contar com uma assessoria de investimentos para garantir um direcionamento mais efetivo.  
Redação It's Money

Redação It's Money

A redação do portal It’s Money é formada por um time de profissionais com ampla experiência editorial, com acompanhamento e revisão de jornalistas especializados.

Saber mais

Gostou do conteúdo?

Queremos sempre melhorar a experiência a sua experiência. Se puder, dê uma forcinha para o time de redação e conte o que você achou da edição de hoje.

O que achou deste conteúdo?

  • Ruim
  • Ótimo
As melhores análises do mercado

Receba em primeira mão as melhores análises do mercado financeiro diretamente em sua caixa de entrada. Nossa newsletter oferece insights exclusivos, tendências e perspectivas sobre o mercado.

Deixe-me ler primeiro uma amostra