Resultados Corporativos

PRIO3: análise de resultado corporativo da PRIO           

PRIO3: análise de resultado corporativo da PRIO           
  • Publicado em 6 de novembro de 2023

A PRIO (PRIO3), antiga PetroRio, reportou lucro líquido (ex-IFRS 16) de US$ 348 milhões, 126% acima da registrada no mesmo período do ano passado, de US$ 153,7 milhões. Já incluindo padrão contábil IFRS-16, o lucro somou US$ 345,2 milhões, incremento de 144%.

“Encerramos o terceiro trimestre com resultados sólidos em todos os aspectos. Com destaque para a capacidade de execução da PRIO e nosso compromisso com os mais altos níveis de segurança, sustentabilidade e responsabilidade socioambiental”, diz o release de resultados.

Além da PRIO, confira os resultados corporativos do 3T23 já divulgados pelas empresas.

O Ebitda (sigla em inglês para lucro antes de juros, impostos, depreciações e amortizações) ajustado atingiu US$ 632,8 milhões, representando alta de 121%. A margem Ebitda ajustada, por sua vez, avançou 4 pontos porcentuais, para 80%.

Receita

Além disso, a receita total atingiu US$ 835,2 milhões, um aumento de 121% no período. Segundo a empresa, dessa receita, o campo de Frade foi responsável por 55,3%, enquanto o Albacora Leste respondeu por 30,2% e o cluster Polvo e TBMT por 14,5%.

Assim, o resultado financeiro líquido ficou negativo em US$ 17,2 milhões, uma piora de 901%. Esse desempenho foi puxado, negativamente, por juros de empréstimos e financiamentos, com maior posição de dívida.

Além disso, a empresa aponta redução da receita financeira em consequência da menor posição de caixa. Isso na comparação com mesmo trimestre do ano anterior, e pagamentos de prêmio pela contratação de hedges de Brent.

Por fim, a dívida líquida somou US$ 1,237 bilhão ao final do 3º trimestre, ante US$ 1,512 bilhão do encerramento do 2º trimestre. Assim, a dívida líquida sobre o Ebitda ajustado ficou em 0,9 vez, ante 1,1 vez da posição ao final do segundo trimestre.

Análise de resultado PRIO (PRIO3)

Para Renato Reis, analista fundamentalista da DVinvest que faz análises dos resultados corporativos para o It’s Money, os números são positivos.

“A produção da empresa não para de crescer e ela ainda possui bastante espaço para continuar expandindo. Seja por mais campos no projeto de revitalização de Frade, pela modernização de Albacora Leste ou pela entrada de Wahoo em 2024”, diz.

Além disso, segundo Renato, o custo de extração está cada vez menor e tem espaço para melhorar, o que é muito positivo.

“Mesmo com um preço de petróleo relativamente alto, que pode cair nos próximos meses, a execução operacional da PRIO está muito acima da média, por isso a elevação na recomendação.”

prio3-analise-de-resultado
Confira a tabela com os principais resultados da PRIO (PRIO3) no 3T23. Acesse o release completo no site da empresa.

Histórico de resultados corporativos da PRIO (PRIO3)

No 2T2023, a PRIO (PRIO3), antiga PetroRio, registrou aumento de 32% no lucro líquido. Isso no comparativo com o mesmo período do ano passado. Assim, saiu de US$ 139,9 milhões para US$ 184,6 milhões, graças ao aumento da produção e das vendas da companhia.

Além disso, segundo o release de resultados da empresa, o Ebitda ajustado (lucro antes de juros, impostos, depreciações e amortizações, na sigla em inglês) foi de US$ 333,3 milhões. Assim, com alta anual de 24%. Como resultado, houve uma elevação da margem Ebitda ajustada de 3,0 p.p. (pontos percentuais), para 74%.

Receita

De acordo com a empresa, a receita total somou US$ 532,5 milhões no segundo trimestre deste ano, crescimento de 41% na comparação com igual etapa de 2022.

Já o custo de extração (lifting cost) caiu de US$ 11,1 por barril no 2T22 para US$ 7,40 por barril no 2T23. Além disso, o resultado das operações atingiu o montante de US$ 350,3 milhões entre abril e junho deste ano, um avanço de 24% na base anual.

O resultado financeiro líquido foi negativo em US$ 63,1 milhões no segundo trimestre de 2023.

Análise de resultado PRIO3 (2T23)

Renato Reis, analista fundamentalista da DVinvest, avalia o resultado como excelente e acredita que a empresa pode surpreender positivamente no futuro.

Written By
Redação It's Money

A redação do portal It’s Money é formada por um time de jornalistas com ampla experiência editorial, com acompanhamento e revisão da jornalista Ana Claudia Piva.