Notícias Resultados Corporativos

Vivo (VIVT3) lucra R$ 1,6 bilhão no 4T23, avanço de 42%

Vivo (VIVT3) lucra R$ 1,6 bilhão no 4T23, avanço de 42%
  • Publicado em 21 de fevereiro de 2024

A Telefônica Brasil, dona da marca Vivo (VIVT3), reportou um avanço de 42% no lucro líquido no quarto trimestre de 2023 (4T23), em R$ 1,6 bilhão.

Além disso, o lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda) da companhia foi de 5,75 bilhões de reais no último trimestre de 2023, alta de 9,9% em relação ao ano anterior.

Segundo leitura da casa de análise DVinvest, a receita da empresa foi de R$ 33,9 bilhões em 2012 e de R$ 52,1 bilhões em 2023, um aumento médio de 4% ao ano.

“Em suma, o número é relativamente baixo, mas que pode ser explicado pelo segmento de atuação, onde o mercado já é relativamente bem distribuído e não há muito espaço para expansão. Entretanto, a receita aumentou 8,5% em 2023, bem acima da média histórica da empresa”.

A DVinvest ainda observa que bom crescimento na receita anual é fruto do aumento na base de clientes. “Na telefonia os acessos aumentaram 1,1% e na fibra aumentaram 13%. Ademais, o resultado também é fruto de um reajuste nos preços dos planos. Eles ocorreram de forma mais relevante no ano atual para refletir a inflação vivida no Brasil”, finaliza.

Análise de resultado VIVT3 (4T23)

“O resultado foi bom, a receita cresceu em um bom ritmo, acima do que os custos aumentaram, o que fez a margem de lucro apresentar uma boa melhora”, observa Renato Reis, analista fundamentalista na DVinvest.

Por outro lado, segundo ele, praticamente todo o aumento na receita se deu por um aumento nos preços dos planos. O que não deve ser algo replicável para o futuro. “Dessa forma, vejo a companhia apresentando resultados mais fracos a partir de 2024. Apesar de negociar por um preço mais caro, a Vivo é o tipo de ação que apresenta bastante estabilidade, então eu gosto da presença dela em carteiras mais conservadoras”, finaliza Reis.

Além da Telefônica , confira os resultados corporativos do 4T23 já divulgados pelas empresas.

resultados-telefonica-2t23_its-money
Confira a tabela com os principais resultados da Telefônica (VIVT3) no 4T23. Acesse o release completo no site da empresa.

casa-de-análise-de-ações_its-money

Histórico de resultados VIVT3

Agora, confira abaixo o histórico de resultados da Telefônica (VIVT3), com um resumo dos principais números levantados no reporte das empresa, além da análise do especialista. Boa leitura!

Balanço corporativo VIVT3 3T23

A Telefônica (VIVT3), dona da Vivo, reportou um lucro líquido de R$ 1,472 bilhão no terceiro trimestre de 2023 (3T23). Assim, o valor ficou 2,2% superior ao reportado no mesmo período do ano passado.

Além da Telefônica, confira os resultados corporativos do 3T23 já divulgados pelas empresas.

O Ebitda (sigla em inglês para lucro antes de juros, impostos, depreciações e amortizações) ajustado totalizou R$ 5,539 bilhões no 3T23, um crescimento de 11,7% em relação ao 3T22 e acima do consenso de mercado, que previa resultado de R$ 5,27 bilhões.

De acordo com a empresa, o crescimento do Ebitda foi em função do forte desempenho das receitas core (+9,6% ano a ano). Além do controle de custos (+4,6% na base anual) no trimestre, incluindo o efeito líquido positivo de R$ 175 milhões no 3T23, referente ao ajuste de preço pós-fechamento da compra de parte dos ativos da Oi Móvel.

A margem Ebitda ajustada atingiu 42,2% entre abril e junho deste ano, alta de 1,6 ponto percentual (p.p.) frente a margem registrada em 2T22.

Análise de resultado VIVT3 (3T23)

Renato Reis, analista fundamentalista da DVinvest que faz análises dos resultados corporativos para o It’s Money, diz que o resultado foi positivo. Principalmente porque a receita apresentou bom crescimento e a margem de lucro evoluiu, voltando para níveis similares aos anos anteriores.

“Na parte de telefonia, conseguiram fazer um bom reajuste nos planos e na fibra aumentaram bem o número de casas conectadas. O controle de custos foi bom, então a empresa colheu os frutos de margens melhores nesse trimestre. Pessoalmente, acho o setor como um todo meio caro. O que é justificado pela estabilidade nos resultados. Mas se tivesse que alocar, a Vivo hoje seria minha preferida no segmento. Para aqueles que buscam empresas menos voláteis, eu colocaria uma parte da carteira no papel.”

vivt3-analise-de-resultado
Confira a tabela com os principais resultados da Telefonica (VIVT3) no 3T23. Acesse o release completo no site da empresa.

Balanço corporativo VIVT3 2T23

A Telefônica (VIVT3) divulgou seus resultados do segundo trimestre de 2023 (2T23). A empresa dona da Vivo reportou  um lucro líquido de R$ 1,121 bilhão nesse período, conforme comunicado ao mercado no dia 25 julho.

Segundo o relatório, a receita líquida apresentou forte crescimento (+7,6% a/a) no primeiro trimestre com a mesma base de comparação anual desde a aquisição dos ativos móveis da Oi em abril de 2022.

“Esse desempenho foi impulsionado pelo crescimento de duplo dígito da receita de serviço móvel (+10,4% a/a). A receita fixa continua em tendência positiva, aumentando +2,3% a/a”, informou a empresa.

Por outro lado, o EBITDA (resultado antes de juros, impostos, depreciações e amortizações) do 2T23 foi de R$ 5.085 milhões.

O número representa um incremento de 11,1% quando comparado ao 2T22, com margem EBITDA de 39,9% (+1,2 p.p. a/a).

“O desempenho reflete o forte crescimento da receita de serviço móvel de 10,4% e o contínuo controle de custos”, destacou a Telefônica.

Análise de resultado VIVT3 (2T23)

Renato Reis, analista fundamentalista da DVinvest, considera o resultado bom, tendo em vista que o segmento em si é caro pela boa estabilidade e reserva de mercado.

Gostei que a Vivo conseguiu aumentar bem o preço dos planos, compensando a falta de crescimento na base de clientes. Assim, com crescimento acima dos 2 dígitos, em linha com o que ela apresentou historicamente”, observa. 

Porém, o analista acrescenta que o mercado pode gostar da melhoria na margem de lucro, já que, com uma mesma estrutura de custos e clientes, a empresa conseguiu aumentar a receita.  

Written By
Redação It's Money

A redação do portal It’s Money é formada por um time de profissionais com ampla experiência editorial, com acompanhamento e revisão de jornalistas especializados.